Thaisa Galvão

8 de janeiro de 2021 às 23:29

Em reunião com prefeitos, governadora Fátima diz que RN já está pronto para receber vacinas do Ministério da Saúde e distribuir com municípios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra conversou com prefeitos de todo o Estado nesta sexta-feira, em reunião presencial e virtual, para tratar sobre vacina.

Ela confirmou que o Rio Grande do Norte já tem estrutura pronta para receber e aplicar as vacinas contra a Covid-19 e garantiu que 72 horas após a chegada das doses no Estado, que deverão ser adquiridas e enviadas pelo Governo Federal, a vacinação será iniciada.

“Nosso governo não se omite. Tomou medidas duras quando necessário. Adotou ações baseadas em estudos técnicos com fundamentação científica. Instalamos o comitê de especialistas das nossas universidades, junto com técnicos da nossa Secretaria de Saúde já no início da pandemia. Investimos R$ 221 milhões no enfrentamento ao novo coronavírus com novos leitos e melhorias na estrutura hospitalar, contratação de pessoal, insumos e reformas físicas. Melhorias permanentes que ficarão atendendo a população. Optamos por investir no SUS em vez de hospitais de campanha que são desativados. E agora estamos prontos para aplicar o Plano Estadual de Imunização”, afirmou a governadora.

Segundo Fátima, o Estado tem em estoque 900 mil seringas e agulhas, quantidade suficiente para iniciar a primeira fase da vacinação, e já está adquirindo mais 2,5 milhões de unidades para garantir as fases seguintes.

O Estado já dispõe de equipamentos para armazenar as vacinas e em parceria com o LAIS, Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), da UFRN, está capacitando vacinadores.

“O RN foi o primeiro estado a lançar plano estadual de vacinação. Afirmo a vocês que estamos prontos para a vacinação. Só falta a vacina chegar. O processo de vacinação deve ser feito em parceria com os municípios que são os entes responsáveis pela aplicação.

As vacinas serão armazenadas em 6 centrais: Natal, Mossoró, Caicó, Santa Cruz, São José de Mipibu e João Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.