Thaisa Galvão

12 de dezembro de 2020 às 22:28

Prefeito eleito Allyson Bezerra anuncia dois professores com doutorado para as Secretarias de Educação e Agricultura de Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito eleito de Mossoró, Allyson Bezerra, anunciou os nomes de dois auxiliares de sua equipe para administrar o município a partir de janeiro.

Foram confirmados os titulares das pastas da Educação e Agricultura.

Para a Educação, Allyson confirmou o nome já anunciado da professora Hubeônia Morais Alencar, licenciada em Letras e Doutora em Linguística Aplicada pela UFRN.

A futura secretária de Educação de Mossoró é diretora da Faculdade de Letras e Artes (FALA) da UERN em Mossoró.

Para a Agricultura, foi anunciado o professor Faviano Moreira, graduado em Medicina Veterinária pela antiga ESAM, com mestrado em Ciências Veterinárias pela Universidade Estadual do Ceará e doutorado em Zootecnia pela Universidade Federal da Paraíba.

Faviano é professor do curso técnico em Agropecuária no IFRN.

12 de dezembro de 2020 às 17:09

Prefeito Paulinho visita obra de adutora na zona rural de São Gonçalo do Amarante [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do prefeito de São Gonçalo do Amarante, Paulinho Emídio, visitando obras neste sábado:

12 de dezembro de 2020 às 14:41

Sisu será aberto em abril e estudantes poderão aplicar notas do Enem 2020 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Notícia para os estudantes sofridos do Brasil…

O Ministério da Educação informou que o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), processo seletivo usado por universidades federais e algumas estaduais, será aberto em abril de 2021 para que seja usada a nota do Enem 2020, que será realizado em janeiro do ano que vem.

O adiamento do Enem foi anunciado em julho após muita pressão por causa da pandemia.

O esclarecimento tranquiliza estudantes que tinham dúvidas se a prova seria válida para o ingresso nas universidades em 2021.

“Por meio de consulta pública, o MEC estabeleceu as datas de realização do Enem 2020 e, a partir disso, foi necessário adequar os cronogramas das seleções que utilizam a nota do Enem para o ingresso na educação superior”, diz o MEC em nota.

Apesar de alteração no Sisu, as inscrições para programas de bolsa ou financiamento em escolas particulares não foram alterados. Segundo o MEC, o início das aulas do ensino privado não foi alterado e a escolha de bolsistas precisa ser realizada antes da divulgação de resultados do Enem 2020.

Fonte: G1

12 de dezembro de 2020 às 14:37

Entre as traíras do Planalto e a barragem do Rio Grande do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Colunista do Correio Braziliense fez trocadilho com a Barragem Passagem das Traíras, no Rio Grande do Norte, e a trairagem que toma conta do governo Bolsonaro.

Leia nota do Correio deste sábado, lembrando que a barragem potiguar vai beneficiar a população sertaneja que sofre há muito tempo os efeitos da seca.

Já a trairagem do Planalto…

12 de dezembro de 2020 às 14:27

Servidores do Estado já tem data para receber resto do décimo terceiro e Governo anuncia ainda este ano o calendário de pagamento de 2021 [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os servidores do Estado do Rio Grande do Norte, que receberam a primeira parcela do décimo terceiro, o equivalente a 40%, já sabem quando receberão a segunda parcela.

O pagamento, segundo anúncio feito pela governadora Fátima Bezerra Fórum dos Servidores Estaduais, será feito nos dias 23 de dezembro e 5 de janeiro.

Os servidores com salário bruto até R$ 2 mil, e os que estão lotados nos órgãos que têm arrecadação própria, receberão os 60% restantes no dia 23 de dezembro.

Os demais servidores receberão no dia 5 de janeiro.

Fátima garantiu que o calendário do mês segue mantido como ela anunciou no começo do ano: no dia 15 será feito o pagamento integral para quem ganha até R$ 4 mil e para os agentes da Segurança, além do adiantamento de 30% para os demais servidores.

No dia 30 o Estado paga 70% do salário para quem recebe acima do teto de R$ 4 mil, e o salário integral para os servidores lotados nos órgãos de arrecadação própria.

A governadora antecipou que o Governo do Estado anunciará ainda neste ano de 2020 o calendário de pagamentos de 2021.

*

Sobre as duas folhas que ainda restam do governo Robinson Faria, lembrando que a governadora Fátima Bezerra já conseguiu quitar duas (novembro de 2018 e o 13º de 2017), elas começarão a ser pagas a partir de janeiro de 2021.

A forma de pagamento dos atrasados da gestão anterior será definida com o Forum de Servidores.

Na reunião com o Forum, nesta sexta-feira, a governadora Fátima Bezerra lembrou que em 2020, pela primeira vez após 4 anos, o Governo do Estado retomou o adiantamento do 13º salário para os servidores públicos.

A atual gestão recebeu quatro folhas salariais em aberto e quitou duas delas: novembro de 2018 e o 13º de 2017. De acordo com dados da Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan), a soma das duas folhas em atraso – dezembro e o décimo terceiro de 2018 – é de aproximadamente R$ 750 milhões. Desde o início de 2019, o governo tem cumprido o compromisso de pagar o salário dos servidores públicos em dia. Em janeiro de 2020, pela primeira vez – em anos – o governo anunciou o calendário de pagamento dos servidores para o exercício fiscal inteiro.

12 de dezembro de 2020 às 14:14

Depois de 3 anos fechada, ala de UTIs de hospital pediátrico de Natal recebe 10 leitos entregues pela governadora Fátima Bezerra [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Já anunciados pela governadora Fátima Bezerra, os novos leitos de covid distribuídos por hospitais do Estado começaram a ser instalados nesta sexta-feira.

Fátima inaugurou 10 novos leitos de UTI no Hospital Pediátrico Maria Alice Fernandes, no Parque dos Coqueiros, zona norte de Natal.

A unidade é referência no atendimento pediátrico de média e alta complexidade para todo o Rio Grande do Norte.

O investimento foi de R$ 5,3 milhões na reforma e ampliação, com recursos provenientes do Governo Cidadão, via empréstimo junto ao Banco Mundial, e da Secretaria de Saúde do Estado.

A UTI foi nomeada “Maria de Fátima Martins de Araújo”, enfermeira dedicada da unidade há 20 anos.

A nova ala é exclusiva para o tratamento da Covid-19.

Os leitos de UTI do hospital estavam fechados há 3 anos, e na atual gestão estão sendo reabertos, reformados e ampliados.

“A gente entregando hoje esses dez leitos de UTI, que se somarão a mais 20 leitos de UTI neonatal que vamos entregar também, significa respeito e compromisso com a vida do povo do Rio Grande do Norte. Não podíamos ficar indiferentes à situação das UTIs fechadas. Hoje, na condição de governadora, quero dizer que valeu o sonho e a luta”, disse Fátima Bezerra.

A obra está 100% concluída e abrange a construção de um bloco para implantação das UTIs Pediátrica e Neonatal. Na sequência, serão reabertos mais 20 novos leitos de UTI Neonatal. A contratação de profissionais, especialmente de médicos neonatologistas está em trâmite para colocar os demais leitos para funcionar.

“O estado do Rio Grande do Norte vivenciou por muito tempo a judicialização por leitos de UTI. Hoje o governo estadual investe em estrutura e equipamentos, também em contratação de pessoal e qualificação constante. Apostamos que é possível ser diferente, pois é um governo que tem um olhar diferenciado para o nosso SUS-RN”, disse a secretária-adjunta de Saúde Pública, Maura Sobreira.

“As crianças com Covid-19 ou suspeitas de estarem com a doença e que precisavam da saúde pública estavam totalmente desassistidas. Agora, com os investimentos do Governo, temos como cuidar destes casos com uma equipe aguerrida e em um local totalmente adequado e moderno”, disse a diretora geral do hospital, Suyame Ricarte.

Fotos Sandro Menezes

12 de dezembro de 2020 às 14:01

Sem programação festiva para não aglomerar, árvore gigante de Mirassol é acesa pelo prefeito Álvaro Dias [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Sem festividades no seu entorno, como acontece todos os anos, a árvore gigante – 110 metros de altura – de Mirassol, em Natal, foi acesa na noite desta sexta-feira.

Sem presença de público, e transmitida pela internet, a árvore foi ligada pelo prefeito Álvaro Dias.

“Este ano, infelizmente com a presença do coronavírus, vai ser um natal isento das festividades, das confraternizações grandes, dos shows, dos eventos que produzíamos para celebrar o ‘Natal em Natal’. Com essa pandemia, com o número de pessoas acometidas com esse mal que se instalou em todo o mundo, e Natal não foi diferente, fez com que fôssemos penalizados, diminuindo as festas que comumente comemorávamos. Mas é necessário reduzirmos os festejos pra preservarmos a saúde das pessoas. Porém, nossa Árvore é tradição e com suas luzes e brilho vai dar esse ar pra nossa cidade de esperança. E vamos continuar orando e pedindo a Deus para que nos ajude para que possamos contornar esse mal nefasto que tanto causa do e angústia pro povo de nossa cidade, do país e do mundo”, disse o prefeito.

Fotos Alex Régis/Joana Lima´- Álvaro, Amanda e os filhos

12 de dezembro de 2020 às 13:59

Decoração natalina na pandemia teve economia de 2 milhões aos cofres da Prefeitura de Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com o tema “Natal de vida e esperança”, a decoração de 2020 na capital, conta, além da árvore de Mirassol e da Casinha de Papai Noel, ainda com as árvores do Ginásio Nélio Dias, do Parque dos Coqueiros e da Área de Lazer do Panatis, todos na zona Norte.

A Casinha do Papai Noel, em Mirassol, vai funcionar de quinta a domingo, das 18h às 21h, com exceção do dia 24 de dezembro, que não vai funcionar.

Também estão iluminadas as principais avenidas e as igrejas do circuito histórico da cidade.

“Estamos vivendo um ano atípico. Muitas vidas foram perdidas e ainda há muito com o que se preocupar. Mas o acendimento da árvore veio para nos lembrar que sempre há esperança. Não pudemos reunir todos os cidadãos natalenses na árvore, mas espero que o verde que ela traz esse ano mostre que podemos superar e quebrar barreiras”, destacou o titular da Secretaria de Serviços Urbanos, Irapoã Nóbrega.

Segundo o secretário, a decoração e programação limitadas representou uma economia de pelo menos R$ 2 milhões aos cofres do município.

Fotos Alex Régis/Joana Lima

12 de dezembro de 2020 às 13:19

Em plena alta da pandemia, Unimed – com hospital cheio de pacientes covid – faz competição com 400 inscritos e uso de máscara exigido só na concentração [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Plano de saúde, dona de hospitais que lotam suas UTIs pelo Brasil afora com pacientes de covid, e responsável por instalar centros específicos de covid no início da pandemia… a Unimed promove neste domingo, em Natal, o que a gente pode dizer que um evento na contramão de todas as regras de combate à transmissão do coronavírus, que tem aumentado no Rio Grande do Norte, no Brasil e no mundo.

Em desacordo com o decreto da Prefeitura de Natal, que proíbe eventos reunindo mais de 50 pessoas…

Maaassss….em total acordo com um decreto do Governo do Estado, que permite a realização de eventos esportivos sem limitação de participantes.

Covisa e Comitê Científico do Governo do Estado devem ter tido lá suas razões para autorizar, mas não levaram em consideração, por exemplo, estudos como o que reuniu cientistas da KU Leuven (Universidade Católica de Leuven, na Bélgica) e da TU Eindhoven (Universidade Tecnológica de Eindhoven, na Holanda).

O estudo levantou a distância segura ao correr, andar de bicicleta e caminhar durante os tempos de covid, e chegou à conclusão que para caminhar, a distância de pessoas que se movem na mesma direção em 1 linha deve ser de pelo menos 4-5 metros.

Para corrida e ciclismo lento, deve ser de 10 metros, e para hard bike, pelo menos 20 metros.

Claro que a pesquisa encontrou discordâncias em relação aos dados levantados.

Cientistas ouvidos pela revista americana Wired, mesmo de acordo com a perspectiva do estudo belga/holandês sobre a importância de se manter uma distância atrás e à frente de outras pessoas, não confirmam a distância exata de 20 metros, mas são unânimes em relação à ideia de que quanto mais longe as pessoas estiverem umas das outras, menor será o risco de contaminação.

O ciclista colombiano Fernando Gaviria já havia testado positivo uma vez, e foi infectado novamente durante o “Giro da Itália”, tradicional competição, em sua edição de número 103, que acontece em outubro na Europa.

Gavíria foi reinfectado, e duas equipes tiveram que abandonar o Giro porque tiveram atletas e membros do grupo testando positivo para o Coronavírus logo durante a primeira semana do evento. 

A 1ª Volta Ciclística da Unimed, que vai acontecer neste domingo em Natal, conta com cerca de 400 inscritos e o percurso da competição será todo realizado na avenida Engenheiro Roberto Freire.

A Unimed entende que a competição, anunciada num período mais brando da pandemia, mas realizada em um momento onde hospitais, como o da própria Unimed, estão cheios de pacientes com covid, visa incentivar a prática de esportes e melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Aceitável em um período sem transmissibilidade do coronavírus.

Incompreensível no momento atual.

Até porque, quem é associado da Unimed, se tiver com suspeita de ter contraído o vírus, e se valer do atendimento online do plano, só receberá a autorização para fazer o teste de covid uma semana depois, quando o prazo para detecção do vírus, no caso do teste Swab, já tem passado.

O online da Unimed é daqueles que não tem a pressa da internet.

A Unimed não levou em consideração estudos científicos apesar de ser uma empresa da área de medicina.

Levou em consideração um congresso técnico, com presença de profissionais de saúde, batendo o martelo, como ocorreu há pouco no caso do show realizado na Arena das Dunas, em Natal.

Todos os protocolos necessários, modelo para próximos eventos…até botar o povo dentro da festa.

De repente o evento da Unimed foi formatado para dar certo…até botar as pessoas para circular.

Com um detalhe: a Unimed, entre os cuidados que apresenta como ‘medidas de segurança’, exige o uso de máscaras APENAS na concentração.

O evento leva em consideração como medida de proteção, as largadas por ondas de distância e gênero…mesmo sabendo que a cada largada sairão juntos e próximos e sem máscara, um número alto de participantes.

Faltou pesquisar mais um pouquinho…

Foram estudos como o citado que levaram parques de todo o mundo a serem fechados durante um período da pandemia.

Caminhadas, corridas e pedaladas são mais do que necessárias, como atestam os cientistas, que aprovam inclusive, a bicicleta como o meio de transporte mais seguro.

O que está em discussão é a aglomeração.

O que está em discussão, é o fato de uma empresa de SAÚDE estar colocando pessoas em risco.

Quem sabe ter adiado o evento, que é importante para quem pratica o esporte, teria sido pelo menos mais sensato.

Para os ciclistas e para quem convive com eles.

Para atrair participantes a Unimed vai distribuir 25 mil reais em prêmios.