Thaisa Galvão

14 de fevereiro de 2021 às 10:07

Senador da Rede diz a Pazuello que as digitais dele e do presidente Bolsonaro estão nas mais de 230 mil mortes por covid no Brasil [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O dia em que o falante ministro da Saúde Eduardo Pazuello calou a boca.

Na quinta-feira (11), quando foi ao Senado dar explicações sobre os ‘atos’ do governo na pandemia, Pazuello baixou a cabeça para ouvir o senador da Rede Sustentabilidade, Fabiano Contarato, do Espírito Santo.

O parlamentar, munido de artigos da Constituição, disse que Pazuello e o presidente Jair Bolsonaro deverão responder por genocídio, se referindo às mais de 230 mil mortes por Covid-19 em todo o Brasil.

“As digitais de vocês estão nessas mortes. Eu tenho fé em Deus que tanto o senhor quanto o presidente da República irão responder por genocídio. Seja aqui no Brasil, seja no Tribunal Penal Internacional”, disse o senador sem ser interrompido pelo ministro.

Confira o discurso do parlamentar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.