Thaisa Galvão

7 de junho de 2021 às 22:47

Não é bem assim… população economicamente ativa e aparentemente saudável vai continuar sem vacina em Natal. Prefeitura atribui à ação judicial dos MPs e Defensoria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

As pessoas economicamente ativas no Rio Grande do Norte – exceto de Mossoró – que não tem comorbidades e tem entre 59 e 18 anos, vão continuar sem se vacinar….

Economicamente ativas que saem de casa para trabalhar, e para botar a economia para andar, dependem do caótico e lotado transporte público de Natal…

Na nota emitida pelos Ministérios Públicos Federal, Estadual e do Trabalho, e pela Defensoria do Estado, um trecho deixou as pessoas animadas diante da possibilidade da Prefeitura avançar na vacinação seguindo a diminuição de faixas de idade como o Ministério da Saúde já liberou, e como vários estados brasileiros já vem seguindo.

Eis o trecho “vulnerável”:

“Considerando que há grupos vulneráveis que sequer foram iniciados e que se ofertou apenas um dia de vacinação aos trabalhadores de educação, mostra-se prematuro deduzir que o Município de Natal não apresenta demanda ou teve demanda diminuída para vacinação dos referidos grupos, de modo a avançar, desde logo, na vacinação por faixa etária da população em geral”.

Como vulnerável à covid é todo e qualquer ser humano, e como essa parcela sem comorbidade entre 59 e 18 anos ainda não se vacinou, a impressão que passou foi que agora sim, a Secretaria de Saúde poderia ampliar a vacinação por idades, como no Rio Grande do Norte já faz Mossoró.

Mas não é bem assim…

A nota quis dizer que a Prefeitura ainda não vacinou vulneráveis como, por exemplo, profissionais do sistema prisional, presos…

Então segue o baile.

Quem tá economicamente ativo e aparentemente saudável…que espere sentado, deitado…

Acompanhe aí e veja quais categorias já foram imunizadas, e imagine quanto tempo falta para você se vacinar

7 de junho de 2021 às 21:55

Prefeitura de Natal começa a vacinar mulheres sem comorbidades que estão grávidas e que tiveram bebê recentemente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Natal começa nesta terça-feira, 8, a vacinar mulheres grávidas e que tiveram bebês recentemente, a partir de 18 anos e sem comorbidades.

A vacinação acontecerá nos 6 drives da capital: Nélio Dias, Palácio dos Esportes, Via Direta, UnP Roberto Freire, OAB e SESI, e também nas 35 salas de vacinação.

Essas mulheres deverão apresentar declaração médica autorizando a vacina.

Também são necessários comprovante de residência de Natal, cartão de vacina e documento com foto.

7 de junho de 2021 às 21:38

Ministérios Públicos e Defensoria explicam que ação judicial não impede vacinação de faixa ampliada de idade em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os Ministérios Públicos Estadual, Federal e do Trabalho, e a Defensoria do Estado do Rio Grande do Norte, emitiram nota para explicar o que foi divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde justificando porque não ampliava a vacinação com base em faixas etárias.

A nota explica que não há interferência de ação cível nesse sentido.

Eis a nota:

NOTA EXPLICATIVA

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), o Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN), o Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT/RN) e a Defensoria Pública Estadual vem a público explicar que, em 31 de março de 2021, foi proposta Ação Civil Pública, requerendo, dentre outros pedidos, que o Estado do Rio Grande do Norte e o Município de Natal se abstivessem de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de Imunização sem prévia autorização do Ministério da Saúde. Requereu-se, ainda, em relação ao Município de Natal, a realização de adequações em relação à vacinação dos profissionais/trabalhadores de saúde, em virtude do recebimento de dezenas de denúncias de fura-fila. A tutela de urgência foi deferida em 1º de abril de 2021 e vem sendo cumprida, até o momento, pelo Estado do Rio Grande do Norte e pelo Município de Natal.

No tocante à ampliação dos grupos prioritários para vacinação e início da vacinação por grupos etários, o Ministério da Saúde, por meio da Nota Técnica nº 717/2021, de 28 de maio de 2021 e dos 20º e 21º Informes Técnicos, publicados nos dias 1 e 6 de junho de 2021, preconizou que:

“O PNI esclarece que na última reunião da Comissão Intergestores Triparte de 27/05/2021 ficou acordada a reorganização da vacinação da Campanha nacional de vacinação contra a Covid-19, estando definido (Nota Técnica n°717/2021 – CGPNI/DEIDT/SVS/MS):

1- Continuidade da vacinação até o grupo 17 ” Funcionários do Sistema de Privação de Liberdade e População Privada de Liberdade”, seguindo os grupos prioritárias definidos no PNO – 7ª Edição. Simultaneamente, acontecerá a vacinação dos trabalhadores da educação dos ensinos básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes, EJA) e superior (grupos 18 e 19).

2- Início da vacinação por faixa etária, após a conclusão dos grupos (14 a 19): pessoas com comorbidades e gestantes e puérperas com comorbidades e pessoas com deficiência permanente, pessoas em situação de rua, funcionários do Sistema de Privação de Liberdade e população privada de liberdade; e trabalhadores da educação e trabalhadores da educação dos ensinos básico e superior;

3- A vacinação por faixa etária será decrescente, iniciando em 59 anos até os 18 anos, que ocorrerá concomitantemente os demais trabalhadores dos serviços essenciais (grupos 20 a 28), descritos no PNO 7ª edição.”

Em decorrência da referida orientação, a Comissão Intergestores Bipartite/RN (Estado e Municípios), em reunião realizada em 31 de maio de 2021, deliberou, por meio da Resolução CIB nº 1698/2021, que os Municípios deverão concluir os grupos prioritários do PNO já iniciados até o momento e em paralelo iniciar a vacinação do grupo prioritário dos trabalhadores da educação, bem como que poderão iniciar a vacinação decrescente por faixa etária das pessoas pertencentes aos demais grupos prioritários em paralelo aos grupos inseridos até agora no PNO.

O Município de Natal, no momento, está vacinando, conforme estabelecido no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19, o 14º grupo prioritário (pessoas com comorbidades a partir de 18 anos, pessoas com deficiência permanente com BPC e gestantes e puérperas com comorbidades) e 15º grupo prioritário (pessoas com deficiência permanente acima de 18 anos sem BPC). Paralelamente e seguindo orientação do Ministério da Saúde e da CIB/RN, deu-se início, na data de hoje, à vacinação do 18º grupo prioritário (trabalhadores da educação do ensino básico), restando pendentes de início os grupos das pessoas em situação de rua (16º) e dos funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade (17º).

Considerando que há grupos vulneráveis que sequer foram iniciados e que se ofertou apenas um dia de vacinação aos trabalhadores de educação, mostra-se prematuro deduzir que o Município de Natal não apresenta demanda ou teve demanda diminuída para vacinação dos referidos grupos, de modo a avançar, desde logo, na vacinação por faixa etária da população em geral.

O MPRN, o MPF/RN, o MPT/RN e a Defensoria Pública Estadual esclarecem, ainda, que, desde o início da campanha de vacinação contra Covid-19, tem sido priorizadas as tratativas extrajudiciais e o constante diálogo com a Secretaria Estadual e Municipal de Saúde por meio da realização de reuniões semanais, porém, por duas vezes, foi necessário acionar o Poder Judiciário para resguardar a regularidade e continuidade da campanha de vacinação: uma delas para assegurar a observância dos grupos prioritários definidos no PNO com o objetivo de promover a redução da morbimortalidade, bem como a manutenção do funcionamento da força de trabalho dos serviços de saúde e a manutenção do funcionamento dos serviços essenciais e outra para assegurar a segunda dose da vacina Coronavac de milhares de pessoas que tiveram os seus esquemas vacinais interrompidos pela ausência do imunizante.

As instituições primam pela observância dos critérios técnico-científicos estabelecidos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, como forma de preservar o acesso universal e igualitário da política pública de saúde.

7 de junho de 2021 às 18:16

Secretaria de Saúde da Prefeitura de Natal diz que não amplia vacinação por faixa de idade por causa de ação do Ministério Público e Defensoria do Estado [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Natal emitiu nota explicando porque não está ampliando a vacinação por faixa de idade.

Segundo a nota, as pessoas entre 59 e 18 anos que não tem comorbidades não tem vacina em Natal por causa de ações do Ministério Público e da Defensoria Pública Estadual.

A Secretaria credita à Ação Civil Pública número 0801414-44.2021.8.20.5300,  de 1º de abril de 2021, movida pelo Ministério Público e pela Defensoria Pública do RN, que manda o município de Natal se abster de incluir ou modificar a ordem dos grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de Imunização sem prévia autorização do Ministério da Saúde.

O que não dá para entender muito bem é que o Ministério da Saúde publicou em suas redes sociais, a autorização para ampliação da vacinação.

E muitos estados brasileiros seguiram ampliando a faixa de idade.

Em São Luís, capital do Maranhão, nesse final de semana foram vacinadas pessoas sem comorbidades a partir de 38 anos.

Segundo a Secretaria de Saúde de Natal, a nota técnica do Ministério da Saúde, publicada no dia 28 de maio, orienta que “deve-se manter a vacinação dos grupos prioritários, conforme previsto no PNO, e Estados e Municípios que não apresentam demanda ou tenham demanda diminuída para vacinação dos grupos com maior vulnerabilidade e trabalhadores de educação, poderão pactuar em Comissão Intergestores Bipartite a adoção imediata da estratégia de vacinação segundo a faixa etária em ordem decrescente de idade, garantindo o percentual para continuidade da vacinação dos demais grupos prioritários”.

Na reunião da bipartite (composta por Secretaria Estadual e secretarias municipais de saúde) realizada na semana passada, a decisão foi por não iniciar a vacinação desse grupo paralelamente aos trabalhadores da Educação, portos, aeroportos, forças de segurança e demais grupos atualmente atendidos.

O engraçado, mais uma vez, é que os outros estados ampliaram a faixa de idade.

O que também é engraçado é que em Natal, estudantes da área de Saúde voltaram a se vacinar.

O que também é engraçado é que a Prefeitura de Mossoró vacinou, no domingo, pessoas sem comorbidades a partir de 55 anos.

Mas…

A Secretaria de Saúde de Natal diz em nota que aguarda uma revisão da decisão judicial, e para tanto, solicitou uma reunião com o Ministério Público para solicitar outra reunião da Comissão de Intergestores Bipartite (SMS e Sesap), para pactuar a pauta do avanço da vacinação por faixa etária decrescente conforme possibilita o Plano Nacional, uma vez que a procura nos pontos de vacinação está abaixo do esperado, ao mesmo tempo que aguarda a chegada de mais doses dos imunizantes para atender a esse público.

Segundo a Secretaria de Saúde, a decisão judicial prevê multa de R$ 50 mil por dia em caso de descumprimento.

Tipo…

Se a Prefeitura de Natal decidir fazer o que a Prefeitura de Mossoró, de São Luís do Maranhão, do Rio de Janeiro…estão fazendo, será multada.

Vale lembrar que as pessoas sem comorbidade entre 59 e 18 anos estão incluídas na população economicamente ativa.

E não é a economia que tem que andar?

Com os trabalhadores vacinados não seria menos arriscado?

O que é engraçado…é que só no Rio Grande do Norte está muito engraçado….

Porque vereadores e deputados aprovaram leis incluindo categorias, o Ministério Público e Defensoria acionaram o município, e quem está pagando o pato é quem já tem direito à vacina, como acontece em outros estados.

7 de junho de 2021 às 14:58

RN receberá mais de 43 mil doses de vacinas da Pfizer nesta terça-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Mais vacinas da Pfizer estarão chegando ao Rio Grande do Norte nesta terça-feira.

A informação foi repassada pela governadora Fátima Bezerra depois de ter recebido do Ministério da Saúde.

7 de junho de 2021 às 14:55

Governadora Fátima canta parabéns para o vice Antenor, aniversariante desta segunda-feira [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra usou as redes sociais para ‘cantar’ parabéns para o seu vice, Antenor Roberto, aniversariante desta segunda-feira.

“Você é o vice-governador que o Rio Grande do Norte precisava e merecia”, disse Fátima, desejando vida longa “aos que lutam”.

“E nós temos muitos dias de luta em defesa por dias melhores para o povo Rio Grande do Norte”, concluiu a governadora.

7 de junho de 2021 às 13:43

Resultado de biópsia aponta que mulher natalense de 42 anos que teve covid foi afetada por fungo da Índia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Secretaria de Saúde do Estado confirmou nesta segunda-feira, 7, o primeiro caso de infecção por mucormicose, fungo de origem indiana, em uma paciente de 42 anos que teve covid.

A paciente, que está se tratando em casa, recebeu o resultado positivo para a presença do fungo depois de se submeter a uma biópsia.

A doença tem o potencial de atacar os pulmões e mutilar a face.

7 de junho de 2021 às 13:21

Acordo do grupo que reúne as maiores economias do mundo reforça projeto da Cide-Digital apresentado na Câmara pelo deputado João Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Projeto de Lei do deputado João Maia, apresentado em maio de 2020, que institui a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico incidente sobre a receita bruta de serviços digitais prestados por grandes empresas de tecnologia (Cide-Digital), ganha mais força.

É o que revela o jornal Folha de S. Paulo, ao mostrar que líderes do G7 – o grupo que reúne as maiores economias do mundo, anunciaram acordo histórico para tributar gigantes multinacionais.

A decisão mundial deverá levar o Brasil a fazer o mesmo.

O G7 fez o anúncio no sábado, 5) e a Folha repercutiu como “acordo histórico” sobre tributação de empresas com foco nos gigantes da tecnologia, como Apple, Google e Facebook, como prevê o projeto do deputado João Maia.

“O comunicado foi feito após dois dias de reunião, em Londres, com ministros das Finanças dos Estados Unidos, da Alemanha, do Japão, do Reino Unido, da França, da Itália e do Canadá. Todos se comprometeram a impedir que as empresas transfiram seus lucros para países de tributação mais baixa e passem a pagar mais impostos onde elas operam”, publicou a Folha.

Pela proposta do deputado potiguar, o produto da arrecadação será integralmente destinado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). Instituído pela Lei 11.540/07, o FNDTC é destinado ao financiamento da inovação e do desenvolvimento científico e tecnológico no País.

“Vale ressaltar que o projeto não tributa o contribuinte brasileiro e sim as grandes empresas de tecnologia internacionais, que cobram de nós brasileiros e não pagam impostos no Brasil” explicou João Maia.

7 de junho de 2021 às 13:13

Escritório fundado em Recife com atuação em Natal é o terceiro mais admirado do Nordeste segundo ranking da advocacia regional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Entre os escritórios de advocacia que foram avaliados no ranking da Análise Editorial Advocacia Regional, o ‘Albuquerque Pinto Advogados’ foi apontado na publicação como o terceiro mais admirado do Nordeste.

“Gostaríamos de agradecer a todos os nossos colaboradores que têm realizado suas funções de forma exímia, adaptando-se a esse modelo delicado em que vivemos sem perder a excelência e profissionalismo habituais de nossos clientes e parceiros por toda confiança que nos foi depositada”, disse o advogado Diego Henrique Lima Dantas Lira.

O escritório fundado em Recife em 1988 pelos advogados Maurício de Albuquerque e Antônio Mário Pinto, também tem sedes em Natal, Fortaleza e Salvador, e atua nas áreas consultiva e contenciosa para empresas instaladas em todo o Nordeste.

7 de junho de 2021 às 12:57

Minuto da Câmara – Prestando contas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Natal poderá ter o dia contra o assédio moral. Esse foi um dos assuntos discutidos na Câmara Municipal de Natal. Mais detalhes no Minuto da Câmara.

7 de junho de 2021 às 12:46

Partido do prefeito de Mossoró passa a ser presidido por um ex-vice-prefeito de Várzea [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Solidariedade tem novo presidente no Rio Grande do Norte: o ex-vice-prefeito de Várzea, Janiel Hercílio.

Não dá para entender muito bem porque o comando do partido não é do filiado Allyson Bezerra, prefeito da segunda maior cidade do Estado, que detém o segundo maior colégio eleitoral.

Fazendo um comparativo de colégio eleitoral entre o ex-vice de Várzea com o prefeito de Mossoró, a impressão que dá é que Allyson está de malas prontas para outra legenda.

O Solidariedade primeiro foi presidido no Estado pelo deputado Kelps Lima, depois pelo atual vereador de Mossoró, Lawrence Amorim, e agora pelo ex-vice-prefeito de Várzea, Janiel Hercílio.

O partido tem dois prefeitos: Allyson em Mossoró e Fernando Bezerra em Acari.

7 de junho de 2021 às 11:52

Seleção brasileira decide participar da Copa América que acontecerá no Brasil ao contrário do que anunciou Datena [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os jogadores da Seleção Brasileira decidiram.

Vão participar da Copa América e a seleção verde e amarela estreia contra a Venezuela, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

A fonte governista de Datena não era das melhores.

O apresentador fez uma entrada extra neste domingo na rádio Bandeirantes, para dizer que a Copa América não deveria mais acontecer no Brasil.

Ou a fonte dele dentro do governo é ruim, ou se fez de tudo para salvar o governo.

Já basta a derrota do presidente Bolsonaro com a derrubada do presidente taradão e doente sexual da CBF.

Tirar do Brasil a sede da Copa seria a derrota número 2, só em se falando de futebol.

Falta agora o episódio Tite.

Bolsonaro quer derrubar o técnico da Seleção Brasileira.

O estatuto da Fifa prevê que interferência política poderá deixar qualquer que seja o país fora de competições por dois anos, e nesse caso o Brasil ficaria fora da Copa do Mundo.

Sem Bolsonaro o brasileiro até vive, mas sem futebol…

7 de junho de 2021 às 10:57

Quem assinou os tuítes do governo federal que acusam revista britânica de fazer apologia a crime contra Bolsonaro? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Não é só o deputado Eduardo Bolsonaro, o filho que o presidente Bolsonaro queria emplacar como embaixador do Brasil nos Estados Unidos, que no inglês não vai alé do ‘google tradutor’.

Pois a Secom – a Secretaria de Comunicação do governo federal, respondeu a uma reportagem da revista inglesa The Economist com 23 tuítes numerados, e foi exatamente no de número 13 (trauma de Lula e do PT) que ficou latente que, ou a Secretaria é incapaz de traduzir um texto além do que oferece o ‘google tradutor’, ou alguém usou a conta da Secretaria para vomitar o ódio contra uma das mais conceituadas publicações do mundo.

A revista britânica trouxe nesta semana uma edição especial sobre o Brasil com uma série de críticas ao governo Jair Bolsonaro.

E um dos trechos, o que foi traduzido no tuíte 13, diz que a solução urgente seria ‘votar’ pela saída de Bolsonaro.

Quando o Planalto traduz que a solução seria “Eliminar” o presidente, instiga os seguidores robotizados das redes sociais a destilar ódio contra a revista, afirmando que a mesma faz apologia ao assassinato do presidente brasileiro.

O especial tem o título: ‘A década sombria do Brasil’ e descreve Jair Bolsonaro como um homem que quer “destruir as instituições, não reformá-las”, “esmagou todas as tentativas” de uma exploração sustentável da Amazônia e revelou serem “falsos” todos os votos favoráveis à renovação política.

Imprensa repercutiu o especial da revista britânica sem errar na tradução

Foi a parte que aponta a derrota de Bolsonaro em 2022 que enlouqueceu o autor dos tuítes.

A jornalista política Vera Magalhães atribuiu, em seu Twitter, as tuitadas indignadas ao vereador Carlos Bolsonaro.

Os jornais desta segunda-feira repercutiram a ira da comunicação do presidente.

Para entender melhor a reportagem que irritou o Palácio do Planalto VOCÊ CLICA AQUI

7 de junho de 2021 às 7:43

Mesmo na bancada do governo, João Maia atuou na derrubada veto do presidente ao projeto que permite repassar recursos para municípios inadimplentes [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar do seu partido, o PL, fazer parte da bancada governista na Câmara, em Brasília, o deputado federal João Maia trabalhou para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao projeto de mudança na LDO 2021.

O veto de Bolsonaro foi derrubado.
O presidente vetou o projeto aprovado pelos parlamentares, que perme transferências federais a municípios com até 50 mil habitantes mesmo que a prefeitura esteja inadimplente perante cadastros ou sistemas de informações financeiras, contábeis e fiscais.

“Uma decisão muito acertada para oxigenar a economia dos pequenos municípios potiguares e de todo país”, disse João Maia.

7 de junho de 2021 às 1:49

Toda reformada, Praça das Flores será inaugurada nesta segunda-feira em Natal [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Prefeitura de Natal vai entregar nesta segunda, 7, a nova Praça das Flores.

O nome é Aristófanes Fernandes, mas pouca gente sabe.

Os boxes foram modernizados e reestruturados seguindo as normas de acessibilidade.

A praça tem espaço para lazer, convivência, exposições culturais, feirinhas gastronômicas e artesanais.

“O prefeito Álvaro Dias viu a importância que essa praça tem para os potiguares. A Praça das Flores é um equipamento tradicional, palco de grandes momentos históricos da nossa cidade e que mereceu essa revitalização. A cidade ganha um novo equipamento e o cidadão tem mais um espaço para socializar”, destacou o titular da Semsur, responsável pela obra, Irapoã Nóbrega.

O nome oficial da praça é mais uma homenagem a Aristófanes Fernandes, que foi deputado federal durante dois anos (1963 a 1965) quando se licenciou para tratamento de saúde.

O ex-deputado é um dos políticos mais homenageados

Além da praça, tem uma escola em Santana do Matos, uma escola em Natal, uma rua em Parnamirim e o gigante parque de exposições de Parnamirim.