Thaisa Galvão

9 de fevereiro de 2021 às 22:01

Empresário Tião Couto não foi condenado na ação que tornou inelegível o ex-governador Robinson Faria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O empresário Tião Couto, que foi vice de Robinson na disputa pela reeleição do então governador, não foi condenado no processo por abuso de poder julgado nesta terça-feira pelo Tribunal Regional Eleitoral.

Nem poderia.

Tião não integrou o primeiro governo de Robinson, alvo da ação que foi julgada hoje.

Tião não foi condenado e não está inelegível.

O empresário não tem nenhuma ligação com as inaugurações dos restaurantes populares, alvo das investigações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.