Thaisa Galvão

27 de janeiro de 2021 às 21:03

TRE/RN – Retotalização de votos que se daria em minutos foi adiada para esta quinta-feira [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Regiona Eleitoral do Rio Grande do Norte deixou para esta quinta-feira o final da retotalização dos votos da eleição para deputado federal em 2018 no Rio Grande do Norte.

O TRE emitiu nota.

INFORMAÇÃO – TRE/RN

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE) deu início, na tarde de hoje (27), a uma das etapas da retotalização dos votos de deputado federal das Eleições 2018 com a alteração, no sistema de candidatura, do status do pedido de registro de Kericlis Alves Ribeiro, que constava como pendente de julgamento, passando a constar como indeferido, tornando nulos os votos a ele conferidos.

A retotalização teve início após a relatora do processo, juíza Erika Paiva, negar efeito suspensivo aos embargos de declaração interpostos pela Coligação 100% RN, determinando o cumprimento do Acórdão que concluiu pelo indeferimento do registro de candidatura.

O cumprimento do Acórdão segue amanhã para os procedimentos finais.

*

Do Blog – O TRE não explicou o porquê do adiamento e fica a dúvida…

É que a totalização dos votos de uma eleição inteira se dá, em muitos casos, em duas horas.

Sem entender o deixar para amanhã…

O deputado Beto Rosado iria entrar com novo embargo suspensivo junto ao TSE.

Seria por isso?

27 de janeiro de 2021 às 16:46

Juíza Erika Paiva indefere embargo de Beto/Kerinho e TRE anunciará ainda hoje a retotalização de votos para deputado federal em 2018 [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A juíza Erika Paiva, do Tribunal Regional Eleitoral, indeferiu recurso do deputado Beto Rosado…ops…do ex-candidato Kericlis Alves, ao qual a justiça eleitoral não atribui um voto sequer nas eleições de 2018…

Kerinho e seu time super poderoso e oneroso de advogados entrou hoje com embargo suspensivo, para tentar barrar a retotalização da eleição para deputado federal no Rio Grande do Norte há dois anos.

Com a decisão da magistrada, o Tribunal segue com o processo de retotalização, e ainda nesta quarta-feira deverá anunciar o novo resultado do pleito, conferindo a eleição de Fernando Mineiro como o 3º mais votado, mantendo Beto Rosado, hoje no mandato, como primeiro suplente, de acordo com a sua legítima votação.

Caberá ao presidente do TRE, Gilson Barbosa, definir quando diplomará e empossará o deputado eleito Fernando Mineiro.

27 de janeiro de 2021 às 14:51

Apontada como fornecedora de milhões em latas de leite moça ao governo, Azenate Ribeiro nega que tenho feito negócio milionário com o Palácio d [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Eita que o moído entre a empresa que vendeu milhões em leite condensado ao governo federal, e o governo federal, está só começando:

Por BERTHA MUNIZ

CAMPOS – Nesta semana, uma reportagem feita pelo site Metrópoles apontou que todos os órgãos do governo de Jair Bolsonaro teriam pago, juntos, mais de R$ 1,8 bilhão em alimentos no ano de 2020 – um aumento de 20% em relação a 2019.

Chamando atenção especial para os 15 milhões de reais em leite condensado, a um custo unitário, preliminarmente, de R$162,00.

De acordo com dados do Portal da Transparência do governo federal, que ficou fora do ar nesta terça-feira (26), a empresa “Saúde e Vida Comercial de Alimentos Eireli” pertence a Azenate Barreto Abreu. Em suas redes sociais Azenate declara ser natural do município de Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense. Ele mesma afirma ter estudado no Colégio 29 de Maio, próximo aos bairros Parque Leopoldina e Pecuária.

A empresária é casada com Elvio Rosemberg da Silva Abreu, um pastor que, em suas redes sociais, também declara já ter morado em Campos, mas afirma residir, atualmente em Uberlândia, no estado de Minas Gerais.

O casal é pai de Elvio Abreu Júnior, que também teria assinado contratos milionários com o governo federal que somam 25 milhões de reais. Apesar de terem, supostamente, faturado cerca 30 milhões de reais com estes contratos, nas redes sociais, Elvio e Azenate não ostentam riquezas e mostram uma vida sem luxo.

A empresa administrada pelo casal é sediada em Brasília. Após ter sido descoberta como dona da empresa, com uma publicação feita através do Twitter por @Boscardin, Azenate excluiu sua conta no Facebook.

Confira os tuítes do jornalista @Boscardin e da escritora que se diz detetive, Daniela Abade, que trabalhou na apuração.

Apesar da empresa de Azenate estar estar no portal da transparência como tendo vendido milhões de reais em latas de leite condensado….ela jura que vendeu o equivalente a 2 latas.

Só um pratinho de brigadeiro.

Azenate conversou com Daniela.

Tem mais….

Pelo jeito, a queda de braço entre Azenate e o Palácio do Planalto está só começando.

27 de janeiro de 2021 às 12:52

Fernando Mineiro nas mãos do presidente do TRE, desembargador Gilson Barbosa, para ser diplomado e tomar posse como deputado eleito [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Será divulgado ainda nesta quarta-feira o novo resultado das eleições para deputado federal de 2018 no Rio Grande do Norte.

Com o indeferimento, pela Corte Eleitoral, dos votos do ex-candidato Kericlis Alves, o TRE fará uma retotalização dos votos.

O novo resultado tira da bancada federal potiguar o mossororoense Beto Rosado, que voltará à posição de primeiro suplente, e garante a Fernando Mineiro o mandato conquistado como o terceiro mais votado há 2 anos.

A retotalização será realizada pelo setor de informática do TRE, e anunciada ainda hoje.

Caberá ao presidente do Tribunal, desembargador Gilson Barbosa, definir e anunciar a data da diplomação e posse de Mineiro.

27 de janeiro de 2021 às 4:31

Ex-global Mário Gomes viraliza áudio político envolvendo Carlos Vereza e responderá na justiça [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Treta das celebridades da antiga TV…

Da Folha/Celebridades

Carlos Vereza processa Mário Gomes após áudio viralizado a favor de Bolsonaro

No áudio, Gomes critica política de esquerda e o próprio Vereza

Leonardo Volpato

O ator Carlos Vereza, 81, entrou com um processo no Juizado Especial Cível da Barra da Tijuca, no Rio, contra o também ator Mário Gomes, 68. O motivo foi o áudio viralizado pelo próprio Gomes com mensagens dele que teoricamente foram enviadas a Vereza com conteúdo político.

Na mensagem, de pouco mais de quatro minutos, Mário Gomes cobra explicações de Vereza por causa de um possível apoio dele a uma suposta candidatura do apresentador Luciano Huck e contra Jair Bolsonaro.

Em outro momento do áudio, Gomes diz que a falta de oxigênio nos hospitais de Manaus é por culpa dos inimigos do Bolsonaro e ele cita nomes como Marcelo Freixo, João Doria e Luciano Huck.

Porém, o surgimento do áudio tem sido rebatido por Vereza.

Na mensagem, não é possível escutar qualquer trecho com declarações de Vereza.

“Acabo de entrar com um processo contra o ator Mário Gomes por danos morais e materiais. Espero que aprenda a não gravar um áudio, onde somente ele fala, dando a impressão que estava conversando comigo. E, depois, covardemente, jogar nas redes sociais sem que eu soubesse do que se tratava. Pena. Aprendeu rápido com o gabinete do ódio a fabricar notícias falsas”, escreveu Vereza no Facebook.

Mário Gomes foi procurado, mas não respondeu às solicitações até a publicação deste texto. Ele também está sendo processado por Freixo justamente por causa da relação que ele fez entre a extinção do oxigênio em Manaus com Freixo.

Mário Gomes, que foi galã nas novelas da Globo, vende hambúrguer na praia da Joatinga
Com o filho no violão / Fotos Dilson Silva/Agnews

27 de janeiro de 2021 às 3:00

O que o governo Bolsonaro fez em 2020 com mais de 6 milhões de QUILOS de sal e mais de 5 milhões de POTES de fermento? [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Sobrou para o leite condensado, só porque é mais gostoso e todo mundo quer.

Mas eu vou de sal.

18 milhões e 500 mil reais em sal durante um ano.

Levando em consideração o preço do quilo em um supermercado de São Paulo, a 2 reais e 99 centavos, são mais de 6 milhões de quilos de sal…

E um quilo de sal não se acaba fácil como uma lata de leite moça.

Por mais que o produto seja para a ‘tropa’, para os palácios, para os ministérios…quase uma salina daquelas de Mossoró e Macau.

Não cabe na matemática…

E fermento?

16 milhões e 600 mil reais em fermento?

Um potinho a 3 reais e 25 centavos…

São mais de 5 milhões e 100 potinhos desse aí…

Que danado o governo vai fazer com mais de 5 milhões de potinhos de fermento?

Vai fazer bolo?

Mas já tem a massa de bolo, pronta, comprada por mais de 18 milhões de reais. Já vem com fermento.

Massa de bolo a 18 milhões com fermento a 16 milhões…

Só uma continha básica que, por mais que tentem, os apoiadores do governo não vão convencer que comida para muita gente é cara.

E o chiclete?

Mais de 2 milhões de reais em chicletes…

Não dá para convencer.

Não dá, mesmo.

27 de janeiro de 2021 às 2:57

Só as barrinhas de cereais da feira de Bolsonaro pagariam 448 carros do modelo Elba que derrubaram o presidente Collor [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O leite condensado, símbolo dos gastos bilionários com baganas e comidas pelo governo Bolsonaro, faz lembrar casos emblemáticos da política brasileira, onde presidentes da República se deram muito mal.

Fernando Collor de Mello.

Claro que o esquemão logo no começo do governo foi denunciado por Pedro, irmão Collor, e uma CPI no Congresso investigou desvios gigantes sob o comando de PC Farias, tesoureiro da campanha de Collor.

Mas foi um veículo da Fiat, de marca Elba, que duvido que muita gente saiba do que se trata hoje, que fez o presidente cair.

É que se descobriu que o carro, lançamento da época, comprado pela primeira-dama Rosane Collor, foi pago com um cheque do esquema.

5 mil custou o carro.

Corrigindo, hoje uns 30 mil.

Só as barrinhas de cereais do governo Bolsonaro, no total de 13 milhões, 445 mil, 118 reais e 52 centavos pagariam 448 Fiats Elba de 20 mil.

A Elba virou o símbolo do impeachment de Fernando Collor.

27 de janeiro de 2021 às 2:48

Arrematado em leilão, triplex “de Lula” custou menos do que os chicletes da feira do governo Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-presidente Lula foi parar na prisão, e sobre ele restam ainda processos a partir de denúncias da compra de um apartamento na praia de Guarujá e um sítio em Atibaia.

Do sítio ele se viu livre e a justiça liberou para venda.

Já o triplex lhe rendeu uma condenação em segunda instância de 12 anos e 1 mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro – com início em regime fechado.

O triplex do Guarujá foi leiloado e arrematado por 2 milhões e 200 mil reais.

Mais barato do que o chiclete da feira de 2020 do governo Bolsonaro.

Só em chiclete o governo pagou 2 milhões, 203 mi, 681 reais e 89 centavos.

Só o chiclete de Bolsonaro pagava o triplex de Lula.

27 de janeiro de 2021 às 2:39

Leite condensado da feira do governo Bolsonaro daria para comprar 18 sítios de Atibaia iguais ao “de Lula” [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o sítio em Atibaia, que Lula garantia o tempo todo que não era dele, a justiça dizia que era, mas no final acabou definindo que não era e liberou para a venda, com preço estimado à época em 870 mil reais.

Bem mais barato do que o cheiro verde do governo Bolsonaro.

Coentro e cebolinha custaram mais de 5 milhões e 800 mil reais.

Dava para pagar 6 sítios de Atibaia.

Mas se não quiser tirar o cheiro verde da feira, bastaria abrir mão da Alfafa, pouco mais de 1 milhão de reais, para pagar o sítio ‘do Lula’ e ainda sobrar troco.

Mas, para pagar o sítio com leite condensado, símbolo da feira de Bolsonaro, aí meu amor…eram 18 sítios de Atibaia pagos na hora.

Com leite moça vivo.

27 de janeiro de 2021 às 2:37

Propina que teria sido paga a grupo de Temer bateu com a feira do ano do governo Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

E o presidente Michel Temer?

O que virou símbolo nos esquemas mal contados do ex-presidente?

A lava jato.

O grupo de Temer foi acusado de receber 1,8 bilhão em propina.

Valor fechado da feira do governo Bolsonaro.

27 de janeiro de 2021 às 1:24

Senador e deputados querem que TCU investigue o leite condensado de Bolsonaro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Enquanto 3 ministros do Tribunal de Contas acompanham o ministro Fábio Faria para conhecer a tecnologia 5G na Europa e Ásia, senador e deputados querem que, no Brasil, o TCU investigue os gastos com supermercado do governo Bolsonaro.

Os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), e os deputados federais Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES) protocolaram, nesta terça-feira (26), uma representação no Tribunal de Contas da União (TCU) contra a Presidência da República.

Os parlamentares querem que o órgão investigue como o Executivo gastou R$ 1,8 bilhão em alimentação só em 2020.

Já o gasto do Tribunal com a viagem de seus ministros é de 120 mil reais.

27 de janeiro de 2021 às 1:19

TCU vai desembolsar 120 mil reais para bancar viagem de 3 ministros que integrarão comitiva de Fábio Faria à Europa e Ásia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Três ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) vão integrar uma comitiva comandada pelo ministro das Comunicações Fábio Faria, para conhecer os sistemas de telefonia 5G em quatro países da Europa e Ásia: Bruno Dantas, Walton Alencar Rodrigues e Vital do Rêgo.

Serão 10 dias, de 2 a 12 de fevereiro, entre Helsinque, na Finlândia; Estocolmo, na Suécia; Seul, na Coreia do Sul; e Tóquio, no Japão.

Cada ministros do TCU receberá 7.403 dólares, o equivalente a pouco mais de 40 mil reais pelas 10 diárias e meia.

Resta saber se os ministros do TCU estudaram bem sobre a tecnologia que vão conhecer, para que o contato com os sistemas de telefonia não sejam apenas um ‘muito prazer’.

Agora em 2021 o TCU deverá avaliar o leilão de 5G feito pelo governo.

Mas…para avaliar um leilão…precisa o passeio?