Thaisa Galvão

21 de fevereiro de 2021 às 11:33

Contrariando sua posição como vereadora, deputada Carla Dickson votou pela liberdade do colega que ameça democracia e desrespeita mulheres [5] Comentários | Deixe seu comentário.

Até agora passada com o voto da deputada federal Carla Dickson, na sessão da Câmara que decidiu pela permanência na prisão do deputado Daniel Silveira.

Carla, que ocupa na Câmara o gabinete de Fábio Faria, que está ministro, foi uma entre os 130 deputados que votaram pela liberdade do parlamentar que atentou contra a democracia, ameaçou os integrantes do STF, se negou a cumprir a lei que obriga uso de máscaras em locais públicos…

Não era esse o perfil de Carla quando vereadora em Natal.

A parlamentar que é médica sempre defendeu causas relacionadas à saúde, e como mulher, levantou a bandeira do respeito às mulheres.

Quem viu Daniel Silveira, já preso e diante de um delegado da Polícia Federal, desrespeitando e apontando o dedo para uma policial civil mulher, no IML do Rio de Janeiro, só porque ela, educadamente, mandou que ele colocasse a máscara, imaginaria, no mínimo, que a Carla Dickson vereadora de Natal emitiria uma nota de repúdio.

Mas na Câmara ela votou pela liberdade do colega, quando 364 deputados votaram pela continuidade dele na prisão.

Aí a deputada pode até tentar justificar que a prisão dele foi inconstitucional, que prisão em flagrante não se executa a partir de um mandado, como o expedido pelo ministro Alexandre de Moraes, mas pelo próprio flagrante…

Mas o STF votou, por unanimidade da Corte, que ele deveria continuar preso, e cabia à Câmara – de acordo com seu regimento em casos de prisão de deputado – decidir sobre a decisão do STF.

Ela pode até ir nessa linha de justificativa esfarrapada, quando se sabe que um voto como esse segue muito mais uma linha política de sensatez.

Não é bem isso o que o eleitor espera de seu parlamentar.

Vergonha ver uma deputada mulher preferir a liberdade de quem atenta contra a liberdade e ainda agride mulheres…

Na lista de deputados que preferiram abrir a porta da cadeia para soltar Daniel Silveira também está Eduardo Bolsonaro.

Da bancada do Rio Grande do Norte o General Girão também votou pela liberdade de Daniel, mas aí esse já era esperado.

Girão chegou a ser incluído no processo que investiga atos anti democráticos contra o STF.

5 respostas para “Contrariando sua posição como vereadora, deputada Carla Dickson votou pela liberdade do colega que ameça democracia e desrespeita mulheres”

  1. Nando disse:

    Faz parte da bancada evangélica. Poder e dinheiro acima de tudo e de todos . O povo que exploda.

  2. Ana Neri disse:

    Não vejo assim, ela não votou a favor de daniel ,temos que reconhecer que o stf exagerou e muito tanta coisa para eles fazer assuntos bem mais importante, mas ele foi mandar prender um deputado por que não gostou de ouvir a verdade. A deputada carla dickson votou contra a esse abuso .

  3. Jorge jr disse:

    Apoiado contra ditadura do supremo onde solta senador corrupto e prende um deputado federal retirando sua liberdade de expressão.

  4. Ana Paula Bolsonaro e feliz disse:

    Certíssimo Carla Dickson vc eh top, votou certo

  5. Sergio Queiroz disse:

    Essa mulher envergonha o Rio Grande do Norte. Espero que nas próximas eleições nem ela, nem o marido sejam eleitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.