Thaisa Galvão

7 de junho de 2021 às 13:43

Resultado de biópsia aponta que mulher natalense de 42 anos que teve covid foi afetada por fungo da Índia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Secretaria de Saúde do Estado confirmou nesta segunda-feira, 7, o primeiro caso de infecção por mucormicose, fungo de origem indiana, em uma paciente de 42 anos que teve covid.

A paciente, que está se tratando em casa, recebeu o resultado positivo para a presença do fungo depois de se submeter a uma biópsia.

A doença tem o potencial de atacar os pulmões e mutilar a face.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.