Thaisa Galvão

13 de outubro de 2020 às 4:39

Senador Jean diz que decisão da juíza Hadja Rayanne não é definitiva e que mérito sobre ‘montagem’ de fala de Álvaro Dias em suas redes sociais ainda será julgado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O candidato a prefeito de Natal, Jean Paul Prates – Senador Jean – emitiu nota após ter sido obrigado pela justiça a retirar publicações em suas redes sociais, onde a juíza Hadja Rayanne entendeu que ele fez ‘montagem e trucagem’ de uma declaração do prefeito Álvaro Dias, publicando-a fora de contexto.

Eis a nota do candidato:

NOTA


A respeito da decisão judicial sobre a postagem em que o prefeito Álvaro Dias chama de feia a orla de Natal, lembro que, em 12 de setembro de 2019, ele concedeu entrevista ao jornal televisivo RN 2, exibido à noite pela InterTV Cabugi, afiliada da Rede Globo, afirmando que “Nós temos uma das orlas marítimas mais feias do Brasil”.
A fala do prefeito repercutiu tanto, que outros veículos de comunicação a reproduziram, dado o impacto negativo que teve junto a toda a população de Natal. Isso explicita, portanto, que não se trata de fake news.
A decisão da Justiça, inclusive, atende parcialmente ao pedido de Álvaro Dias, determinando apenas a suspensão de nova veiculação da propaganda nas redes sociais. Além disso, a magistrada Hadja Rayanne negou a solicitação de direito de resposta, o que confirma que o conteúdo da publicação não é falso.
A decisão judicial não é definitiva. A juíza ainda vai julgar o mérito da ação e concedeu apenas uma liminar ao candidato Álvaro Dias, que concorre à renovação do mandato.
Confio na sabedoria da Justiça potiguar e reafirmo que nossa campanha será sempre limpa e propositiva. Queremos o melhor para a cidade de Natal e, para alcançar esse objetivo, é preciso que os candidatos façam um debate constante e aberto. Infelizmente, nem todos parecem dispostos a uma campanha nesse nível.

Senador Jean

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.