#JornalismoSemFakeNews

21 de julho de 2021 às 2:16

Não adianta Bolsonaro vetar fundão se permitir qualquer reajuste em relação aos 2 bilhões já aprovados no orçamento anterior

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

Falando sério.

Só vai dar para acreditar em boa ação do presidente Bolsonaro em se falando do fundão bilionário, se ele vetar, como prometeu, mas não permitir reajuste nenhum em relação ao valor que foi aprovado no orçamento passado.

Lembrando que o fundo aprovados no orçamento passado já é um fundão bilionário.

São 2 bilhões dos cofres públicos para financiar campanhas eleitorais.

Então o veto só vai valer, moralmente falando, se Bolsonaro vetar qualquer reajuste, mesmo que seja de 5 centavos.

Porque se o presidente vetar o fundão de quase 6 bilhões, mas acatar que o valor fique em torno de 4 bilhões, o reajuste já estará sendo de 100%.

O reajuste do salário mínimo do trabalhador, aprovado no mesmo orçamento onde foi enfiado o fundão eleitoral, foi irrisório.

É que…pobre é pobre né?

O papel do pobre é votar e o da maioria dos politicos…gastar.

Ou 5,7 bilhões ou 4 bilhões ou 3 bilhões….tudo vergonha do mesmo saco.

Até os 2 bilhões do orçamento já são um tapa na cara de quem não tem comida na mesa, e de quem ficou sem trabalhar na pandemia.

Vamos só aguardar o tamanho da vergonha.

Uma resposta para “Não adianta Bolsonaro vetar fundão se permitir qualquer reajuste em relação aos 2 bilhões já aprovados no orçamento anterior”

  1. Jorge disse:

    Ou veta total ou não veta! Não tem como “capar” parte…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.