Thaisa Galvão

29 de novembro de 2020 às 22:59

Nem Lula nem Jair: Luciano Huck, Mandeta, Moro e Doria deverão se unir se não quiserem ver Bolsonaro reeleito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O apresentador Luciano Huck, que namora com o DEM de Luís Henrique Mandeta, o ex-juiz Sérgio Moro que ainda não tem partido, e o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), tem que se unir em torno de uma chapa de consenso se quiserem atender ao apelo das urnas agora para as eleições de 2022.

O apelo foi bem claro: nada de extremismos.

Nem Lula nem Bolsonaro.

As urnas acenaram para os partidos de centro-direita como PSDB, MDB, DEM, PSD, PP.PL, PDT, Podemos.

Nada de PT, PSL, PSC, PSB, PSOL, PCdoB, Patriota, Cidadania…

Se os nomes que se insinuam para se apresentar como candidatos mais para direita não se unirem, o presidente Bolsonaro, que saiu fracassado das urnas a ponto de imitar Donald Trump e falar em fraude, poderá ganhar de novo em 2022.

Pelo simples fato de estar com a caneta na mão.

O PT saiu derrotado, e sem caneta.

Um prefeito de capital sequer.

29 de novembro de 2020 às 22:43

Quem serão os prefeitos das capitais brasileiras sem contar com Macapá [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Terminadas as eleições municipais, somente Macapá e os municípios do Amapá não foram as urnas ainda.

Por causa dom apagão, o primeiro turno só acontecerá domingo próximo, 6 de dezembro.

Portanto, uma capital sem prefeito.

Veja os eleitos, em primeiro ou segundo turno, nas capitais brasileiras.

Região Nordeste

Aracaju (SE): Edvaldo (PDT) [reeleito]

Fortaleza (CE): Sarto (PDT)

João Pessoa (PA): Cícero Lucena (PP)

Maceió (AL): JHC (PSB)

Natal (RN): Álvaro Dias (PSDB) [reeleito]

Recife (PE): João Campos (PSB)

Salvador (BA): Bruno Reis (DEM)

São Luís (MA): Eduardo Braide (Podemos)

Teresina (PI): Dr. Pessoa (MDB)

Região Norte

Belém (PA): Edmilson Rodrigues (PSOL)

Boa Vista (RR): Arthur Henrique (MDB)

Macapá (AP): [eleição adiada]

Manaus (AM): David Almeida (Avante)

Palmas (TO): Cinthia Ribeiro (PSDB) [reeleito]

Porto Velho (RO): Hildon Chaves (PSDB)

Rio Branco (AC): Tião Bocalom (PP)

Região Centro-Oeste

Campo Grande (MS): Marquinhos Trad (PSD) [reeleito]

Cuiabá (MT): Emanuel Pinheiro (MDB)

Goiânia (GO): Maguito Vilela (MDB)

Região Sudeste

Belo Horizonte (MG): Alexandre Kalil (PSD) [reeleito]

Rio de Janeiro (RJ): Eduardo Paes (DEM)

São Paulo (SP): Bruno Covas (PSDB)

Vitória (ES): Delegado Pazolini (Republicanos)

Região Sul

Curitiba (PR): Rafael Greca (DEM) [reeleito]

Florianópolis (SC): Gean (DEM)

Porto Alegre (RS): Sebastião Melo (MDB)

29 de novembro de 2020 às 22:32

Do presidente do TSE sobre a elocubração de Bolsonaro: “Tem gente que acha que o homem não foi à Lua e que Trump venceu as eleições” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, o ministro Luís Roberto Barroso disse que Bolsonaro precisa apresentar prova para o imaginário dele, quando se refere à segurança das urnas eletrônicas no Brasil, que ele não desacreditou quando foi eleito.

“Se o presidente, ou qualquer pessoa, tiver comprovação de fraude, em algum momento, desde 1996 até hoje, eu imediatamente diligenciarei no sentido de apurar. Mas eu sou juiz, eu lido com fatos e provas. Portanto, não posso me impressionar com a retórica política que faz parte de um jogo que não me cabe jogar”, afirmou Barroso.

“Não tenho como controlar o imaginário. Tem gente que acha que o homem não chegou à Lua e que o Trump venceu as eleições”.

Barroso lembrou que Fernando Henrique Cardoso, Lula, Dilma e o próprio Bolsonaro foram eleitos pelo sistema eletrônico.

29 de novembro de 2020 às 22:30

Bolsonaro quer voltar aos tempos dos votos no papel quando se fraudava e se roubava resultados no Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Bolsonaro sendo Bolsonaro.

Agora ele quer dizer que houve fraude nas eleições e que quer que o Brasil regrida aos tempos de votações manuais, onde as apurações dos votos de papel obrigavam cada mesa apuradora a ter um fiscal de cada partido e, sabe por quê?

Porque se roubava muito.

As apurações eram verdadeiras fraudes no Brasil e é para lá que Bolsonaro quer voltar.

A tecnologia das urnas eletrônicas no Brasil é elogiada no mundo, e sabe por quê?

Porque nunca foi sequer sugerida a constatação de fraude.

Só Bolsonaro acha.

E sabe o que é mais engraçado?

Que em 2018, quando ele foi eleito presidente, não levantou essa suspeita.

Bolsonaro brinca de ser sério, mas não consegue.

29 de novembro de 2020 às 18:40

Recife: Ibope e Datafolha são os grandes derrotados e João Campos ganha eleição com maioria superior a 12 pontos sobre Marília Arraes [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com mais de 90% dos votos apurados em Recife e os derrotados são os institutos Ibope e Datafolha que apontavam empate numérico entre os candidatos João Campos, do PSB e a prima Marília Arraes, do PT.

João Campos já está eleito com diferença sobre Marília de 13 pontos.

Quem acompanhou meus comentários ontem à noite nos stories do instagram @blogthaisagalvao viu que eu desacreditava do empate dos institutos, os grandes derrotados na capital de Pernambuco.

Olhe a vergonha dos institutos na noite véspera da eleição:

Olhe o resultado das urnas:

29 de novembro de 2020 às 18:31

SP/Rio: Bruno Covas e Eduardo Paes seguem derrotando Boulos e Crivela sem chances de virada e já podem ser considerados eleitos [0] Comentários | Deixe seu comentário.

São Paulo e Rio de Janeiro já podem dizer que tem prefeitos eleitos e eles são Bruno Covas, reeleito em SP, e Eduardo Paes voltando à Prefeitura do Rio.

Covas, do PSDB, derrota Guilherme Boulos do PSOL.

Paes tira Crivela, do PSL, da Prefeitura do Rio.

São Paulo tem quase 65% das urnas apuradas e não há tendência de virada levando em consideração o que apontavam as pesquisas.

Rio ainda não chegou a 60% mas não há possibilidade de virada.

29 de novembro de 2020 às 18:19

Dr Pessoa do MDB derrota candidato do PSDB e se elege prefeito de Teresina (PI) [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Prefeito já considerado eleito de Teresina, no Piauí, mesmo antes de fechar os 100% dos votos apurados: Dr Pessoa, do MDB.

29 de novembro de 2020 às 17:50

Belém: primeiro prefeito eleito do segundo turno é do PSOL e derrota delegado alinhado com o bolsonarismo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Belém do Pará foi a primeira cidada a eleger prefeito no segundo turno das eleições e o prefeito é do PSOL.

Derrotado: um delegado apoiado pelo bolsonarismo.

Com medo de perder a eleição, o delegado chegou a negar a ligação com o bolsonarismo.

“Não sou o candidato do Bolsonaro em Belém, sou alinhado às ideias dele”, disse Eguchi.

Não colou.

29 de novembro de 2020 às 17:36

Covid – Dois candidatos não tiveram o próprio voto no segundo turno: Boulos em São Paulo e Maguito Vilela em Goiânia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Dois candidatos não votaram nem neles mesmos no pleito de hoje que aconteceu nas cidades brasileiros com segundo turno.

Guilherme Boulos, em São Paulo e Maguito Vilela, em Goiânia.

Boulos, do PSOL, testou positivo para covid e está de quarentena em casa.

Maguito, do MDB, está internado na UTI com covid desde outubro. Não fez campanha nem vai votar mas seguiu na frente das pesquisas.

O caso de Maguito é inusitado porque ele sequer sabe o que aconteceu na campanha.

Segundo o boletim médico do Hospital Albert Einstein, divulgado na sexta-feira (27), ele continua intubado com ventilação invasiva com traqueostomia e segue fazendo hemodiálise.

Maguito foi internado em São Paulo no dia 27 de outubro e no dia 30 teve piora no quadro respiratório e ficou intubado até 8 de novembro.

No entanto, no dia 15 de novembro Maguito apresentou nova piora e precisou ser reintubado. Já no dia 17 teve início no tratamento dialítico e foi submetido a instalação de ECMO [oxigenação por membrana extracorporal]. Já nesta semana precisou passar por traqueostomia.

29 de novembro de 2020 às 8:55

Eleito vereador em Mossoró, Lawrence poderá tentar chegar à Câmara Federal com apoio do prefeito Allyson [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sabe aquela vaga de deputado federal em Mossoró, que o Blog falou em relação às eleições de 2022?

Publiquei há poucos dias que os dois ex-governadores mais recentes, Robinson Faria e Rosalba Ciarlini deverão disputar os votos de deputado federal.

Rosalba por ter tido 59 mil votos no pleito para prefeito, e Robinson por ter no seu PSD, o vice eleito, Fernandinho das Padarias.

Porém, o Blog alertou que os 65 mil eleitores que escolheram Allyson Bezerra para ser prefeito de Mossoró, não tem perfil de quem votariam nem em Rosalba nem em Robinson, e o vácuo aí estaria a aguardar um nome para a Câmara Federal.

Lawrence Amorim.

Esse é o nome.

Eleito vereador em Mossoró, ele se candidatou a federal em 2018, teve 24.551 votos e ficou na primeira suplência da coligação que elegeu o deputado General Girão (PSL).

Lawrence é do Solidariedade, partido de Allyson, que em primeiro de janeiro assume a Prefeitura de Mossoró.

Então o nome do prefeito certamente será o de Lawrence, que na Câmara Municipal integrará a base do Palácio da Resistência e de Allyson deverá ter o apoio para chegar à Câmara Federal.

Aliás o nome de Lawrence tem ganhado força para ser escolhido presidente da Câmara de Mossoró nessa primeira legislatura, exatamente os dois anos que antecedem as eleições para deputado.

29 de novembro de 2020 às 7:50

Primeiro grupo a ser vacinado contra covid será de Berlim, na Alemanha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Alemanha sai na frente e já deve começa a vacinar contra covid agora em dezembro, a vacina criada pela Pfizer e a empresa alemã BioNTech, que aguarda a aprovação das autoridades sanitárias.

Até metade do mês de dezembro 450 mil habitantes da capital, Berlim, deberão estar vacinados.

Em dois meses serão aplicadas as duas doses e apenas idosos e pessoas que pertencem ao grupo de risco, como diabéticos, obesos e hipertensos, serão imunizados.

Em seguida, as vacinas serão feitas pelos médicos em seus consultórios.