Thaisa Galvão

13 de setembro de 2020 às 15:41

Alguém aí pra ajudar? Mãe sofre com dor do bebê que parece ter algo no nariz mas nem Promater nem Walfredo conseguiu resolver [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Gabriel tem apenas 10 meses e passa por uma situação neste final de semana que nem adulto aguentaria.

A mãe de Gabriel, Ana Paula, acredita que há um corpo estranho no nariz dele, que ele pode ter colocado mas não sabe dizer, e o bebê vem sofrendo desde a madrugada.

A mãe, que paga mais de 900 reais por mês ro plano de saúde – AMIL – levou o filho para a Promater, mas o hospital não conseguiu identificar o que poderia ter no nariz da criança.

Segundo Ana Paula, a unidade não dispunha de um aparelho chamado rinoscópio, e encaminhou Gabriel para o Walfredo Gurgel.

Porém, o hospital da rede pública só teria plantão de otorrino por volta das 9 da manhã.

Exausta, Ana Paula levou o bebê para casa até chegar a hora de ir ao Walfredo.

Mesma complicação: sem aparelhos pediátricos, o médico não conseguiu dar um diagnóstico, acenando que tem algo no nariz da criança.

Resultado: sem solução, Ana Paula está em casa com Gabriel esperando a segunda-feira chegar para tentar encontrar uma forma de encontrar o problema e acabar com a dor do filho.

E dela também.

Fatura do plano de saúde

2 respostas para “Alguém aí pra ajudar? Mãe sofre com dor do bebê que parece ter algo no nariz mas nem Promater nem Walfredo conseguiu resolver”

  1. Jenner Marcos Camara disse:

    A ajuda é nessa conta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.