Thaisa Galvão

21 de outubro de 2020 às 12:59

Divisão da família e problemas judiciais do prefeito Celu beneficiam oposição que poderá eleger Adriana Pessoa como prefeita de Passa e Fica [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Com base na condenação do prefeito Celu Lisboa (PSB), em processo por improbidade administrativa em primeiro grau, sendo uma das penas a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos, o juiz eleitoral Ricardo Henrique de Farias indeferiu o registro de candidatura à reeleição do prefeito do município de Passa e Fica.

Porém, o prefeito, que tem até o dia 26 para ser substituído na chapa, ainda recorre ao Tribunal Eleitoral.

Caso não consiga reformar a decisão na instância superior, Celu deverá apresentar um novo nome, e em Passa e Fica já se fala em Adriana Lisboa, mãe do ex-prefeito Leonardo Lisboa.

O fato é que, sendo Celu ou Adriana, a família Lisboa já está dividida, desde que Celu passou a atuar como líder do grupo, enfraquecendo o poder do ex-prefeito Pepeu Lisboa, por um tempo considerado o líder.

E nessa eleição mantém a divisão enfraquecendo as duas partes, com a candidatura, também a prefeito, de Flaviano Lisboa (PDT), filho de Pepeu.

Com a divisão e os problemas jurídicos do grupo familiar, a oposição corre por fora com a candidatura de Adriana Pessoa, do PSDB.

Adriana Pessoa conta com o apoio do presidente da Assembleia, o deputado Ezequiel Ferreira.

A sucessão municipal em Passa e Fica, caso seja mantida a cassação de Calu, poderá polarizar a disputa entre duas Adrianas: a Lisboa, do antigo grupo familiar, e a Pessoa, empresária do município e moradora do centro da cidade.

Uma resposta para “Divisão da família e problemas judiciais do prefeito Celu beneficiam oposição que poderá eleger Adriana Pessoa como prefeita de Passa e Fica”

  1. Anônimo disse:

    Uma ótima candidata. Adriana pessoa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.