#JornalismoSemFakeNews

19 de julho de 2021 às 11:35

Pesquisa com Henrique em segundo lugar é estratégia para convencer o MDB nacional

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ex-deputado Henrique Alves trabalha dia e noite para construir o projeto que lhe interessa em 2022, que é voltar à vida pública, ganhar um mandato e voltar a Brasília.

Não aguente mais ficar dentro de casa.

Passou quase um ano preso, mais de um ano trancado refém da pandemia, e agora quer ser o que sempre foi durante quase 50 anos.

Resta saber a qual partido vai ter que se filiar para ser candidato a deputado.

Ele tem dito que será candidato pelo MDB.

Só pelo MDB.

Presidente e vice do partido, o deputado Walter Alves e o ex-senador Garibaldi Filho, já disseram que Henrique não terá espaço na legenda, que trabalha para reeleger Walter.

Difícil um partido eleger dois deputados, e Walter, como presidente do MDB, com tempo grande de televisão e conta polpuda no fundo eleitoral, não vai entregar tudo de mão beijada a Henrique, que sempre tentou tirar o filho de Garibaldi da sua frente.

Resta saber o que Henrique vai fazer para ser candidato pelo MDB, que hoje tem uma executiva nacional sem os antigos nomes que foram apontados como ‘quadrilha’ nas investigações da lava jato.

Restou o ex-presidente Michel Temer como presidente de “honra”…mesmo tendo sido preso duas vezes.

Mas, Temer ainda é a esperança de Henrique.

Lembrando que Walter faz parte da executiva nacional, e é pra lá de afinado com o presidente nacional, deputado Baleia Rossi.

Ah…

Na pesquisa espalhada neste domingo, Henrique é o segundo colocado, perdendo só para a petista Natália Bonavides.

Em terceiro está o deputado João Maia.

E à frente de Walter, aparecem Girão e Beto Rosado.

A quem interessa uma pesquisa com esse cenário?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.