Thaisa Galvão

4 de setembro de 2020 às 20:38

Globo sofre censura e é proibida de mostrar documentos das rachadinhas de Flávio Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza Cristina Serra Feijó, da 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, adotou a censura ao acatar pedido da defesa do senador Flávio Bolsonaro, investigado por chefiar um esquema de rachadinha em seu gabinete quando era deputado estadual.

A juíza concedeu uma tutela provisória proibindo a Rede Globo de expor qualquer documento ou peça do processo que corre em sigilo, referente à investigação sobre o esquema de do filho de Bolsonaro

Fica a pergunta: se não fez nada, se é honesto, por que impedir a imprensa de divulgar?

Não seria melhor deixar a imprensa publicar “mentira” e depois usar do poder que tem junto à justiça para mandar fechar os veículos “mentirosos”?

4 de setembro de 2020 às 17:25

Pré-candidata a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina marca convenção para dia 14 e conversa com partidos sobre escolha do vice [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Antes que seja sondada para ser vice de alguém, e para mostrar que a disputa pela Prefeitura de Mossoró é coisa séria, a ex-prefeita Cláudia Regina já marcou local e data da convenção de seu partido, o DEM, que vai homologar sua candidatura.

Será dia 14 na Escola Municipal Raimundo Fernandes.

Ainda sem vice, Cláudia tem conversado.

Uns falam que o deputado e pré-candidato Allyson Bezerra (SD) vai desistir da disputa e indicar um vice.

Outros falam que Larissa Rosado é o nome certo para deixar a chapa forte e enfrentar a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

4 de setembro de 2020 às 16:04

Acompanhado do Zero 4 em Eldorado Paulista, Bolsonaro reúne apoiadores em bar ao som do potiguar Xand Avião [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site Metrópoles:

Em SP, Bolsonaro vai a bar sem máscara, toma cerveja e ouve Xand Avião

Presidente visitou a mãe em Eldorado Paulista e foi a um bar na cidade à noite, acompanhado de um grupo de 10 pessoas

FERNANDO CAIXETA

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) reuniu amigos e tomou cerveja em um bar na cidade de Eldorado Paulista, no interior do estado, na noite dessa quinta-feira (3/9). A pausa na agenda para a confraternização ocorreu depois de o chefe do Executivo visitar a casa da mãe, Olinda, de 94 anos, que vive na cidade aos cuidados dos irmãos do presidente.

Bolsonaro não usava máscara e estava acompanhado por um grupo de pouco mais de 10 pessoas, que também não estavam com a proteção. Ele permaneceu no local por cerca de uma hora e saiu acompanhado da equipe de seguranças.

Vigora em todo o estado de São Paulo, desde 1º de julho, uma lei que obriga o uso de máscara em locais públicos, sob pena de multa de R$ 500.

O presidente deixou Brasília rumo à região do Vale do Ribeira, onde passou a infância, na manhã de quinta-feira. Ele participou da apresentação do projeto de uma ponte em Pariquera-Açu e de outra, em Eldorado. Os dois projetos devem ficar prontos até 2023 e têm um aporte federal de R$ 26 milhões.

O chefe do Executivo tem dois compromissos na região nesta sexta. Começa com uma visita ao complexo educacional Sesi/Senai em Registro (SP) e termina com uma visita ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

*

Do Blog – Bolsonaro estava acompanhado do filho Zero 4, Renan Bolsonaro.

4 de setembro de 2020 às 15:48

Brenno Queiroga é escolhido vice na chapa do candidato a prefeito de Natal Kelps Lima [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-candidato a governador do Rio Grande do Norte, terceiro mais votado em Natal, Brenno Queiroga (SDD) tinha planos de ser candidato a prefeito de Parnamirim.

Depois, de ser vereador em Natal.

Mas terminou formando chapa com o deputado e candidato a prefeito de Natal, Kelps Lima (SDD).

A chapa puro-sangue terá Kelps para prefeito e Brenno para vice.

Foto Charleane Estevam

4 de setembro de 2020 às 14:13

Defesa de Rogério Marinho emite nota sobre reportagem da Veja [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da assessoria jurídica do ministro Rogério Marinho sobre reportagem da revista Veja:

Nota

“A respeito da reportagem de Veja sobre acusações contra o Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, sua assessoria jurídica, em respeito ao público, vem esclarecer:

A reportagem da Revista Veja busca acusações em um processo relativo ao período em que Rogério Marinho era Vereador de Natal, Capital do Estado do Rio Grande do Norte, há mais de quinze (15) anos.
Não encontrando nada desabonador na conduta do ministro, busca em processos controversos – que mesmo passado todo esse período ainda se encontram em fase de instrução – elementos para atacar sua imagem.
Esse esforço de desconstrução da imagem se assemelha ao que foi praticado durante a aprovação da modernização da legislação trabalhista e da reforma da Previdência.
A reportagem usa as acusações inverídicas e ilações para desqualificar a imagem de Rogério Marinho. Tenta, por exemplo, atribuir-lhe a responsabilidade por funcionários que não tiveram qualquer ligação com seu mandato. A reportagem também faz induções sobre favorecimentos econômicos e financeiros por parte do então vereador, no entanto, não há no processo qualquer acusação sobre isso. Nem mesmo as pessoas ouvidas pela reportagem corroboram tal afirmação.
É lamentável que a reportagem despreze argumentos da defesa sobre processos que há muito tempo tramitam. A defesa do ministro será feita no foro adequado, com transparência e a confiança de que nenhuma lei foi transgredida e de que a motivação para seguir trabalhando em favor do Brasil não pode ser abalada.

André Castro
Advogado.

4 de setembro de 2020 às 10:32

Revista Veja conta detalhes de processo que o ministro Rogério Marinho responde na justiça [3] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog adiantou, a revista Veja que estará nas bancas neste sábado, traz uma reportagem sobre o processo que responde na justiça o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

O repórter da Veja esteve em Natal e colheu, pelo que o Blog foi informado, bem mais do que o que está nas 4 páginas da edição.

A impressão que dá é que ficou coisa para depois.

Confira a reportagem:

4 de setembro de 2020 às 3:28

Walter Alves diz ao presidente nacional do MDB que não vai disputar a Prefeitura de Natal e abandonar seus aliados do interior [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Walter Alves, presidente do MDB no Rio Grande do Norte, não vai disputar a Prefeitura de Natal.

A possibilidade foi levantada pelo presidente do MDB nacional, Baleia Rossi, que tem a intenção de fortalecer o partido nas capitais.

Walter foi a Brasília conversar com Rossi e explicar que, como presidente do MDB no estado, não pode cuidar de sua campanha a prefeito e deixar sem atenção durante a campanha, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e outros aliados do interior em plena campanha

O desejo de Baleia Rossi chegou ser notícia na Folha de S. Paulo.

O MDB deverá, como previsto, na base do prefeito Álvaro Dias e apoiando a sua reeleição.

Porém, deixando bem claro aos filiados, que o ex-deputado Henrique Alves não pode falar nem fazer combinados em nome do MDB.

4 de setembro de 2020 às 3:17

Reforma administrativa não deverá atingir juízes, procuradores, desembargadores, promotores, deputados, senadores e militares [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sobre a reforma administrativa do governo federal, que pretende extinguir o que considera privilégios do servidor público…

As novas regras, caso sejam aprovadas, valerão para servidores dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário da União, Estados e municípios.

Vale ressaltar que a reforma Não atinge juízes, procuradores, desembargadores, promotores, deputados e senadores, e nem os militares.

Para estas categorias os privilégios serão mantidos.

Confira a lista do que o Ministério da Economia considera privilégio:

Licença-prêmio – 3 meses de afastamento remunerado a cada 5 anos trabalhados. Na União, foi extinta em 1997, mas ainda existe em muitos Estados e municípios.

Aumentos retroativos – Leis já concederam reajustes salariais retroativos, como no caso das polícias do Distrito Federal, beneficiadas por Medida Provisória editada pelo governo federal em maio concedendo aumentos retroativos a 1° de janeiro de 2020.

Férias superiores a 30 dias por ano – Carreiras da magistratura e do Ministério Público têm direito a férias de 60 dias ao ano, enquanto demais servidores e trabalhadores do setor privado só tem 30 dias. A proposta de limitar as férias já foi alvo de críticas no passado pelo procurador-geral da República, AugustoAras, que classificou a carga de trabalho do Ministério Público como “desumana”.

Adicional por tempo de serviço – Aumentos salariais concedidos a medida que o servidor fica mais tempo no cargo.

Aposentadoria compulsória como punição – Servidores públicos hoje podem se aposentar de forma compulsória como “punição”, após serem alvo de processo investigativo que apura infração disciplinar. Na aposentadoria compulsória o funcionário mantém sua remuneração. Entre os “punidos” por esse instrumento, por exemplo, está o juiz que foi flagrado dirigindo o carro apreendido do empresário Eike Batista e os dois desembargadores do Rio Grande do Norte envolvidos no escândalo dos precatórios no Tribunal de Justiça.

Parcelas indenizatonas sem previsão legal – Administração pública só poderá pagar auxílios ou diárias previstas na lei, sem espaço para criação de penduricalhos por conta própria.

Adicional ou indenização por substituição não efetiva em função de chefia – Servidor em função de chefia às vezes atuam como eventual substituto de outro em posição semelhante e, para isso, recebem um adicional, inclusive nos casos em que apenas fica à disposição, mas não é acionado. Agora, ficar à disposição não será mais motivo de pagamento.

Redução de jornada sem redução de remuneração, salvo por saúde – Ainda há situações em que o servidor é beneficiado com redução de jornada sem qualquer corte em seu salário. Isso não será mais possível, a não ser por motivos de saúde.

Progressão ou promoção baseada exclusivamente em tempo de serviço – Algumas carreiras hoje prevêem avanço do servidor nos degraus da carreira conforme o tempo de serviço, sem avaliar necessariamente seu desempenho. Isso não será mais permitido nas novas carreiras.

Incorporação ao salário de valores referentes ao exercício de cargos e funções – Algumas carreiras ainda podem incorporar gratificações após o servidor permanecer determinado tempo mínimo num cargo ou função, o que não será mais permitido na nova estrutura.

4 de setembro de 2020 às 1:33

Jornalistas Gustavo Farache e Erika Zuza anunciam mais um curso online com dicas de comunicação para candidatos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Reforçando aqui a dica para quem é candidato e quer estar bem ‘na foto’ nas redes sociais.

Os jornalistas Gustavo Farache e Erika Zuza estão com um workshop on-line prontinho para orientar, inspirar e ajudar o candidato ou assessor no desenvolvimento da comunicação oral e digital através dos veículos de imprensa e das suas redes sociais.

À frente da G7 Comunicação e da plataforma Papo de Mídias, os profissionais de comunicação prepararam o curso Mídia Training Eleitoral, e o que era presencial ganhou versão virtual, já aprovada pelas turmas que participaram em junho.

Com duração de três horas diárias, o curso será realizado nos dias 9 e 11 de setembro, das 19h às 22h, através da plataforma Zoom, com aulas gravadas.

As inscrições podem ser feitas através do link https://www.sympla.com.br/midia-training-eleitoral__939214

Dúvidas também podem ser tiradas pelos números de whatsapp: (84) 99983-0905 e 98832 3964

4 de setembro de 2020 às 1:16

João Maia visita o ministro Rogério Marinho para tratar de obras para o Rio Grande do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado João Maia, aproveitando a maré favorável a estados e municípios no Ministério do Desenvolvimento Regional, fez uma visitinha ao conterrâneo Rogério Marinho.

4 de setembro de 2020 às 1:12

Respondaí – Pesquisa eleitoral: quem acredita? [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do #Respondaí no storie do instagram @blogthaisagalvao que vai perguntando aos e-leitores sobre política e o que mais interessar…

Pesquisa eleitoral.

Quem acredita?

4 de setembro de 2020 às 0:42

Depois de declarar apoio à reeleição do prefeito Álvaro Dias, presidente do Avante Karla Veruska deixa o cargo no governo Fátima Bezerra [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do Avante, que vai se coligar com o PSDB e apoiar a candidatura à reeleição do prefeito de Natal, Álvaro Dias, Karla Veruska achou por bem entregar o cargo que ocupava no governo Fátima Bezerra.

Nesta quinta-feira, Karla, que vinha atuando na gestão estadual como subsecretária de da Sethas, entregou uma carta com o pedido de exoneração, pessoalmente à governadora.

Na carta Karla destacou seu trabalho à frente do Sine, quando foram realizadas mudança nas estruturas e na captação de empresas e parceiros.

Um afastamento harmônico.