Thaisa Galvão

21 de março de 2021 às 21:11

Divulgado primeiro boletim médico de Renato Dantas depois da transferência para a UTI [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Divulgado boletim médico do blogueiro e ex-vereador de Natal, Renato Dantas.

O primeiro depois que ele foi transferido para a UTI.

Apesar de internado há 10 dias, intubado e com registro de parada cardíaca, ele não estava em UTI.

Eis o boletim enviado pela esposa Dayana Campos, depois de ter encaminhado para os demais familiares.

Boletim noite Renato
21.03.2021

Domingo a noite, 21 de março, e o quadro de saúde de Renato Dantas descrito pela médica plantonista Dra. Roberta é estável. A transferência para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) foi feita as 15h40min após estabilização da saturação e melhoria na condição do pulmão para troca gasosa com ventilação adequada. A transferência foi feita com segurança em menos de um minuto.

Renato está internado há 10 dias no hospital e hoje foi transferido para o leito 4 da UTI Covid da Policlínica após sedação e uma semana de intubação e coma induzido após parada cardíaca. A médica destacou que o leito tem barreiras de ventilação para evitar a recontaminação de pacientes (já que Renato está curado da Covid) e até outra infecção.

Ao chegar na UTI, a equipe médica optou pela troca imediata do tubo de ventilação usado em Renato para um outro com maior calibre e adaptação para maior potência e agora, Renato está com um equipamento mais confortável. Novos exames, conhecidos por T0, foram feitos para diagnóstico da condição clínica de Renato. São exames de sangue, urina e secreções para entender as evoluções e estabilizações na saúde de Renato. Os resultados devem sair ainda essa semana.

Novas condutas também serão adotadas no tratamento de Renato, com outras coberturas de antibióticos e CCH (controle de infecção) fazendo ajustes que sejam necessários de forma imediata. A médica lembrou ainda que o protocolo de internação é igual para pacientes de UTI e garantiu que todas as medidas foram tomadas para a progressão e restabelecimento da saúde de Renato, mas lembrou que as taxas sódio, potássio, magnésio e demais taxas podem ser alteradas em razão da infecção. Ainda sobre a curva, o prognóstico e as alterações de saúde, a médica explicou que os exames são indicativos, mas que a observação as reações clínicas do paciente são fundamentais para ter uma linha de raciocínio clínico com evolução do quadro de saúde. Pacientes com doença sistêmica (como é o caso da COVID-19) há possibilidade de comprometimento de órgãos como rins, pulmões e coração, por isso, a médica destaca que vai tratar o paciente “como um todo” observando as condições gerais para possibilitar a volta ao padrão de normalidade da saúde.

Em relação a avaliação de especialistas, Renato foi avaliado pelo nefrologista pela alteração na função renal (ureia e creatinina) mas o diagnóstico é que ainda está em um limite que não exige (nesse momento) a terapia substitutiva, ou seja, a diálise. Segundo a médica, os medicamentos introduzidos em Renato vão aumentar a diurese e a partir de hoje, Renato será avaliado diariamente pelo especialista. Sobre a alimentação de Renato, a dieta será reiniciada para o padrão UTI e introdução de novos itens.

Os dados clínicos informados pela médica também ressaltou que o paciente de UTI tem uma quadro clínico muito dinâmico e um grau de instabilidade alto, por isso, a conduta e a resposta são diferentes a cada momento. Amanhã, segunda, um novo boletim será atualizado com as novas condições de saúde.

EO boletim médico foi repassado pela Dra. Roberta, precisamente as 19:00 do dia 21.03.2021 e repassada em primeira mão aos demais familiares de Renato, através da sua esposa Dayana Campos.

21 de março de 2021 às 17:52

Justiça manda White Martins ampliar contrato de oxigênio com o Governo do RN e oferta extra de 25% será para abastecer municípios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O juiz Jorge Carlos Meira Silva acatou ação da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e determinou que a empresa White Martins ampliasse em 25% o contrato de fornecimento de oxigênio ao governo do Rio Grande do Norte.

A ação da PGE foi articulada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) depois de contato com vários prefeitos durante a semana.

O volume extra de oxigênio garantido ao Estado será encaminhado aos municípios que passam por dificuldade de abastecimento por causa do aumento da demanda de casos de Covid-19.

Os hospitais estaduais que atendem pacientes Covid encontram-se com abastecimento regular de oxigênio, seguindo o planejamento executado pela Sesap com a ampliação e melhoria na rede de gases.

Em reunião com Ministério da Saúde e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Governo assegurou também que o estado receberá 160 cilindros nos próximos dias, além de 85 concentradores de oxigênio e requisição de usinas.

21 de março de 2021 às 16:28

Morre Fernando Augusto, filho da jornalista Liege Barbalho [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Internado para tratar de leucemia, o advogado Fernando Augusto Barbalho Vieira pegou covid…e neste domingo não resistiu.

Aos 34 anos deixa a filha Maria Luíza, a esposa Rivana, e os pais, a jornalista Liege Barbalho e Wellington Vieira, mais o irmão Wellington Júnior.

À família, nossos sentimentos.

O anúncio foi feito pelo pai…

Fernando Augusto sérá sepultado nesta segunda-feira.

21 de março de 2021 às 16:24

Ex-bolsonarista, José Agripino Mais diz que o Brasil “é visto como um país irresponsável “ [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Um dia depois de vacinado, na faixa etária a partir de 75 anos, o ex-senador José Agripino Maia, que nas eleições de 2018 foi bolsonarista, teveu críticas ao negacionismo comandado pelo presidente da República.

“O Brasil é visto hoje como um país irresponsável”, afirmou Agripino, se referindo à falta de ações do governo federal em relação à pandemia.

“Os brasileiros vão demorar muito, depois da pandemia, a serem recebidos em outros países”, prevê o ex-senador, ressaltando que o país está produzindo novas depas da covid e espalhanro pelo mundo…

Agripino chamou atenção para a ação do presidente do Senado para conseguir vacinasnos Estados unidos…

21 de março de 2021 às 14:35

Ex-ministros da Fazenda, economistas e agentes do mercado exigem que governo federal amplie vacinação e incentive medidas de isolamento social [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da revista Fórum, neste domingo:

Por Ivan Longo
21 mar 2021 – 13:33


A narrativa de Jair Bolsonaro contra as medidas de isolamento social, que se sustenta sob o argumento de que, com restrição de circulação e serviços não essenciais fechados, o rombo econômico mataria mais que a Covid-19, foi destruída em uma carta pública, divulgada neste domingo (21), assinada por mais de 180 economistas, empresários e agentes do mercado.

Entre os signatários do documento, estão ex-ministros da Fazenda, como Marcilio Marques Moreira, Pedro Malan, Mailson da Nóbrega e Rubem Ricupero e ex-presidentes do Banco Central, como Afonso Celso Pastore, Arminio Fraga, Gustavo Loyola, Ilan Goldfajn e Pérsio Arida, entre outros.

Na carta, os economistas afirmam que a “saída definitiva da crise requer vacinação em massa da população”, mas ressaltam que o Brasil está em ritmo lento e, por isso, é preciso investir nas medidas de restrição de circulação e isolamento social.

“O quadro atual ainda poderá deteriorar-se muito se não houver esforços efetivos de coordenação nacional no apoio a governadores e prefeitos para limitação de mobilidade. Enquanto se busca encurtar os tempos e aumentar o número de doses de vacina disponíveis, é urgente o reforço de medidas de distanciamento social. Da mesma forma é essencial a introdução de incentivos e políticas públicas para uso de máscaras mais eficientes, em linha com os esforços observados na União Europeia e nos Estados Unidos”, diz um trecho do documento.

Segundo os empresários e economistas, “a controvérsia em torno dos impactos econômicos do distanciamento social reflete o falso dilema entre salvar vidas e garantir o sustento da população vulnerável”.

“A experiência mostrou que mesmo países que optaram inicialmente por evitar o lockdown terminaram por adotá-lo, em formas variadas, diante do agravamento da pandemia – é o caso do Reino Unido, por exemplo. Estudos mostraram que diante da aceleração de novos casos, a população responde ficando mais avessa ao risco sanitário, aumentando o isolamento voluntário e levando à queda no consumo das famílias mesmo antes ou sem que medidas restritivas formais sejam adotadas. A recuperação econômica, por sua vez, é lenta e depende da retomada de confiança e maior previsibilidade da situação de saúde no país. Logo, não é razoável esperar a recuperação da atividade econômica em uma epidemia descontrolada”, sentenciam.

Os signatários também defende programas sociais e incentivos à pequenas empresas e elencam 4 “medidas indispensáveis de combate à pandemia”: acelerar o ritmo da vacinação; incentivar o uso de máscaras; implementar medidas de distanciamento social e criar mecanismos de coordenação do combate à pandemia em âmbito nacional.

O texto ainda contém críticas indiretas a Jair Bolsonaro. “Apesar do negacionismo de alguns poucos, praticamente todos os líderes da comunidade internacional tomaram a frente no combate ao Covid-19 desde março de 2020, quando a OMS declarou o caráter pandêmico da crise sanitária. Informando, notando a gravidade de uma crise sem precedentes em 100 anos, guiando a ação dos indivíduos e influenciado o comportamento social”, diz um trecho.

21 de março de 2021 às 13:21

Boletim do domingo diz que Renato Dantas continua em estado grave e que finalmente será transferido para UTI [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Permanece grave o estado de saúde do blogueiro e ex-vereador de Natal, Renato Dantas.

Que, finalmente, depois de um quadro crítico, mas sempre na chamada ‘sala vermelha’, será transferido para um leito de UTI.

Eis o boletim do meio-dia deste domingo, enviado por Dayana Campos, esposa de Renato, depois de encaminhar aos demais familiares.

Boletim Renato Dantas
21.03.2021

O quadro de saúde de Renato Dantas neste domingo (21) continua grave, com parâmetros de ventilação mecânica aumentados e piora laboratorial com aumento dos leucócitos. O boletim médico de hoje foi comunicado pela médica plantonista Dra. Ana Júlia que comunicou que na manhã de hoje, Renato teve um episódio de queda de saturação e foi atendido pela equipe de saúde da Sala Vermelha com reforço da equipe da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e garantiu a transferência do paciente para um leito de UTI da Policlínica ainda hoje.

Sobre o derrame pleural, a médica informou que foi controlado sem necessidade de procedimento invasivo, mas o pulmão continua rígido e os fisioterapeutas continuam atuando para expandir a respiração e tentar a normalidade. Em razão da queda da saturação de oxigênio, a equipe trocou o ventilador e tracionou o tubo usado pelo paciente e a expectativa agora é de melhoria da oxigenação. Todos os ajustes nos parâmetros na condição de bom funcionamento do coração também foram feitos. A função renal sofreu uma pequena alteração, mas ainda é considerada boa para o quadro clínico. O exame de PCR de Renato indicou queda nos parâmetros que passaram de 169 para 89, hoje.

Para acompanhar a evolução da aplicação dos novos remédios, a médica solicitou exames como a gasometria, raio-x do pulmão, ecocardiograma, o D´dímero e os de sangue para verificar condições clínicas de saúde de Renato. Sobre os novos medicamentos, a equipe médica ampliou a dosagem e quantidade de remédios para mais dois antibióticos, além das medicações de conforto/ dor; medicação para sedação; para manter pressão sanguínea; inalação para ampliar as questões brônquiodilatadoras; lubrificação ocular e hidratação corporal, limpeza e enxague bucal.

O boletim médico foi repassado pela Dra. Ana Júlia, precisamente as 12:00 do dia 21/03/2021 e encaminhado em primeira mão aos demais familiares de Renato pela esposa Dayana Campos.

21 de março de 2021 às 10:26

Em pronunciamento neste sábado, prefeito Allyson fala do cenário crítico da pandemia em Mossoró, pede união e adianta que vacinação seguirá nos finais de semana [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Mossoró, Allyson Bezerra, fez um pronunciamento na noite deste sábado, ao vivo nas redes sociais, para falar sobre o crítico cenário da pandemia no município.

Allyson informou que todos os 70 leitos de UTI e os 54 leitos de enfermaria de Mossoró, estão ocupados com pacientes de covid e ainda tem fila de espera.

“Quero pedir a cada família de Mossoró que vamos nos cuidar, vamos proteger e cuidar das nossas famílias, independente de onde você vive, more ou da sua condição financeira, porque este vírus não escolhe rico ou pobre”, disse o prefeito, pedindo união de todos na tentativa de minimizar os efeitos da pandemia, dininuindo os índices de transmissibilidade do coronavírus.

O prefeito falou sobre ampliação de leitos…

“Não que os leitos vão resolver os problemas dessa pandemia, porque sabemos que cada leito aberto é também um leito ocupado, mas vamos buscar ampliar mais leitos clínicos e de UTI. Vamos buscar os hospitais da rede privada para que eles ampliem os leitos”…

“Infelizmente, nesse momento, passamos pela dificuldade da falta de equipamentos”.

Allyson Bezerra anunciou que a Prefeitura já conseguiu imunizar mais de 20 mil pessoas entre idosos e profissionais de saúde, e adisntou que a vacinação em Mossoró também vai acontecer nos finais de semana.

“No próximo final de semana, à medida que cheguem mais vacinas, vamos ampliar a vacinação para todos os dias da semana, porque acreditamos que a vacina é a principal arma que nós temos para vencer esta doença”.

“Acreditem na vacina, vacinem-se”, disse o prefeito, reforçando que assim que as vacinas chegam a Mossoró, são aplicadas.

“Nós já destinamos todo o lote para as UBS’s e ainda na sexta-feira, quando chegaram as vacinas, pudemos ver a felicidade dos servidores e da população. Neste domingo, deverão chegar mais doses ao estado e, na segunda-feira, devem chegar novamente mais doses em Mossoró”.

Confira a íntegra do pronunciamento do prefeito de Mossoró:

21 de março de 2021 às 9:08

Presidente Bolsonaro ‘dobra a meta’ em número de filhos investigados [1] Comentários | Deixe seu comentário.

No Brasil do mais do mesmo, os filhos dos presidentes seguem dando trabalho.

Não aos pais, que nunca se movimentaram para impedir, mas ao Brasil.

Filha do então predidente José Sarney, a ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney foi denunciada por suposto esquema fraudulento de isenções fiscais concedidas a empresas…

Paulo Henrique Cardoso, filho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, foi investigado por compra de termelétrica e por sociedade considerada ilegal com grupo da Disney…

Os Lulinhas – Luís Cláudio da Silva e Fábio Luís da Silva – foram investigados pela associação de milhões em dinheiro público com as empresas compradas por eles como a LFT Marketing Esportivo e a Gamecorp.

Nada foi encontrado contra Paula, a filha da ex-presidente Dilma Rousseff.

Maristela Temer, filha do ex-presidente Michel Temer, foi investigada pela reforma de sua casa supostamente paga com propina da JBS ao pai Michel.

Sarney, FHC e Temer tiveram UM filho investigado.

Lula dobrou a meta, com DOIS filhos investigados.

Agora Bolsonaro dobrou a meta de Lula, com QUATRO filhos investigados.

E se vale acrescentar, tem o caso ainda dos cheques recebidos por Michelle, mulher do presidente.

Mas no noticiário deste domingo, os investigados são os filhos da bola da vez: Jair Bolsonaro.

Além do zero 4, o caçula Jair Renan, os outros 3 filhos do presidente Jair Bolsonaro estão sendo investigados.

O assunto toma conta dos jornais deste domingo.

O GLOBO

FOLHA DE S. PAULO

21 de março de 2021 às 8:34

Rogério Marinho caiu na lábia do zero 4 ou quis agradar o presidente? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro Rogério Marinho quis agradar o presidente Bolsonaro ou caiu mesmo na láboa do zero 4?

Do Globo deste domingo:

Da Folha:

21 de março de 2021 às 0:50

Funcionária pública natalense já está imunizada com dose única da vacina Janssen [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Deve chegar ao Brasil somente no segundo semestre, o primeiro lote da vacina da Janssen (braço farmacêutico da Johnson & Johnson), único imunizante que requer apenas uma dose.

Mas em Natal já tem pessoas imunizadas com a dose única.

São as pessoas que participaram dos testes para desenvolvimento da vacina.

A funcionária pública Ana Jacira Duarte é uma delas.

Ela foi vacinada no dia 30 de novembro passaro e essa semana o laboratório quebrou “o duplo cego”, quando se pode dizer quem está imunizado e quem tomou o placebo.

“Estou muito feliz”, disse Ana Jacira, que recebeu a comprovação de sua imunização.

21 de março de 2021 às 0:10

Com irmã intubada no hospital, comunicador critica protesto direitista em Natal [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Do comunicador de trânsito Kennedy Diniz, ao se deparar com um protesto direitista contra as medidas decretadas no Rio Grande do Norte para proteger a população dos efeitos desastrosos da pandemia…

Kennedy está com a irmã internada com covid e intubada…