Thaisa Galvão

8 de fevereiro de 2021 às 18:01

XP-Ipespe: Reprovação do governo Bolsonaro segue crescendo segundo dados de fevereiro [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Pesquisa XP-Ipespe, realizada entre 2 e 4 de fevereiro, aponta mais uma queda na popularidade do presidente Jair Bolsonaro.

A rodada de fevereiro mostra que segue em trajetória crescente a reprovação à gestão do presidente Jair Bolsonaro.

O grupo dos que consideram a administração ruim ou péssima passou de 40% em janeiro para 42% neste mês.

No mesmo sentido, oscilou de 32% para 30% os que veem o governo como bom ou ótimo.

Este é o quarto levantamento consecutivo em que há aumento na avaliação negativa, que cresce desde setembro, quando atingia 31%.

A alta na reprovação é impulsionada principalmente pelo grupo dos que ganham até dois salários mínimos: saltou de 39% para 45%.

Também foi registrado aumento na reprovação nas regiões Norte-Centro-Oeste (32% para 40%) e Nordeste (43% para 48%).

Foram realizadas 1.000 entrevistas de abrangência nacional, nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro, com margem de erro de 3,2 pontos percentuais.

O levantamento mostra também que teve piora residual a avaliação da atuação de Bolsonaro no combate ao coronavírus.

Oscilou de 52% para 53% os que a veem como ruim ou péssima — percentual que cresce desde outubro, quando o grupo correspondia a 47%.

A avaliação positiva do presidente no combate à pandemia (22%) é pior que a de governadores (39%) e que a de

prefeitos (41%).

Em relação ao momento da pandemia, a pesquisa mostra uma melhora na percepção da população.

Aumentou de 36% para 44% o grupo dos que dizem que o pior já passou (47% ainda acham que o pior está por vir) e caiu de 42% para 39% o percentual dos que dizem estar com muito medo.

Sobre a imunização, passou de 69% para 77% os que dizem que com certeza irão se vacinar. Sobre o auxílio emergencial pago pelo governo, 53% acham que o governo deveria criar outro benefício semelhante por mais alguns meses e 17% acham que o Bolsa Família deveria ser ampliado. Quase a metade da população (49%), no entanto, acha que o governo não fará uma coisa nem outra.

Uma resposta para “XP-Ipespe: Reprovação do governo Bolsonaro segue crescendo segundo dados de fevereiro”

  1. Benilson Silva disse:

    Que jogo, o cara se desmilinguido, ai vem uma pesquisa para lhe dá força, para que o STF se iniba diante do julgamento de sua parcializada enquanto “chefe” da lava jato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.