#JornalismoSemFakeNews

12 de junho de 2021 às 22:51

Vacinação na faixa de 55 anos e mais em Natal não lotou drives e pontos de pedestres mas Secretaria de Saúde não prevê baixar idade neste domingo

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Apesar de pontos como o drive da UnP da avenida Roberto Freire formarem fila durante todo o sábado para vacinação, o ponto de pedestres no mesmo lugar, estava bem tranquilo e andava mais rápido do que a vacinação dentro dos carros.

No drive da OAB teve momento, no começo da tarde, de ter apenas um carro.

Na UBS de Candelária, também no começo de tarde, não tinha ninguém para se vacinar.

O movimento no drive do Palácio dos Esportes também estava bem tranquilo.

A varredura nos locais de vacinação foi feita por um casal de 53 anos, na expectativa de que, sem o público esperado no sábado, o domingo já chegasse com a notícia de que, finalmente, eles pudessem se vacinar.

Porém, a fila não vai andar pelo menos até a segunda-feira.

O que é complicado é que, com os drives e pontos de pedestres funcionando, e sem procura, os técnicos da Secretaria de Saúde ficam ociosos, e essa tranquilidade não sai barata para o Município.

O interessante seria acelerar.

O que acalma quem está na expectativa da vacina, não tem comorbidades, não pertente a categorias prioritárias nem arranjou um atestado fake para furar a fila, é que a comissão bipartite, que reúne as Secretarias de Saúde do Estado e do Município, decidiu que cada remessa de vacina que chegar em Natal será dividida meio a meio: 50% para comorbidades e prioridades e 50% para ampliação por idade.

Todo mundo de olha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.