Thaisa Galvão

20 de outubro de 2020 às 17:32

Senador ‘bunda rica’ desiste de licença de 90 dias e pede afastamento de 121 dias para garantir poder e salário ao filho suplente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de passar a vergonha de ter que tirar a roupa e se abaixar para que policiais federais tirem de dentro do seu ânus, notas de dinheiro sujas de cocô e de corrupção, o senador ‘bunda rica’ Chico Rodrigues, do DEM, resolveu passar mais uma.

Depois de pedir o afastamento por 90 dias, como determinou o STF, ele mudou de ideia e foi mais longe.

No café da manhã pediu para ser 90 dias, e em sendo 90 dias não teria salarios.

Mas na hora do almoço ele correu para acatar a sugestão canalha do presidente do Conselho Sem Ética do Senado, senador Jayme Campos, permitindo que o filhão dele, que é seu suplente, assuma o cargo, tome conta do mandato e gRanta o salário.

Podre.

Canalha.

Senado rendido.

A Casa Legislativa poderosa botou a vergonha dentro do ânus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.