Thaisa Galvão

14 de outubro de 2020 às 15:59

Juíza Tereza Maia começa a julgar representações de Álvaro contra Leocádio e prefeito ganha dois direitos de resposta em programas de rádio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regional Eleitoral decidiu que a campanha não pode ser palco de baixarias.

E as agressões pessoais feitas pelo candidato Sergio Leocádio (PSL) contra o prefeito Álvaro Dias (PSDB), renderam ao delegado aposentado, a cessão de seu espaço da propaganda eleitoral para uso do prefeito, com direito de resposta concedido pela juíza Tereza Maia, da propaganda eleitoral.

As primeiras representações foram julgadas e Álvaro usará dois espaços de Leocádio, no rádio.

Outras representações, exatamente iguais, tanto em outros dias na rádio, quanto em vários dias na TV e nas inserções de rádio e TV, ainda serão julgadas.

Fica a dica para candidato que não entende que fazer campanha de baixo nível tem um custo muito alto para a democracia e para quem pratica ofensas pessoais.

A juíza Tereza Maia, com a decisão, garante a qualidade da propaganda eleitoral que não tem nada de gratuita.

É paga e muito bem paga com dinheiro público.

Dinheiro do Imposto de Renda do eleitor.

Dinheiro público que paga, inclusive, veiculação de campanhas de candidatos que fazem discursos dizendo que não recebem dinheiro do fundo eleitoral.

Para quem não sabe, esses horários ditos gratuitos usados pelos candidatos, são compensados em termos tributários ao final de cada ano.

Então…

Não existe essa história que candidato não usa verba pública.

A menos que decidam não aparecer nem no rádio nem da televisão, que são concessões públicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.