Holiday
Holiday

Thaisa Galvão

30 de janeiro de 2012 às 23:59

8 deputados federais do RN gastam quase 1 milhão de reais só em passagens aéreas em 2011 [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Da revista Época Online:

Em um ano, os 513 deputados federais gastaram pelo menos R$ 14,6 milhões com bilhetes aéreos. Essa é a soma de todos os reembolsos já pagos pela Câmara para viagens de parlamentares e assessores de janeiro a dezembro de 2011 – outros ainda devem ser feitos. Com esse total, seria possível comprar 11.930 passagens São Paulo-Nova York, conforme preços da TAM na semana passada. Isso lotaria 53 Airbus A-330 e ainda deixaria alguns de fora. O campeão em viagens foi Wladimir Costa (PMDB-PA), com quase R$ 128 mil. Depois vem Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que gastou mais de R$ 100 mil. Há 22 deputados que até agora não pediram nenhum reembolso desse tipo.

 

Além das passagens, os parlamentares podem solicitar indenização por despesas com telefone, combustível, locação de veículos, publicidade, hospedagem e correio. O site da Câmara apresenta esses gastos, mês a mês, porém sem a possibilidade de fazer rankings. A chamada Cota para Exercício da Atividade Parlamentar varia de R$ 23.033 a R$ 34.259 por mês, conforme o Estado de origem do deputado (quanto mais longe do Distrito Federal, maior). Nesta página estão os campeões em reembolso de bilhete por Estado. Em epoca.com.br estão os totais de todos os deputados.

 

Eis o total de gastos com passagens aéreas pagas pelo contribuinte com os deputados do Rio Grande do Norte:

 

Henrique Alves (PMDB) – R$ 101.785,66

Rogério Marinho (PSDB) – R$ 98.789,04

Fátima Bezerra (PT) – R$ 84.958,84

Fábio Faria (PSD) – R$ 79.137,88

Felipe Maia (DEM) – R$ 61.407,42

Paulo Wagner (PV) – 47.316,85

Sandra Rosado (PSB) – 43.450,86

João Maia (PR) – 41.526,93

Somando tudo, a bancada do Rio Grande do Norte na Câmara voou, em 2011, o equivalente a R$ 916.172,26.

Quase 1 milhão de reais.

30 de janeiro de 2012 às 21:36

Apesar da posse do cearense, Henrique continua afirmando que diretor-geral do Dnocs será indicado por ele [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A posse de Ramon Rodrigues, amanhã na direção-geral do Dnocs, não preocupa o deputado-líder Henrique Alves.

Pelo twitter, questionado pelo Blog sobre o que significava a nomeação do cearense, quando ele declarou que o substituto de Elias Fernandes no Dnocs será um potiguar indicado por ele, Henrique respondeu apenas com um…”não significa”…

E acrescentou na mesma rede social, quando questionado pelo mossoroense Cézar Alves sobre o futuro diretor-geral do Dnocs:

Henrique E Alves HenriqueEAlves – @cezaralves Será do PMDB do RGN sim. E será um otimo nome .Abs

Do Blog – Pergunta que não quer calar: se Henrique pediu alguns dias para indicar um nome…por que a posse de um interino que estava no cargo há alguns dias? Um dia a mais, um dia a menos para sair o nome potiguar…

E se Henrique já tem um nome bom como ele falou, por que não indicar logo?

Estaria passando por uma quarentena até aparar as arestas com a presidente Dilma?

Para Henrique, certamente Ramon Rodrigues será diretor-interino.

 

30 de janeiro de 2012 às 17:00

Dnocs: quem vai substituir Elias Fernandes? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A semana começa com a pergunta: quam vai substituir Elias Fernandes na direção geral do Dnocs?

O deputado Henrique Alves, que indicou Elias ainda no governo Lula, e o manteve no cargo no governo Dilma – até a semana passada – já anunciou que a nova indicação será dele. E que o nome sairá do Rio Grande do Norte.

A semana começa aguardando o anúncio do nome do novo titular do cargo, no órgão acusado, segundo relatório da Controladoria Geral da União, de desviar quase 200 milhões de reais…

 

30 de janeiro de 2012 às 14:50

Estilo em questão [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Bem que o deputado Henrique Alves poderia ter dito que não gostaria de indicar o sucessor de Elias Fernandes na direção-geral do DNOCS.

Seria um gesto de amigo para com Elias.

Acusado de desviar dinheiro público, de acordo com relatório da Controladoria Geral da União, Elias não mereceu a solidariedade de Henrique, que teimou em anunciar que indicaria o substituto.

Quando se aceita uma exoneração recheada de acusações, e se propõe a indicar o substituto, se aceita as acusações.

Fica meio que assim…tira o desonesto para eu substituir por um honesto.

Elias não merece e não merecia.

Estava fazendo um bom trabalho e sabe, com todas as letras, que o alvo do Planalto não é ele, e sim Henrique.

Dilma não gosta de Henrique e ponto final.

Não quer vê-lo na presidência da Câmara, e ponto final.

E aqui pra nós…

O deputado, conhecido durante quase 40 anos de vida pública por ser um político hábil, conciliador, pacificador…ficou arrogante de uma hora pra outra e deixou de ser tudo o que conseguiu ser em quase 40 anos.

Na hora que declarou – num ato de infelicidade – que a presidente da República não demitiria Elias Fernandes do DNOCS sob pena de brigar com a República…cutucou o cão com a vara curta.

Foi arrogante e infeliz. Desconstruiu quase 40 anos de um modelo de fazer política, com cara e jeito do pai, o ex-ministro Aluízio Alves, o maior líder político que o Rio Grande do Norte já conheceu.

Qual mudança na vida do deputado fez ele passar da água para o vinho…ou para o whiski? Mais forte, mais soberbo, menos doce…

O novo jeito inábil de Henrique só fará mal a uma pessoa: ele próprio.

30 de janeiro de 2012 às 14:39

Presidente de Comissão de Constituição e Justiça indica interino? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De acordo com a reportagem do jornal O Povo, do Ceará, Ramon Rodrigues vai responder “interinamente” pela direção-geral do Dnocs.

Mas…seguindo a lógica…se a indicação dele foi do senador Eunício Oliveira em comum acordo com o governador Cid Gomes…e contando que Eunício é presidente da Comissão de Constituição e Justiça…cabe aí a indicação de um interino ou de um titular?

 

30 de janeiro de 2012 às 14:36

DNOCS: genuinamente cearense [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Com a nomeação de Ramon Rodrigues para a direção-geral do DNOCS, o órgão federal que atendia muito bem ao Rio Grande do Norte, passa a ter DNA exclusivamente cearense.

Além do diretor-geral, também é cearense o novo diretor administrativo Victor de Souza Leão, que assumiu a vaga de Albert Gradvohl, exonerado antes de Elias, já sob acusação de desvios de quase 200 milhões de reais.

Com a mudança na diretoria, tirando totalmente do páreo o deputado Henrique Alves, resta saber se o comando do Dnocs no RN, nas mãos do sobrinho de Henrique, filho de sua irmã, Ana Catarina Alves, permanecerá na função ou será substituído por um representante do PMDB do Ceará.

30 de janeiro de 2012 às 14:12

Deputados federais recebem em casa convocação da Câmara para voltarem às sessões [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Marcada para quinta-feira, dia 2 de fevereiro, a volta dos trabalhos no Congresso Nacional.

Do deputado Marco Maia, presidente da Câmara Federal, os deputados receberam uma convocação. Pessoal a cada um.

Em plena quinta-feira, dia de última sessão e de volta aos Estados, certamente será mínimo o número de parlamentares em plenário.

A retomada das sessões só deverá valer mesmo a partir de terça que vem, dia  7.

30 de janeiro de 2012 às 13:46

Com aval do Planalto, PMDB de Eunício atropela Henrique e indica sucessor de Elias no DNOCS [2] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado-líder Henrique Alves disse que vai indicar o sucessor do ex-diretor-geral do Dnocs, Elias Fernandes e que o nome seria o de um técnico do Rio Grande do Norte.

Em nenhum momento Henrique se pronunciou sobre declinar da indicação.

Mas, de acordo com notícia publicada no jornal cearense O Povo, repercutida no blog do também cearense Eliomar de Lima, Henrique foi atropelado. Tanto pelo seu PMDB quanto pelo Planalto da presidente Dilma. Que deu mais uma rasteira para comprovar o que até Henrique já sabe: que ele não terá o apoio do governo para ser o sucessor do deputado Marco Maia na presidência da Câmara.

Eis a notícia publicada hoje no Ceará, anunciando para amanhã a posse do sucessor de Elias Fernandes.

DNOCS: NOVO DIRETOR-GERAL TOMA POSSE NESTA TERÇA-FEIRA

Ramon Rodrigues

O novo diretor-geral do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Ramon Rodrigues, toma posse, às 9h30min desta terça-feira, no comando do órgão. Ramon, que é cearense, substitui Elias Fernandes, demitido após denúncias de envolvimento em desvios da ordem de R$ 312 milhões. O escândalo veio à tona após divulgação de auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU).

A escolha de Ramon para responder interinamente pelo Dnocs foi fruto de uma articulação do senador Eunício Oliveira (PMDB) e do governador Cid Gomes (PSDB) com o Palácio do Planalto.

Por trás dessa substituição há uma forte disputa por prestígio entre o PMDB do Ceará e o do Rio Grande do Norte, junto ao Governo Federal. O deputado federal Henrique Alves (PMDB-RN) lutou até o último momento para manter Elias Fernandes no comando do Dnocs.

Antes da posse, Ramon Rodrigues vai se reunir com os servidores do Departamento. Em seguida, às 14h30min, tem encontro com os coordenadores estaduais do Dnocs.

(Política – POVO Online)

30 de janeiro de 2012 às 8:00

Ação do Corpo de Bombeiros ajuda a localizar crianças perdidas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No clássico deste domingo, onde o ABC derrotou o América por 4 a 2, o Corpo de Bombeiros também marcou seu gol.

E pôs em prática uma ação inédita no país dentro de estádios: a ação “Criança a Vista”.

Onde as crianças presentes à partida recebiam pulseiras de identificação. Prevenção em casos de se perderem dos pais.

Ação que faz parte da Operação Verão.

Crianças identificadas

Na entrada do Frasqueirão

 

30 de janeiro de 2012 às 7:22

Precatórios do TJ: quem são os outros 6? [3] Comentários | Deixe seu comentário.

A semana começa com a pergunta que não quer calar:

Quem são os 6 investigados pelo Ministério Público sob suspeita de desviar dinheiro público na questão dos precatórios do Tribunal de Justiça?

O MP alega sigilo nas investigações, mas o nome de Carla Ubarana, chefe do setor de Precatórios – cargo bem inferior aos de direções e presidência – foi jogado no ventilador.

Pré-julgada e julgada.

A isonomia, no caso em questão, seria bem mais justa

30 de janeiro de 2012 às 6:12

Relator da CEI em questão na semana que começa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A semana começa com a CEI dos Contratos em questão.

Com a renúncia do vereador Júlio Protásio da função de relator, eis que um novo responsável pelo relatório final das investigações precisa ser indicado.

O pepino está nas mãos da vereadora Júlia Arruda, presidente da CEI.

Na comissão, restam ainda os vereadores Bispo Francisco de Assis, Adenúbio Melo e Sargento Regina.

Resta saber se o novo relator sairá dos quadros da CEI ou se será indicado pela bancada governista.

Pelo menos foi assim o combinado: presidência com a oposição, relatoria com o governo.

Convém aguardar.

A Câmara, que está em recesso, retoma as sessões na quarta, dia primeiro. Mas a CEI não está em recesso e o nome pode ser escolhido antes da reativação do plenário.

30 de janeiro de 2012 às 0:42

3 prefeitáveis na procissão de Nossa Senhora dos Navegantes [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Três prefeitáveis foram à procissão de Nossa Senhora dos Navegantes, na praia da Redinha.

Mas, sem direito a palanque. Apenas caminharam, abraçaram, apertaram mãos, sorriram muito.

Wilma de Faria (PSB), Carlos Eduardo Alves (PDT) e Hermano Morais (PMDB.

Dos 3, só a assessoria de Wilma enviou fotos da candidata. Fotos de Hermano e Carlos não foram publicadas nem no twitter dos mesmos.

Wilma com eleitoras

Na procissão da Redinha