#JornalismoSemFakeNews

2 de novembro de 2021 às 19:59

Por causa de atraso no voo casal promove quebradeira em guichê da Gol no aeroporto de Guarulhos

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Um casal que estava com uma criança de 5 meses, se exaltou nesta terça-feira no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, depois do voo que havia embarcado com destino a Minas Gerais, retornou por causa do mau tempo.

Aos gritos o casal cobrava acomodação em hotel, além de indenização.

“Eu quero que vocês resolvam, o meu menino está com 5 meses. Resolve. A menina falou para mim tem duas horas. O meu menino não tem que pagar por isso, quero alguém resolvendo aqui agora. Quero a polícia, o menino não tem culpa”, gritava o pai da criança.

“Demorei 16 anos pra conseguir ter meu filho, gastei R$ 50 mil. Se esse menino adoecer, se acontecer qualquer coisa com ele, eu juro que eu mato, eu mato um por um. Coloca o meu filho em um hotel para tomar um banho. Coloca o meu filho em um hotel”, esbravejava a mulher.

Agora a curiosidade que não quer falar…

Aonde estava o bebê quando os pais protagonizavam o escândalo no aeroporto?

“Demorei 16 anos pra conseguir ter meu filho, gastei R$ 50 mil. Se esse menino adoecer, se acontecer qualquer coisa com ele, eu juro que eu mato, eu mato um por um. Coloca o meu filho em um hotel para tomar um banho. Coloca o meu filho em um hotel”, gritava a mulher.

A Gol confirmou que o voo que saiu de Guarulhos precisou retornar “por conta das condições meteorológicas adversas em Confins (MG)”, para onde o casal queria viajar.

A Gol esclareceu que “ofereceu suporte necessário a todos os clientes” e que acomodou todos os passageiros em hotéis, “para seguir viagem em voos programados para esta terça-feira”.

A ‘GRU Airport’, que administra o aeroporto de Guarulhos, chamou a PM e o casal envolvido foi conduzido à delegacia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.