#JornalismoSemFakeNews

23 de novembro de 2021 às 2:12

Faturamento bilionário da Globo: o melhor 3º trimestre dos últimos 4 anos

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da coluna impressa:

CURTAS e compartilhe

*Ainda sem partido, assim como o pai, o ex-secretário adjunto da Infraestutura do RN, Haroldo Azevedo Filho, pode disputar vaga na Assembleia Legislativa.

*Presidente da Fecomércio/RN, Marcelo Queiroz, que sempre tem colocado nome à disposição de nominatas, deixou claro à coluna: não será candidato a nada.

*Para tristeza do bolsonarismo, a TV Globo reverteu prejuízo, teve o melhor resultado em quatro anos e faturou 3,7 bilhões de reais entre julho e setembro.

*

Do Blog, continuando com texto do UOL

O aumento foi de 19% comparado ao mesmo período do ano passado. Este é o melhor resultado de receita no terceiro trimestre da Globo nos últimos quatro anos. O lucro no período foi de R$ 142 milhões e reverte os prejuízos registrados pela empresa nos primeiros seis meses de 2021. No primeiro semestre deste ano, a líder de audiência teve um prejuízo de R$ 114 milhões.

Na soma dos nove primeiros meses de 2021, a receita líquida da emissora cresceu 18% (ou R$ 1,5 bilhão) em relação ao mesmo período de 2020, totalizando R$ 10,1 bilhões.

Melhor resultado em quatro anos

A Globo afirma no relatório que a melhora da economia em algumas regiões com o avanço da vacinação contra a Covid-19 e a retomada das gravações de suas produções ajudam a explicar a melhora nos resultados, com recuperação da receita de publicidade.

“O terceiro trimestre teve uma receita líquida recorde em relação aos últimos quatro anos. Isso reflete a solidez do nosso negócio e a relevância do nosso conteúdo – nossa principal linha de investimento ao lado da tecnologia. Ainda precisamos de cautela no curto prazo, mas tivemos resiliência em um cenário econômico desfavorável e seguiremos em nosso processo de transformação”, disse Manuel Belmar, diretor-geral de Finanças da Globo, aos investidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.