Thaisa Galvão

26 de janeiro de 2021 às 12:28

Governo autoriza AstraZeneca a liberar lote de vacinas para empresas desde que metade adquirida seja doada ao SUS [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governo brasileiro autorizou, através de carta, que a fabricante AstraZeneca libere a venda de um lote de 33 milhões de doses de vacina a grandes empresas, porém, com algumas condições.

A vacina não pode ser comercializada e tem que ser aplicada de graça em seus funcionários. E mais: metade do que for adquirido tem que ser doada ao SUS.

A carta foi assinada pelos ministros Wagner Rosário, da Controladoria-Geral da União, José Levi, da Advocacia-Geral da União, e Élcio Franco, secretário-executivo do Ministério da Saúde.

Mas as empresas ainda precisam de uma autorização da Anvisa para importação e para uso emergencial da vacina.

Representando as empresas nas negociações, Fábio Spina, diretor jurídico da Gerdau, pediu que os grupos interessados se manifestem até esta terça-feira, mas já se sabe que empresas como a Ambev, Itaú, Vale, não estavam concordando com os termos e defendiam que 100% do lote adquirido pela iniciativa privada fosse doada ao governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.