#JornalismoSemFakeNews

12 de setembro de 2021 às 14:24

“Fakeada” – Jornalista investigativo premiado, Joaquim de Carvalho conclui documentário que põe dúvidas sobre o atentado que ajudou a eleger Bolsonaro

[5] Comentários | Deixe seu comentário.

O jornalista Joaquim de Carvalho, colunista do portal 247, concluiu uma reportagem, fruto de seu jornalismo investigativo que já lhe rendeu prêmios, que resultou no documentário “Bolsonaro e Adelio – Uma fakeada no coração do Brasil”.

O episódio da facada no então candidato, em Juiz de Fora (MG), que decidiu a eleição em 2018, de acordo com o que as investigações não mostraram, mas o repórter revela, mostra que o caso ainda tem muitas lacunas, mentiras e uma versão oficial que só interessa a Bolsonaro, e não ao pais.

De acordo com o documentário, o vereador Carlos Bolsonaro precisa ser investigado.

Em um trecho do vídeo de quase duas horas, a reportagem mostra que o filho do presidente não falou a verdade quando disse que durante o evento de Juiz de Fora não saiu de dentro do carro.

Imagens mostram o contrário.

Confira o documentário.

Saiba quem é Joaquim de Carvalho.

5 respostas para ““Fakeada” – Jornalista investigativo premiado, Joaquim de Carvalho conclui documentário que põe dúvidas sobre o atentado que ajudou a eleger Bolsonaro”

  1. DARY Filho disse:

    Pergunte aos médicos que cirurgiaram Bolsonaro por quatro vezes. Foi fake também? Tenha dó! Esse 247 todo mundo sabe de onde ele veio.

  2. Luci disse:

    Muito bom essa reportagens

  3. Anônimo disse:

    a verdade sempre parece óbvia… depois que alguém tem a coragem de ir atrás e revelar

  4. Anônimo disse:

    Adélio incomunicável igualzinho o sargento dos quarenta kilos de pó no avião da FAB.

  5. Marcial disse:

    Adélio está incomunicável, sigilos de 100 e 20 anos, sargento dos 40 kg de pó no avião da FAB também incomunicável, pensar o que dessa gente e desse governo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.