#JornalismoSemFakeNews

17 de novembro de 2021 às 17:35

Reunido com diretórios, presidente do PL deverá dizer ainda hoje como está a ‘cuestão’ do Bolsonaro

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O caso da filiação do presidente Jair Bolsonaro ao PL é uma “cuestão” de precisão.

Bolsonaro precisa de um partido e o PL precisa de uma base forte, com fundo eleitoral milionário, tempo de TV, e força para ser protagonista no próximo governo, seja o futuro presidente ou o próprio Bolsonaro ou Lula ou um nome da terceira via.

O namoro do PL com Bolsonaro é a ponte que o partido precisa passar para chegar ao outro lado fortalecido.

Hoje o presidente do partido, Valdemar Costa Neto, se reuniu com presidentes da legenda dos estados, e pelo Rio Grande do Norte esteve presente o deputado João Maia.

O partido postou nas redes sociais que o clima era bom.

Valdemais, ôps, Valdemar deve gravar um vídeo ainda hoje contando o que foi definido, mas a imprensa já adianta que o clima, apesar dos “vá tomar no c…” trocados carinhosamente pelo whats app entre Bolsonaro e Valdemar, é favorável à filiação do presidente ao PL.

Mas pouco provável que o partido vá interferir nos diretórios dos estados onde liberais já estão fechados com Lula.

Nesses estados, liberais apostam na derrota de Bolsonaro em 2022, para que ele passe a ser apenas um sem mandato a mais…

O PL não joga para fazer graça.

É tudo uma “cuestão” de transição.

Ou de precisão mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.