Thaisa Galvão

21 de abril de 2021 às 2:01

A pauta da CPI da Covid [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os ex-ministros da Saúde – principalmente Eduardo Pazuello – o ex-chanceler Ernesto Araújo – nem aí para a compra de vacinas – o biólogo Atila Iamarino – defensor da Ciência e contra tratamento precoce…são nomes já tidos como certos para serem ouvidos na CPI da Covid que será aberta na próxima terça-feira (27).

Outras ilustrações já elencadas para serem apresentadas e debatidas:

O vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro desdenha da vacina CoronaVac e diz bem claramente que não vai comprá-la porque além de produzida no instituto Butantan, do Governo de São Paulo (Doria), tem origem chinesa…

 O vídeo em que o presidente Jair Bolsonaro determina a anulação de um acordo de compra de vacinas do Butantan.

O vídeo em que o ministro da Saúde, ao lado do presidente Jair Bolsonaro, diz que obedece e que o presidente manda, passando a responsabilidade de ministro da Saúde para o presidente.

As declarações gravadas do presidente Jair Bolsonaro dizendo que a Pfizer ofereceu vacina ao Governo mas ele rejeitou.

A informação da Pfizer que ofereceu 70 milhões de doses de vacinas ao Brasil, mas teve a oferta rejeitada.

A propaganda cara e paga com dinheiro público da cloroquina.

A produção de cloroquina pelo Exército Brasileiro.

A disseminação da eficácia (não comprovada) do kit covid.

O drama de Manaus, que solicitou oxigênio ao Ministério da Saúde mas recebeu cloroquina.

As imagens de pacientes de Manaus sendo transportados para outros estados porque o Ministério da Saúde não atendeu o envio de oxigênio.

A negação de ministros à vacina, publicada em redes sociais.

Tipo…

Só para começar.

Há quem ache essa lista aí bem normal.

Por isso a CPI para levantar que normalidade é essa que já contabiliza quase 400 mil mortes no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.