Thaisa Galvão

21 de outubro de 2020 às 17:05

Senado: Mãe de Chicueca e avó de Pedrão [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Está cada vez mais feio para o senador Davi Alcolumbre, do DEM, esse caso do senador Chicueca Rodrigues.

Louco para ser reeleito presidente do Senado, através de uma manobra que vem sendo estudada para garantir o segundo mandato, Alcolumbre vai esperar o melhor momento para, sem holofotes, dar posse ao filho de Chicueca Rodrigues.

Por enquanto vai tentando levar o caso ao esquecimento para que os holofotes não se voltem contra a sua manobra e ele perca a oportunidade de se reeleger.

Assim que conseguir assumir o mandato do pai, do qual é o suplente, Pedro Arthur assumirá também muitos benefícios.

Ou mora no apartamento funcional do pai, ou receberá auxílio-moradia mensal de R$ 5,5 mil por mês, já que sua residência é em Boa Vista (RR).

Poderá até optar pelos dois, já que a licença de 4 meses não vai tirar Chicueca do apartamento funcional.

Pedro pode optar por receber o auxílio-moradia, mas, ficar morando  no apartamento do pai.

Mesmo se mudando para Brasília por um período de apenas 121 dias, tem direito a embolsar o auxílio-mudança, equivalente ao salário de R$ 33.763.

Como ele, inicialmente, só vai passar 121 dias, a mudança poderá ser apenas uma mala, mas o auxílio vai para a conta.

Tabela fechada.

E a melhor parte: Pedro ganhará para o resto de sua vida, mesmo ficando só 121 dias no Senado, um plano de saúde onde poderá ter ressarcimento de despesas médicas mensais equivalentes a R$ 40,7 mil.

Fora escritório de apoio no Estado, funcionários de gabinete…

Sabe aquela coisa que falam que o Senado é uma Mãe?

Mãe de Chicueca e avó de Pedrão.

O Senado é mesmo o Céu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.