Thaisa Galvão

5 de dezembro de 2020 às 17:55

Câmara de Natal faz prestação de contas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara Municipal de Natal faz prestação de contas.

Confira o vídeo com um balanço de suas ações no ano de 2020:

5 de dezembro de 2020 às 16:55

Cerimonial: Workshop vai ajudar na realização de cerimônias de posses e transmissões em prefeituras e câmaras [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Chefes de Cerimonial do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa, Joãozinho Batista e Zuleide comandarão, no dia 10, um workshop sobre ‘Posses de Vereadores e Prefeitos e Transmissão de Cargos’.

Aulinhas básicas para os novatos nomeados para cuidar de eventos nas Prefeituras e Câmaras Municipais, e que irão cuidar das posses e transmissões de cargos no dia primeiro de janeiro.


O evento acontecerá na Escola de Governo, no Centro Administrativo, a partir das 9 horas.
As informações sobre inscrições podem ser obtidas pelo telefone 98702-6076.

5 de dezembro de 2020 às 14:23

Folha mostrou que prefeito tentou barrar aglomerações de campanha mas adversários e justiça derrubaram decreto [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Folha de S. Paulo, reportagem publicada

Ícaro Carvalho
NATAL
Com 13 nomes na disputa pela Prefeitura de Natal, a capital potiguar tem o maior número de candidatos desde o período da redemocratização do país e o dobro em relação a 2016.

Além do recorde, a eleição em Natal é marcada pela decisão controversa do prefeito Álvaro Dias (PSDB), que tenta a reeleição, de proibir comícios, carreatas e passeatas. A Justiça eleitoral derrubou a decisão, alegando que não cabe ao município decidir sobre o tema.

Entre os nomes que disputam o pleito, há um senador, deputados e nomes ligados à segurança pública, além de um empresário, um auditor fiscal, um professor, uma historiadora, uma pastora e uma assistente social.

A última pesquisa Ibope na capital do Rio Grande do Norte, feita entre 24 e 26 de outubro, aponta que o atual prefeito Álvaro Dias (PSDB) está na frente com 44% das intenções de voto entre os entrevistados, 11 pontos percentuais a mais do que apuração feita no começo do mês.

A margem de erro da pesquisa é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%;

Já o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade) tem 7% das intenções de voto, uma queda de 5 pontos em relação à pesquisa anterior, mesma pontuação do Delegado Leocádio (PSL).

Eles estão tecnicamente empatados com outros seis candidatos: Hermano Morais (PSB), com 5%, Senador Jean (PT), com 5%, Coronel Azevedo (PSC), com 2%, Coronel Hélio Oliveira (PRTB), com 2%, Carlos Alberto (PV), com 1%, e Rosália Fernandes (PSTU), também com 1%.

Eleito vice em 2016, o tucano Álvaro Dias (PSDB) assumiu como prefeito em abril de 2018, após a renúncia de Carlos Eduardo Alves (PDT), que deixou o cargo para concorrer ao governador. Foi eleita, porém, a petista Fátima Bezerra, única mulher atualmente a comandar um estado.

Médico, Dias já foi deputado estadual, federal e vice-prefeito de Caicó, onde nasceu. Publicamente, o nome de Álvaro Dias recebe o apoio do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, que foi eleito prefeito de Natal em duas ocasiões e é primo dos ex-ministros Henrique Alves e Garibaldi Alves Filho.

Ainda não manifestaram apoio a candidatos herdeiros de famílias tradicionais na política do estado, como o ex-governador Robinson Faria (PSD), o filho, Fábio Faria, atual ministro das Comunicações e o ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho.

No último dia 5, Dias proibiu carretas, comícios e passeatas na cidade, alegando que promovem aglomerações de pessoas em meio à pandemia do coronavírus.

Três partidos (PSOL, PSB e Solidariedade) entraram na Justiça Eleitoral buscando barrar o decreto, sob a justificativa de que o texto “está em dissonância com as demais decisões administrativas já publicadas pelo Representado [prefeito de Natal] para outras atividades – revelando desvio de finalidade e inadequação, por falta de proporcionalidade, da medida administrativa impugnada”, diz trecho da ação.

A última decisão, da juíza da 3ª zona eleitoral, Hadja Rayanne Holanda de Alencar, determinou a suspensão da proibição desses eventos, sob a justificativa de que o município não tinha competência para regulamentar propaganda eleitoral.

“Não pode entretanto o município, sem estar amparado em parecer técnico estadual ou nacional, legislar sobre matéria eleitoral, proibindo modalidades de atos de campanha, com fundamento em opinião exarada no âmbito do município”, diz a decisão.

Um dia após editar o decreto, o chefe do executivo de Natal, em sua conta no Twitter, justificou a pandemia de coronavírus para editar o decreto. “Respeito a posição dos adversários que estão defendendo as aglomerações na campanha eleitoral, mas prefiro agir com responsabilidade na defesa da saúde e da vida das pessoas”.

A Prefeitura do Natal, em nota, alegou seguir orientações do Ministério Público Eleitoral e do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), e disse que o decreto “disciplina regras de segurança sanitária a serem observadas durante o período eleitoral”.

Um terço dos candidatos à eleição em Natal é formado por representantes parlamentares. O nome escolhido pelo PT para a corrida eleitoral foi o do senador Jean-Paul Prattes (PT), que assumiu a cadeira de Fátima Bezerra no Senado em 2019, após ela assumir o governo.

É a primeira vez de Prattes concorrendo a um cargo eletivo na carreira, uma vez que, em 2014, quando Fátima foi eleita senadora, Prattes era o primeiro suplente. Ele é apoiado pela deputada federal Natália Bonavides (PT), que coordena a campanha do petista.

Além dele, os deputados estaduais Kelps Lima (Solidariedade) e Hermano Morais (PSB) também estão na disputa da prefeitura, ambos pela segunda vez na carreira.

Outro parlamentar que concorre à cadeira de prefeito é o Coronel Azevedo (PSC), deputado estadual na Assembleia Legislativa. Com o Coronel Hélio Oliveira (PRTB) e o delegado aposentado Sérgio Leocádio (PSL), os três candidatos têm adotado discursos alinhados aos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e são os nomes ligados à segurança pública na eleição em Natal.

Também concorrem ao cargo o empresário Afrânio Miranda (Podemos), o professor Carlos Alberto (PV), o auditor fiscal Fernando de Freitas (PCdoB), a funcionária pública e pastora Jaidy Oliver (Democracia Cristã) e a assistente social Rosália Fernandes (PSTU).

O PSOL terá candidatura coletiva, com quatro nomes. A chapa é liderada pela historiadora e bancária aposentada Nevinha Valentim, ao lado do administrador hoteleiro Danniel Morais, nomes que aparecerão nas urnas, uma vez que a legislação eleitoral não prevê candidaturas coletivas. Além deles, também estão na campanha Liliana Lincka e Sol Victor.

Entre os desafios em Natal para o próximo prefeito estão discussões relativas ao Plano Diretor da cidade, com revisão em atraso desde 2017, conclusão de programas de habitação, continuação da implantação do sistema de drenagem da cidade e avanços no sistema de transporte público de Natal.

Além disso, o novo prefeito terá de executar a modernização da praia e orla de Ponta Negra, principal cartão-postal da cidade.

5 de dezembro de 2020 às 13:49

Decreto da Prefeitura cancela as festas de réveillon anunciadas em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O decreto do prefeito de Natal Álvaro Dias, proibindo a realização de eventos “comerciais” com mais de 50 pessoas por causa da segunda onda da pandemia, derruba as festas de réveillon programadas para a capital.

Com o decreto estão canceladas festas como as do Olimpo Mar, Hotel Pirâmide, Imirá, Centro de Convenções….e outras organizadas por restaurantes e hotéis.

Produtores das festas começam a questionar o decreto do prefeito e poderão acionar a Prefeitura judicialmente.

O prefeito Álvaro Dias se mantém firme no decreto escrito com aval dos Ministérios Públicos do Estado, Federal e do Trabalho, e sabe que, se atender pedido dos empresários de eventos o decreto será desmoralizado.

Álvaro tem como justificativa para manter o decreto atual, o que editou antes da campanha proibindo eventos públicos, questionado por partidos adversários e derrubado pela justiça.

O prefeito atribui o crescimento dos números de covid na capital à derrubada do decreto da Prefeitura.

Culpa em 100% os partidos adversários que recorreram à justiça com o intuito de juntar gente para pedir votos.

5 de dezembro de 2020 às 13:13

Governadora vai discutir com prefeitos sobre autorizações de eventos e festas de réveillon de Pipa e São Miguel do Gostoso poderão ser cancelados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra vai ouvir, a partir da segunda-feira (7), prefeitos de todo o Estado para tratar da revisão de autorizações já concedidas para eventos públicos.

As festas de réveillon são os eventos mais polêmicos vez que muitos já foram vendidos, porém serão os maiores polos de aglomeração nesta segunda onda da pandemia.

Pipa e São Miguel do Gostoso prevêm a chegada de milhares de pessoas de outros estados, o que, sem dúvida, será um risco não só para os municípios sedes, mas para o Rio Grande do Norte…

A governadora também vai tratar com os prefeitos sobre a pesquisa inquérito sorológico, onde equipes da Secretaria de Saúde vão testar famílias em 7 mil residências do Estado para identificar o perfil e o nível de contaminação familiar.

A reativação de 89 leitos de atendimento exclusivo à Covid, ampliação do transporte sanitário e dispensa do expediente dos servidores estaduais acima de 60 anos portadores de comorbidades também farão parte de um decreto discutido com os prefeitos.

“Nosso Governo tem compromisso com a vida e com a proteção da sociedade. A secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) vem constatando o aumento de casos que repercutem na ocupação de leitos. Portanto, para manter a pandemia sob controle, estamos tomando estas medidas e esperamos contar com a adesão da população para o uso da máscara, higienização constante das mãos, respeitar o distanciamento social e evitar aglomerações”, disse a governadora que, pelo jeito, não está preocupada com as críticas, e sim com a preservação de vidas.

5 de dezembro de 2020 às 10:38

Governadora Fátima amplia rede de atendimento Covid no RN com quase 90 leitos a mais [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Para garantir o atendimento na rede pública de saúde no Rio Norte, a governadora Fátima Bezerra anunciou a expansão da rede de leitos Covid.
Serão 89 leitos a mais no Estado até o dia 30 de dezembro, sendo 53 de UTI e 36 clínicos.
Fátima também anunciou a retomada do programa Pacto pela Vida, que inclui a distribuição de máscaras por todo o estado.

Serão 300 mil a partir desta semana:.

Confira a distribuição:

Região Metropolitana (20)
10 UTI + 10 clínicos – Hospital João Machado.

Região Seridó – (10)
10 UTI – Hospital Regional do Seridó

Região Oeste e Alto Oste (27)
1 UTI + 10 clínicos – Hospital Regional de Pau dos Ferros
10 UTI – Hospital São Luiz e 6 clínicos – Hospital Regional de Assu.

Região Mato Grande/Agreste (16)
10 UTI – Hospital Regional de João Câmara.
6 UTI – Hospital Regional de Santo Antônio

Região Potengi (16)
6 UTI e 10 clínicos – Hospital Regional de São Paulo do Potengi.

Foto Elisa Elsie

5 de dezembro de 2020 às 9:01

Ezequiel Ferreira circula pelos dois palanques de Mossoró em visita a Allyson Bezerra e Larissa Rosado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Passando por Mossoró nesta sexta-feira, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira, passou pelos dois palanques da última eleição.

Foi cumprimentar o prefeito eleito e colega de parlamento, Allyson Bezerra, que estava acompanhado do empresário fruticultor Luiz Roberto Barcelos, de quem recebeu apoio na campanha.

Depois foi recebido pela ex-chefe de gabinete da AL e ex-deputada Larissa Rosado, eleita vereadora em Mossoró.

Com Larissa estavam a mãe, atual vereadora Sandra Rosado, e o irmão secretário do município, Lahyrinho Rosado.

Larissa esteve no palanque da atual prefeita Rosalba Ciarlini, que não se reelegeu.

5 de dezembro de 2020 às 7:30

William Bonner e Renata Vasconcellos vão depor na polícia por terem noticiado crimes de Flávio Bolsonaro e tiram férias do Jornal Nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O crime de rachadinha praticado pelo ex-deputado, atual senador e filho do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ‘zero 1’ Flávio Bolsonaro, não pode ser mostrado no Jornal Nacional.

Uma manobra dos advogados de Flávio, que além de investigado por crimes na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, também é investigado no caso da loja de chocolates Kopenhagen em um shopping do Rio, que recebeu o aval da justiça carioca para ajudar a encobrir…os crimes do filho do presidente.

Aí o Jornal Nacional continuou mostrando as falcatruas do menino e sobrou para os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcellos, que foram intimados pela Polícia Civil do Rio de Janeiro para prestarem depoimento em investigação que apura suposta desobediência a decisão judicial.

Entendeu?

A justiça ajuda a esconder um crime e reverte o constrangimento de quem praticou, para quem noticiou.

Os âncoras, de acordo com o que foi notificado, têm de comparecer à Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática na quarta-feira (9).

Coincidência ou não, na noite desta sexta-feira, no encerramento do Jornal Nacional, William Bonner e Renata Vasconcellos anunciaram que estariam saindo de férias.

Quem assiste ao JN sabe que os dois apresentadores nunca saem de férias no mesmo período.

5 de dezembro de 2020 às 6:52

Mensagens da Prefeitura de Natal sobre habitação e turismo são aprovadas na Câmara [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Comissão de Planejamento Urbano, Meio Ambiente, Transportes, Habitação, Legislação Participativa e Assuntos Metropolitanos da Câmara Municipal de Natal se reuniu na quarta-feira (02), de forma presencial e remota, para discutir e votar projetos de interesse da população.

Foram aprovados quatro projetos de lei e 22 foram designados para apreciação dos parlamentares, com destaque para duas mensagens do Executivo Municipal que tratam sobre questões de habitação e turismo. 

O primeiro deles, o projeto do turismo, pretende instituir a política municipal de turismo, consolidando as diretrizes e estratégias pertinentes para a cidade. Na prática, o projeto é o primeiro passo para a implementação e elaboração do Plano Municipal de Turismo (PMT).

A segunda, do prefeito Álvaro Dias, discorre sobre a autorização de doação, por parte do município de Natal, de terreno na zona Oeste de Natal à Companhia Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano- Cehab/RN, para execução do Programa PRÓ MORADIA/VIVER MELHOR, que pretende construir unidades habitacionais para a população carente da localidade, reduzindo assim o déficit habitacional do município.

“É um projeto de largo alcance social, uma vez que irá beneficiar pessoas que hoje vivem em situação de rua e que consequentemente passarão a ter acesso a uma moradia digna. O Governo do Estado vai construir as moradias e a Prefeitura será responsável pelo cadastramento, acolhimento e o encaminhamento dessas famílias”, explicou o vereador Kleber Fernandes (PSDB).