Thaisa Galvão

24 de fevereiro de 2021 às 20:38

Rafael Motta diz no plenário da Câmara que bancada do RN vai destinar emendas para compra de vacinas pelo estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Rafael Motta se pronunciou na sessão desta quarta-feira na Câmara, para agradecer à Comissão Mista de Orçamento por acatar sugestão de seu mandato, para permitir a destinação de emendas parlamentares para compra de vacinas por parte de estados e municípios.

Rafael adiantou que a bancada do Rio Grande do Norte vai destinar parte de suas emendas para compra de vacinas.

24 de fevereiro de 2021 às 18:59

Obras de Saneamento Integrado da Zona Norte de Natal atingem 80% de execução [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um dois maiores projetos estruturantes em execução por parte da Prefeitura de Natal, a obra de Saneamento Integrado da Zona Norte atingiu 80% de execução. Estão sendo contempladas 334 ruas e cinco lagoas de captação nas comunidades Nordelândia, Boa Esperança, Cidade Praia, Parque Industrial, Bom Jesus e Câmara Cascudo. Ao todo, 250 mil pessoas estão sendo beneficiadas com o projeto. Os investimentos realizados giram em torno de R$ 130 milhões em uma parceria entre o Município e o Governo Federal com cronograma de trabalho sendo estendido por mais seis meses.

Além da parte estrutural, com a construção de sistemas de drenagem e kits sanitários, obras de pavimentação asfáltica, instalação intradomiciliar à rede de coleta de esgoto, construção de lagoas de captação e regularização fundiária, o saneamento integrado também vai dispor para as comunidades equipamentos como duas quadras poliesportivas, duas escolas, um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e dois ecopontos.

“Essa é uma obra de extrema relevância. Estamos acabando com os transtornos vividos pelo moradores dessa região, com lama em tempos de chuva e poeira em tempos de estiagem. É mais dignidade, segurança, conforto e cidadania, já que com a chegada da infraestrutura conseguimos melhorar o acesso ao transporte público, valorizamos os imóveis dessas comunidades e melhoramos a vida dos moradores. É um avanço muito significativo”, aponta o prefeito de Natal, Álvaro Dias.

Além dessas cinco comunidades, a gestão municipal também levou o projeto do saneamento integrado a outros locais da Zona Norte. No primeiro lote dessa iniciativa, foram drenadas e pavimentadas 22 ruas no Parque dos Coqueiros, 36 na Vila Paraíso e 27 no Loteamento José Sarney, bem como a lagoa de captação do Parque dos Coqueiros teve a sua capacidade ampliada. Nessa etapa, foram investidos R$ 27 milhões.

Planalto

Além da Zona Norte, a Prefeitura também está levando o mesmo serviço ao bairro Planalto. As obras que contemplam a construção de uma lagoa de captação, além da drenagem e pavimentação de 18 ruas no bairro Planalto, na Zona Oeste de Natal, começaram no ano passado e estão avançando. Estão sendo investidos R$ 16,3 milhões.

24 de fevereiro de 2021 às 17:39

Duas mortes por covid registradas nesta quarta-feira em João Câmara [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Duas mortes por covid registradas nesta quarta-feira em João Câmara.

Além da empresária Marluce Melo, morreu o vaqueiro Alexandre Vieira de Melo.

Foi internado com covid no Hospital Regional de João Câmara, e depois transferido para o Hospital João Machado, em Natal, onde faleceu no final da manhã.

Com informações e foto do blog de Gilvan Leite

24 de fevereiro de 2021 às 17:33

Governadora se reúne com prefeitos para reforçar importância de decretos para minimizar efeitos da pandemia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra deu início nesta terça-feira (23) a uma série de reuniões com prefeitos dos municípios que compõem as regionais de saúde.

Por vídeoconferência ela conversou com os gestores Daniel Marinho (Nísia Floresta), Antônio Freire (Georgino Avelino), Valdenício Costa (Tibau do Sul), José Arnor da Silva (Jundiá), Flávio César Nogueira (Nova Cruz), Djerlane Macedo (Pedro Velho), Pedro Sales (Várzea), Wellinson Ribeiro (Canguaretama), Vanessa (Serra de São Bento), Thuanne Souza (Vila Flor) e o vice-prefeito Antônio Duarte Silva (Montanhas).

Também se integraram ao encontro secretários de saúde de Passagem, São José de Mipibu, Serrinha e Santo Antônio.

“Digo aos prefeitos e prefeitas que, quanto mais diálogo entre as equipes de saúde dos municípios e do estado, dos agentes de segurança locais com os estaduais, mais teremos êxito em conter o impacto violento da pandemia. Tenho certeza que não faltaremos a cumprir essa missão com muita responsabilidade e amor ao povo do RN”, afirmou Fátima, ressaltando a importância dos decretos municipais para enfrentamento à Covid-19.

“Falei com o ministro da saúde ontem e hoje (23). Pedi 20 kits de leitos de UTI. Ele disse que não tinha kits completos, então pedi que mandasse os equipamentos que tivesse. Estamos abrindo novos leitos nos Hospitais Giselda Trigueiro, da Polícia Militar, em São Gonçalo do Amarante, em Santo Antônio, além dos 10 leitos no Hospital de Campanha de Natal que têm os equipamentos fornecidos pela Secretaria Estadual de Saúde”, informou.

“Mas não podemos nos iludir. Não basta abrir leitos para resolver a situação. A pandemia se espalha com novas cepas e é preciso que a sociedade tome consciência coletiva, restringir a circulação, evitar aglomerações, usar máscara e higienizar as mãos constantemente. Enquanto não tivermos vacina para todos, não há outra medida. Temos que nos proteger”, disse Fátima.

Diante do argumento dos prefeitos, de que parte da população não reconhece os riscos das aglomerações e não usa máscara, a governadora sugeriu que eles incluam nos decretos municipais o toque de recolher.

“Estou esperançosa e confiante que venceremos o recrudescimento da pandemia. Temos um movimento de união que se espalha por todo o Rio Grande do Norte — união, solidariedade e compromisso em defesa da vida.”

24 de fevereiro de 2021 às 17:07

Governadora Fátima apela à bancada para não aprovar alterações nos repasses para Saúde e Educação [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra está fazendo um apelo à bancada federal do RN: não acatar nenhuma alteração no formato de repasses federais para a Saúde e a Educação.

24 de fevereiro de 2021 às 16:57

Vereador de Extremoz, Rafael Correia mostra mensagem de golpe que recebeu em nome de deputado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O vereador Rafael Correia (PP), de Extremoz, recebeu mensagem do falsário que vem tentando aplicar golpe utilizando o nome do deputado federal João Maia.

Veja o zap que ele recebeu, e respondeu.

Lembrando que esse número, onde foi colocada a foto do deputado, não corresponde ao celular dele.

Detalhe besta: quem conhece o deputado João Maia, e Já falou com ele pelo menos uma vez por whats app, vê logo que esse ‘ESTAR’, escrito 3 vezes com erro gritante de português, não faz parte da escrita do parlamentar.

24 de fevereiro de 2021 às 16:44

Falsário usa nome do deputado João Maia para aplicar golpes [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Saiu de moda o golpe de pedir dinheiro.

O deputado federal João Maia é vítima de um novo golpe através do WhatsApp e alerta sobre promessas falsas de envio de cestas básicas para os municípios do Rio Grande do Norte.

Nesta quarta-feira o deputado, que está em Brasília, postou um alerta em suas redes sociais:

O outro número “de Marcos Garcia”, certamente seria atendido por outro golpista que deveria pedir o dinheiro como sempre se faz em golpes assim.

24 de fevereiro de 2021 às 16:34

Na ‘briga da ivermectina’ entre petistas e bolsonaristas, perfil da médica Lucy Kerr aparece como contraponto à infectologista Marise Reis [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Segue a briga da Ivermectina.

Virou disputa de poder o medicamento aprovado por uns, atacado por outros.

Em ano que não é eleitoral, se for PT não acata o remédio como profilaxia para covid, mas se for bolsonarista, acata.

E a queda de braço entre colegas de profissão tem tomado conta da mídia, inclusive sendo debate em veículos nacionais.

Quem defende a Ivermectina continua rebatendo a médica Marise Reis, infectologista da UFRN e integrante do comitê científico do Estado, que declarou que 90% dos pacientes internados haviam tomado o medicamento considerado “sem eficácia”, e que estaria provocando outras doenças, como hepatite.

Os defensores da Ivermectina apresentam teses de profissionais de saúde como a professora Lucy Kerr.

Quem é Lucy Kerr?

Confira na matéria publicada no site Metrópoles:

A médica Lucy Kerr tem se notabilizado pela defesa da ivermectina como uma solução profilática para a epidemia de Covid-19. Uma das videoaulas direcionadas a médicos em seu canal no YouTube possui mais de 1,1 milhão de visualizações. Ela vem se tornando um rosto conhecido do grande público porque seus conselhos estão sendo compartilhados massivamente em grupos de WhatsApp.

Lucy Kerr estudou medicina na Universidade de São Paulo (USP) e se especializou em ultrassonografia nos Estados Unidos. Não é infectologista, especialização da medicina responsável pelo tratamento de doenças provocadas por vírus, bactérias e outros micro-organismos. Resolveu ir a público e romper um preceito do código de ética médico – fazer propaganda de remédio ou tratamento sem comprovação científica –, segundo ela própria, para salvar vidas.

No Brasil, a ivermectina é conhecida como um remédio para acabar com piolhos e era vendida sem receita médica até a última quinta-feira (23/7), quando a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), por causa de uma corrida da população às farmácias, decidiu incluí-la na lista de medicamentos que exigem prescrição.

Lucy sustenta que o remédio não tem efeitos colaterais significativos e é seguro. O medicamento, segundo ela, favoreceria um retorno a atividades cotidianas, como o trabalho. Mas sem descartar medidas de higiene e comportamento – como uso de máscaras e o distanciamento social, evitando aglomerações. “Essas outras medidas diminuiriam a carga viral que você receberia”, afirma.

Até aqui não há comprovação científica de que a ivermectina funcione para prevenir a Covid-19. Os estudos já realizados são ensaios em laboratórios que indicam algum potencial contra o Sars-CoV-2. A médica diz que receita o medicamento de acordo com o que observou em seus pacientes e com o que aprendeu com um colega da República Dominicana, que tem usado a ivermectina de maneira massiva.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) tem reiterado que não há, ao menos por enquanto, nenhuma comprovação científica sobre medicações que possam prevenir a Covid-19 ou evitar, se usadas no início dos sintomas, o agravamento do quadro de um paciente.

A seguir, a médica responde as perguntas do Metrópoles.

A senhora está se notabilizando pela defesa da ivermectina como maneira de prevenir a Covid-19. Como esse antiparasitário age no corpo?

Chamar a ivermectina de droga antiparasitária é uma definição muito pobre. Além de ser antiparasitária, ela é antiviral, antibacteriana e controla o crescimento de muitas células neoplásicas. Ela tem quatro ações lindas e maravilhosas, que não trazem prejuízo para o nosso organismo. Praticamente não tem efeito colateral maléfico como a maioria das outras drogas. Também é uma droga extremamente segura que, em 40 anos de uso, nunca matou um ser humano. Ela foi registrada no Brasil como antiparasitária – as empresas farmacêuticas geralmente registram o que vai ser lucrativo para elas – mas, neste caso, todos os outros efeitos dela foram ignorados.

Como é o efeito dela como antiviral?

De todas as drogas antivirais, é a mais potente. Ela tem um mecanismo de ação contra os vírus que está muito bem elucidado: a ivermectina impede a entrada do material genético do vírus no núcleo da célula. Para nós, é muito importante que o vírus não entre no núcleo para se replicar. Este ano, uma pesquisa mostrou que a ivermectina bloqueia a entrada do vírus ainda na membrana da célula. Eu acredito que isso vai ser estudado por outros trabalhos. A ação antiviral está bem descrita. Existem comprovações científicas de que a ivermectina têm mais de 700 ações antivirais.

Por que a senhora encarou essa cruzada e como recebe as críticas sobre suas manifestações?

Porque havia pessoas para serem salvas que ainda não estavam sabendo disso e eu estava. Eu sou médica e tenho obrigação de divulgar isso, tenho obrigação. O que você acha de um médico que fez um juramento, que tem um conhecimento de algo que pode salvar muitas vidas e não passa adiante? Eu sei que tem muitos colegas que não estudaram tanto quanto eu e não chegaram a essa conclusão, mas eu tenho inúmeras comprovações. Eu estou com a verdade e não me importo com os que estão me atacando.

Como seria essa estratégia de prevenção?

O protocolo de Itajaí (cidade de Santa Catarina que está administrando o remédio de maneira profilática para parte da população) é de uma dosagem para cada 30 kg a cada 15 dias. É um protocolo de prevenção. Uma vez que a pessoa está com sintomas, eu estabeleço uma dosagem adequada para cada caso. O bom é que a ivermectina tem um período de ação prolongado, que ainda não foi explicado inteiramente.

Não seria um risco ficar repetindo este remédio continuamente? Há contraindicações?

Não. As pessoas podem tomar repetidas vezes sem problema nenhum. A droga praticamente não tem efeitos colaterais. É melhor a pessoa ingerir uma droga que tem efeito antiparasitário, antiviral e impede o crescimento de células neoplásicas do que correr o risco de pegar coronavírus. As contraindicações clássicas são gravidez, lactação, crianças menores de cinco anos ou condições de saúde em que haja risco de a droga romper a barreira hematoencefálica (barreira que impede certas substâncias de entrarem no sistema cerebral).

A ivermectina com indicação profilática daria uma espécie de salvo conduto para as pessoas voltarem às atividades normais?

Seria uma coisa bem favorável, mas é preciso continuar tomando as medidas de higiene, usando máscaras, evitando aglomerações. Mas as pessoas poderiam voltar ao trabalho sim. Uma infecção depende de três coisas: da virulência do micro-organismo, da sua resistência a ele e da carga viral que você recebe. Essas outras medidas diminuiriam a carga viral que você receberia.

24 de fevereiro de 2021 às 16:13

TRE rebate TSE no caso Mineiro/Beto e mostra que liminar de ministro teve como base o registro ‘deferido’ de uma candidatura indeferida [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, desembargador Gilson Barbosa, rebateu o TSE, em documento encaminhado ao ministro relator Luís Felipe Salomão, em relação à decisão monocrática que impediu a posse do deputado diplomado Fernando Mineiro, mantendo Beto Rosado no cargo para o qual não foi eleito.

O documento do TRE desmonta a tese que gerou a liminar suspendendo a posse de Mineiro e mostra que o candidato Kericlis Alves, que garantiu a “eleição” de Beto, já teve o registro indeferido antes das eleições de 2018, disputando a eleição sem deferimento.

Na decisão de Salomão, para manter Beto no mandato de Mineiro, o ministro Salomão usou a jurisprudência que trata de uma candidatura com registro deferido, estando este indeferido.

24 de fevereiro de 2021 às 15:48

Voz do hino de Messias Targino, Gabriela Fernandes morre de covid ao contrair o vírus em um coletivo lotado em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Natal perdeu a voz de Glorinha Oliveira, e o município de Messias Targino perde a voz de Gabriela Fernandes.

Gabriela deixa sua marca na cidade por entoar, com maestria, o hino de Messias, como declarou a prefeita Shirley nas redes sociais.

Não se apresentava como cantora, mas a gravação do hino da cidadr tem a bela voz da ‘messiense’.

Gabriela Fernandes era daquelas pessoas que morriam de medo de pegar covid.

Apesar de ter um sobrinho candidato, passou a campanha toda em casa, tomando os cuidados para não se aproximar do vírus

Há dias deixou Messias e foi para a casa de uma irmã na zona Norte de Natal.

Viajou de carro.

Na capital, as duas irmãs saíram de casa para resolver umas coisas e pegaram um coletivo.

Não deu outra: covid e morte.

Em Natal, as empresas de transporte público não estão muito preocupadas com os ônibus aglomerados não, e sequer acenam com a possibilidade de retomar o funcionamento integral da frota…

Hoje pouco mais da metade da frota está nas ruas, e os ônibus seguem lotados.

Gabriela e a irmã foram vítimas da ineficiência do transporte coletivo de Natal.

A irmã se curou e ela deixou o Hospital de Campanha sem vida.

Qual empresa de ônibus vai pagar pela morte de Gabriela?

Hein?

Faltou esse ponto no decreto do prefeito de Natal, Álvaro Dias: determinar a retomada de 100% da frota.

Quanto mais ônibus, mais espaço, menos aglomeração.

Uma matemática que se aprende no jardim de infância e que no sistema público de transporte de Natal, ninguém aprendeu.

A STTU está falhando feio nesse ponto aí.

24 de fevereiro de 2021 às 13:15

Deputado Kleber Rodrigues é escolhido presidente da Comissão de Administração, Serviços Públicos, Trabalho e Segurança Pública da AL [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado estadual Kleber Rodrigues (PL) foi escolhido presidente da Comissão de Administração, Serviços Públicos, Trabalho e Segurança Pública da Assembleia Legislativa.

“Estaremos unidos para desempenhar o melhor papel possível na Comissão”, disse Kleber Rodrigues, que presidiu a Comissão de Constituição e Justiça em 2020.

O vice-presidente é o Subtenente Eliabe (SDD).

Também integram a comissão os deputados Souza Neto (PSB), Kelps Lima (SDD) e Nélter Queiroz (MDB).

“Tenho certeza do compromisso dos nobres deputados que compõem essa Comissão com o povo desse Estado”, disse o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira, ao parabenizar a formação da comissão.

Foto João Gilberto/ALRN

24 de fevereiro de 2021 às 11:53

Silencia aos 95 anos a voz da cantora natalense Glorinha Oliveira [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Morre em Natal, aos 95 anos, a cantora Glorinha Oliveira, conhecida pela sua voz como o “Rouxinol” potiguar.

Maria da Glória Mendes de Oliveira nasceu no bairro das Rocas e marcou época na era de Ouro da antiga Rádio Poti.

No vídeo abaixo, um resumo da história de Glorinha, realizado com apoio do Morada da Paz.

https://youtu.be/8iPWKthPulM

24 de fevereiro de 2021 às 10:39

Militante política Marluce Melo é mais uma vítima da covid em João Câmara e morre sem conseguir vaga em UTI [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais uma morte por covid em João Câmara, que continua registrando, proporcionalmente, um dos maiores índices de óbitos no Estado.

Nas primeiras horas desta quarta-feira morreu Dona Marluce Melo, de 75 anos, mãe dó ex-vice-prefeito Tico Melo.

Dona Marluce era aquela figura bem militante política e tinha uma ligação forte com os ex-governadores Lavoisier Maia e principalmente, Wilma de Faria.

Segundo a ex-deputada Márcia Maia, não tinha possibilidade da mãe Wilma passar pela região do Mato Grande sem entrar em João Câmara e ir na casa de Marluce Melo.

Ontem Márcia e Tico se desdobraram para encontrar um leito de UTI, tanto na rede pública de saúde como na privada.

Não conseguiram porque não tinha.

A lista de espera continua grande.

Sem UTI, dona Marluce morreu.

24 de fevereiro de 2021 às 9:08

Prefeito de São Miguel do Gostoso baixa decreto diferente do recomendado pelos Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de liberar irresponsavelmente o reveillon de 5 dias, com aglomerações em que a conta chegou, o prefeito de São Miguel do Gostoso baixou decreto com medidas que diz ser para enfrentar a pandemia.

Ao contrário das recomendações do Estado e do Ministério Público, para fechar bares e restaurantes às 10 da noite, o prefeito Renato Teixeira determina que em São Miguel os estabelecimentos fechem só à meia-noite.

O decreto proíbe aulas nas escolas públicas mas libera nas escolas privadas.

Suspende a feira livre em dois sábados: 1º e 8 de março.

Sobrou para estudantes e feirantes.

Apenas.

Ah..

O decreto proíbe a realização de shows, como aqueles que o prefeito liberou no réveillon.

Mas também…alguém já ouviu falar em shows em Gostoso nessa época do ano?

Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho publicaram nota com recomendações a todos os prefeitos do Rio Grande do Norte, que entre outros pontos, pede o fechamento de bares e restaurantes às 22h.

24 de fevereiro de 2021 às 2:40

Prefeito de Mossoró Allyson Bezerra fecha calendário de pagamento dos salários que a gestão anterior deixou em atraso [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra havia adiantado, o calendário de pagamento dos salários deixados em atraso pela ex-prefeita Rosalba Ciarlini, foi anunciado.

A medida beneficia cerca de 1.400 servidores, que terminaram 2020 sem receber 13º salário, horas extras, diárias, insalubridade e outros direitos.

A dívida soma R$ 11 milhões e 700 mil.

Para diminuir o impacto nas contas públicas e garantir o pagamento em dia do salário do mês, a Prefeitura distribuiu o montante por faixas salariais, natureza do serviço e categoria do benefício, a partir de março: insalubridade (40%), 13º salário integral, insalubridade (20%), diárias operacionais, intrajornada, horas extras e 13º salário variável.

“O calendário é socialmente justo. Revela compromisso com os profissionais envolvidos com a pandemia de Covid-19, a prioridade aos servidores de menor poder aquisitivo e o pagamento do 13º salário, que é um valor de muita expectativa ao longo do ano”, avaliou o secretário municipal de Planejamento, Frank Felisberto.

Compromisso

Para o prefeito Allyson Bezerra, a atual gestão apresenta resposta concreta ao funcionalismo, mesmo em severa crise econômica, no prazo estipulado à categoria.

Sobre atrasados de servidores terceirizados, também referentes à gestão anterior, o prefeito Allyson vai discutir com as referidas empresas para cobrar o cumprimento do contrato.

“Salários de 2021 em dia, pagamento dos atrasados, diálogo, respeito. Na nossa gestão, servidor é prioridade”, disse o prefeito.

24 de fevereiro de 2021 às 2:24

Lava jato: Ex-juiz Sergio Moro e procurador Deltan Dallagnol teriam montado complô contra ministro do RN, Marcelo Navarro Ribeiro Dantas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site ‘Consultor Juridico’ (Conjur), nesta terça-feira, sobre um complô da lavajato contra o potiguar Marcelo Navarro Ribeiro Dantas.

Por Sergio Rodas

Sergio Moro, quando era juiz da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, elaborou dossiê sobre o ministro do Superior Tribunal de Justiça Marcelo Navarro Ribeiro Dantas e o enviou ao procurador Deltan Dallagnol.

Após pressão da autoproclamada força-tarefa da “lava jato”, Ribeiro Dantas deixou de ser relator dos processos da operação na corte.

CLIQUE AQUI E LEIA MATÉRIA COMPLETA

24 de fevereiro de 2021 às 2:13

Vereador Anderson Lopes apresenta projeto de lei que obriga transporte público de Natal a botar toda frota na rua para impedir aglomerações [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Entra decreto e sai decreto, entra recomendação e sai recomendação, e o transporte público de Natal continua colaborando com o alto número de mortes por covid e ninguém faz nada.

O setor que mais aglomera segue com menos de 70% da frota nas ruas.

A redução se deu no início da pandemia e nunca mais os empresários de transporte público foram indomodados.

Podem deixar os ônibus nas garagens e a população que precisa do transporte público que se exploda.

Quanto menos ônibus, mais cheios eles circulam, mais vírus são transmitidos, mais pessoas são acometidas pela covid, mais pessoas morrem….

Não há recomendação do Ministério Público nem do governo para que a justiça obrigue o transporte público a funcionar na sua totalidade.

Fala-se em 65% da frota nas ruas.

Incomodado com o aumento nos casos de covid, o vereador novato da Câmara de Natal, Anderson Lopes, que é vice-presidente da Comissão de Transportes, Legislação Participativa e Assuntos Metropolitanos da Câmara, apresentou na sessodesta terça-feira, em caráter de urgência, Projeto de Lei que estabelece e regula as regras de segurança sanitária no transporte público municipal.

O projeto que já pode ser votada na quinta-feira, exige, além de medida de proteção aos passageiros nos ônibus, exige que o setor “passe a funcionar com sua capacidade máxima, devendo ser ofertada 100% da sua frota diariamente para reequilibrar as vagas em pé vetadas”.

De acordo com o projeto, cada veículo deve limitar sua ocupação à quantidade de vagas sentadas, sendo vedada a permanência de passageiros em pé.

“Não podemos mais aceitar que os ônibus continuem circulando lotados da forma como está acontecendo. A população que transita pela cidade e precisa trabalhar e/ou estudar merece ser tratada com respeito e com segurança”, justificou o vereador.

O projeto ainda reforça a adoção das medidas sanitárias.