#JornalismoSemFakeNews

30 de agosto de 2021 às 13:14

Sindicato de policiais penais rebate denúncias de torturas dentro de presídios do RN

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Sindicato de Policiais Penais, rebatendo denúncias de tortura nos presídios do RN:

Nota

O Sindppen-RN recebeu com preocupação e estranheza uma nota de entidades representativas de direitos humanos que, claramente, em movimento articulado com a Secretaria de Administração Penitenciária, tenta criminalizar a atividade sindical, assim como já o fez o titular da Seap.

“Essa nota foi construída após uma reunião das entidades com a Secretaria, com participação, inclusive, do vice-governador. Então, é de se questionar a independência dessas entidades e a imparcialidade delas ao emitirem essa carta à governadora”, afirma Vilma Batista.

A presidente do Sindppen-RN ressalta que tais organizações, em nenhum momento, buscaram ouvir os trabalhadores do Sistema Penitenciário para saber os reais motivos pelos quais estão lutando contra os atos arbitrários da gestão da Seap.

“Ou seja, essa é uma nota totalmente tendenciosa, levando em conta apenas a narrativa construída pela Secretaria de Administração Penitenciária que visa criminalizar a atividade sindical e perseguir os policiais penais. Infelizmente, quem perde com isso é a Segurança Pública e a sociedade potiguar, pois essas entidades, que deveriam prezar pela democracia e pela não censura, agem para tentar silenciar uma entidade de classe representativa e tão respeitada no Brasil”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.