Thaisa Galvão

25 de abril de 2013 às 23:43

Rosalba e Wilma na mesma festa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Governadora e ex na mesma festa.

A governadora Rosalba Ciarlini, e a vice-prefeita de Natal e ex-governadora, Wilma de Faria, foram ao mesmo evento social nesta quinta à noite.

As duas marcaram presença no antigo bar Chaplin, na praia dos Artistas, ode acontecia o lançamento de jóias  da coleção Tutti-Frutti, de Ana Rocha & Appolinário, representadas em Natal por Cláudia Gallindo, Cyndra Potiguar e Carmem Macedo.

 

O Chaplin, que marcou época em Natal, está sendo transformado em uma casa de recepções.

Que terá como diferencial, o salão climatizado, de frente para o mar.

Marluce Arruda, a governadora Rosalba e a empresária Denise Gaspar

O anfitrião Paulo Gallindo com a ex-governadora Wilma de Faria e o marido José Maurício

 

 

25 de abril de 2013 às 21:46

CNJ tem dois novos conselheiros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do site do Conselho Nacional de Justiça:

 

Presidenta Dilma Rousseff nomeia dois novos conselheiros do CNJ

 

A presidenta Dilma Rousseff assinou decreto de nomeação da ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), e do desembargador Guilherme Calmon Nogueira da Gama, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF 2) como novos integrantes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o biênio 2013-2015. A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira.

A ministra Maria Cristina Peduzzi foi indicada para compor o CNJ pelo TST, onde tomou posse em 21 de junho de 2001 e ocupou a vice-presidência no biênio 2011-2013. No CNJ, ela ocupará a vaga do ministro Carlos Alberto Reis de Paula, que deixou o mandato de conselheiro para assumir a presidência do TST.

O desembargador Guilherme Calmon foi indicado ao CNJ pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Ele tomou posse no TRF 2 em 17 de dezembro de 2008 e hoje é coordenador dos Juizados Especiais Federais da 2ª Região. Calmon vai ocupar a vaga do desembargador federal Tourinho Neto, que deixou o mandato de conselheiro em função de sua aposentadoria.

Jorge Vasconcellos
Agência CNJ de Notícias

*

 

Do Blog – Em agosto mais dois conselheiros serão nomeados pela presidente. Os conselheiros federais da OAB, Paulo Eduardo Teixeira e Gisela Gondim, que foram eleitos no último dia 8.

Paulo Eduardo é potiguar e foi presidente da OAB no Rio Grande do Norte.

25 de abril de 2013 às 15:01

Deputados Vivaldo Costa e Kelps Lima podem trocar PR pelo MD [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Os deputados Vivaldo Costa e Kelps Lima só tem uma saída para deixarem o PR, como estão tentando: se filiando ao novo MD (Mobilização Democrática).

É que a legislação eleitoral, no capítulo que trata de desfiliação por justa causa – como os dois estão tentando – interpreta como ‘justa causa’ as seguintes situações:

 

1- Incorporação ou fusão de um partido.

2- Criação de um novo partido.

3- Mudança substancial  ou desvio reiterado do programa partidário.

4- Grave discriminação pessoal.

 

O item 4 é o que vem tentando Vivaldo, que foi orientado a desistir dessa justificativa, já que hoje ele é o líder do PR na Assembleia. E quem é discriminado não lidera uma legenda…

Dos itens acima, cade aos dois uma única saída: o primeiro.

Logo, o MD poderá ser o caminho dos dois deputados. Hoje republicanos fora do ninho.

25 de abril de 2013 às 15:00

A visão psiquiátrica de um partido [1] Comentários | Deixe seu comentário.

De um médico psiquiatra ouvindo falar, pela televisão, da criação do MD, partido da Mobilização Democrática.

“Por que não PMD, já que se trata de um partido. Como é PR, PMDB, PSD, PSB, PMN, PT, PP… Só esse novo não tem o P na frente?”

E concluiu…

“Deve ser porque PMD é a sigla de Psicose maníaco-depressiva, doença quase tão comum como a esquizofrenia, a desordem mental mais freqüente. E que já foi chamada de loucura cíclica, em razão de ter ciclos alternados de mania e de depressão. Na fase maníaca, a pessoa pode dar mostras de uma energia e bem estar exagerados onde o juízo parece desordenado e a capacidade para concluir os pensamentos bem diminuídos. Na fase depressiva, o contrário…”..

 

“Tudo muito parecido com os caminhos da política no Brasil”, disse o médico, concluindo que a política é bipolar.

Ou seria multipolar?

25 de abril de 2013 às 14:00

A nova paisagem do interior [1] Comentários | Deixe seu comentário.

As chuvas que caem pelo interior já mudaram a paisagem de muitos municípios.

Em Felipe Guerra, a comunidade Mulungu, que antes era só seca, já chama atenção pelo novo cenário.

Mulungu (Fotos: Noberto Andrade)

25 de abril de 2013 às 13:31

Aluízio Alves nas bancas [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Clic do apresentador Robson Carvalho, o Robson Cidadão, na livraria Saraiva, em Brasília:

Ao lado do livro do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o livro “O que não esqueci”, do ex-ministro e ex-governador Aluízio Alves.

25 de abril de 2013 às 13:13

Fátima Bezerra leva prefeito de Serra Negra ao ministro da Integração Nacional [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Depois de acompanhar o prefeito de Natal nesta quarta-feira em Brasília, a deputada Fátima Bezerra (PT) levou o correligionário Urbano Faria, prefeito de Serra Negra, para uma audiência com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra.

Na pauta, a construção da adutora para tentar resolver, definitivamente, o problema de abastecimento no município.

Como sempre faz, o ministro pediu que o prefeito encaminhe o projeto.

O prefeito assegurou que em 15 dias o projeto fica pronto.

Fátima, Fernando Bezerra e Urbano

25 de abril de 2013 às 13:12

Projetos custam caro às prefeituras por falta de planejamento [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Bem que os prefeitos do Rio Grande do Norte que vão aos Ministérios em Brasília, em busca de recursos, já poderiam desembarcar na capital federal com um projetinho debaixo do braço.

Economizaria.

Menos passagem de avião, pois seria uma só viagem, menos diárias em hoteis…e a certeza de que, se o dinheiro tiver chance de sair, sai mais rápido.

A cena sempre se repete…

Prefeito chega num Ministério, fala um projeto pensado, mas não elaborado…volta pra casa pra fazer o projeto pra depois voltar pra Brasília pra entregar.

Mais gasto em tempo de seca, crise, corte de gastos…

25 de abril de 2013 às 12:15

Presidente da Câmara em mais um debate com o STF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Como o Blog questionou hoje cedo…eis mais um debate do presidente da Câmara, Henrique Alves, com o STF.

 

Do G1 – Brasília

 

Alves diz que ‘estranha’ decisão do STF sobre tramitação no Congresso

Ministro suspendeu tramitação de projeto que prejudica novos partidos. Para presidente da Câmara, decisão do Congresso foi ‘soberana’.

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), afirmou nesta quinta-feira (25) que “estranha muito” a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu tramitação no Congresso do projeto de lei que prejudica novos partidos.

A suspensão foi determinada nesta quarta-feira (24) pelo ministro do STF Gilmar Mendes. O projeto, que tramita no Senado, já havia sido aprovado pela Câmara.

“Estranhamos muito porque foi uma decisão soberana desta Casa, de forma democrática e transparente, cumprir todos os preceitos regimentais. E portanto achamos estranho e não concordamos com ela [a suspensão]”, disse Alves.

 

O projeto de lei, de autoria do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP), impede parlamentares que mudem de partido no meio do mandato transfiram para a nova agremiação parte do fundo partidário e do tempo no rádio e na TV da sigla de origem. Pelas regras atuais, a maior parte do fundo e da propaganda eleitoral é distribuída de forma proporcional ao tamanho das bancadas.

Os defensores da proposta – parlamentares governistas – argumentam que o objetivo é frear a infidelidade partidária. Os críticos – principalmente parlamentares de oposição – dizem que a finalidade é desestimular candidaturas presidenciais para a eleição de 2014. Se sancionada, a lei tornaria menos competitivos novos partidos, como o Rede Sustentabilidade, que a ex-senadora Marina Silva pretende criar.

25 de abril de 2013 às 11:21

Nasce a filha da deputada Gesane Marinho [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Nasceu hoje cedo na Promater, em Natal, a filha da deputada estadual Gesane Marinho e Remy Dantas.

Giovana Marinho Dantas nasceu com 3 quilos e meio e 51 centímetros.

Gesane e Remy já são pais de Renan.

A deputada do PSD passará os próximos dias afastada da política.

 

 

25 de abril de 2013 às 11:18

Candidatos à vaga de desembargador tem 10 dias para atualizarem currículos e comprovarem documentos apresentados [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Aderson Silvino, deu prazo de 10 dias para que os 6 advogados eleitos pela categoria, que disputam a vaga de desembargador do TJ pelo Quinto Constitucional, por indicação da OAB, atualize os currículos que já foram apresentados, e comprovem o que está sendo apresentado como parte de suas carreiras.

O presidente do TJ está tomando providências para refazer a eleição que irá escolher a lista tríplice que será encaminhada à governadora Rosalba Ciarlini.

Mesmo sem a publicação do Acórdão – somente uma certidão de julgamento foi publicada – Aderson Silvino vai adiantando para que, logo que o Acórdão seja publicado, a votação já possa ocorrer de imediato.

Nesse período, o presidente vai encaminhando os currículos para os 13 desembargadores que irão votar…em eleição aberta, nominal e fundamentada.

Ou seja, voto em fulano porque ele tem isso e mais isso em seu currículo e está apto a ser desembargador…

Olho no olho da sociedade, ao contrário da eleição passada, que foi anulada por decisão do Conselho Nacional de Justiça.

Estão na disputa pela ordem de votação na eleição com votos dos advogados:

 

Magna Letícia

Artêmio Azevedo

Marisa Rodrigues

Verlano de Queiroz Medeiros

Glauber Rêgo

Priscila Fonseca

 

25 de abril de 2013 às 8:10

Evento marcado para amanhã em João Câmara vai discutir crescimento da região, segundo a deputada Fátima Bezerra [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A deputada Fátima Bezerra (PT) participa amanhã, no município de João Câmara, do I Seminário Preparatório de Mobilização Projeto Rota dos Ventos – Eixo do Desenvolvimento Sustentável do RN.

Evento promovido pelo IFRN, UERN e o CERNE – Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia, e que acontecerá a partir das 9h no auditório do campus local do IFRN. 

Na pauta das discussões, energia eólica.

É que a região de João Câmara tem condições das melhores do país para produção da energia sustentável.

 

“O Projeto Rota dos Ventos tem condições de envolver e mobilizar gestores municipais, estaduais e federais, empresas, imprensa e movimentos sociais e a população de uma forma mais geral, fomentando a discussão nas mais diversas áreas como segurança, saneamento, meio ambiente, mobilidade urbana, emprego e renda, etc. E a partir dessas ideias, de forma coletiva e com a coordenação técnica do IFRN, da UERN e do CERNE, iremos elaborar projetos de desenvolvimento para a região e de posse desses projetos buscaremos as fontes de financiamento. Vamos mudar a cara dessa região”, garantiu a deputada, que integra a comissão organizadora do seminário.

 

Foram convidados a governadora, a reitora da UFRN, a bancada federal, os deputados estaduais, os órgãos federais com atuação na região como DNIT, MDA, IBGE e INCRA, movimentos sociais, sindicatos, e os prefeitos e vereadores dos 23 municípios da região.

25 de abril de 2013 às 7:42

Romaria de prefeita [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A prefeita do pequeno município de Equador (RN), Noeide Sabino, foi a Brasília pedir ajuda aos parlamentares potiguares…e andou um bocado.

Além do café da manhã na casa do deputado João Maia, ainda conversou com seu líder democrata, senador José Agripino Maia, e com o vice-governador Robinson Faria.

Na pauta de Agripino, repeteco da conversa com João Maia: seca e liberação de emendas.

Com Robinson…2014…

 

Os democratas Noeide e Agripino

Noeide e Robinson Faria

 

25 de abril de 2013 às 7:30

Rosalba consegue 7 milhões de dólares com o BID para modernizar sistema fiscal do RN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Rosalba Ciarlini volta de Brasília com uma vitória para o Rio Grande do Norte.

No começo da noite desta quarta-feira, assinou contrato de empréstimo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), em Brasília, no valor de US$ 7 milhões.

Dinheiro destinados ao Profisco, programa que irá moderniza o sistema de arrecadação no Estado.

 

O contrato foi assinado pela governadora Rosalba Ciarlini e pela representante do BID para o Brasil, a venezuelana Daniela Carrera Marquis.

O deputado federal Betinho Rosado acompanhou a governadora e assinou como testemunha.

Ainda em Brasília, hoje Rosalba tem audiências com os ministros Fernando Bezerra, da Integração Nacional, e Alexandre Padilha, da Saúde.

Audiência mais esperada e que estava marcada para ontem, segundo agenda oficial da governadora.

 

25 de abril de 2013 às 7:20

Prefeitas do RN pedem que João Maia ajude a liberar emendas para seus municípios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado João Maia recebeu nesta quarta-feira, em casa, duas prefeitas do Rio Grande do Norte: Ivete Matias, de Brejinho, e Noeide Sabino, de Equador.

Elas foram tomar café na casa do presidente do PR e aproveitar para pedir ajuda no processo lento e sofrido de liberação de emendas parlamentares para seus municípios.

O deputado disse que iria ajudar às prefeitas no que fosse possível.

João e as prefeitas

 

25 de abril de 2013 às 7:09

Câmara aprova e STF proíbe tramitação de lei que inibe criação de novos partidos [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Para tristeza da candidata à reeleição, Dilma Rousseff…

Resta saber se a decisão do STF vai resultar em mais uma queda de braço entre o presidente da Câmara, deputado Henrique Alves e o Supremo.

É que a Câmara já havia aprovado a matéria…

Leia reportagem da Folha de hoje:

 

 

STF suspende tramitação de projeto que inibe novos partidos

FELIPE SELIGMAN
GABRIELA GUERREIRO
ERICH DECAT
DE BRASÍLIA

 

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes decidiu nesta quarta-feira (24) suspender a tramitação do projeto de lei que inibe a criação de novos partidos. Ele analisou um pedido feito pelo líder do PSB no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF).

Sua decisão vale até que os demais ministros analisem o tema em plenário. Mendes, apesar de decidir o caso liminarmente, apresentou o principal argumento usado por políticos como aos pré-candidatos à Presidência Marina Silva e Eduardo Campos. Segundo o ministro, a mudança é um “aparente tentativa casuística de alterar as regras”.

 

O projeto prejudica candidaturas de novos partidos nas eleições de 2014 porque restringe o acesso ao dinheiro do fundo partidário e ao tempo de propaganda na TV –mecanismos vitais para o funcionamento de uma sigla.

Também na noite de hoje, parlamentares contrários ao projeto conseguiram impedir a aprovação de pedido para acelerar a votação da proposta no Senado. O projeto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados.

Ao suspender a tramitação, Gilmar Mendes considerou “(i) a excepcionalidade do presente caso, confirmada pela extrema velocidade de tramitação do mencionado projeto de lei –em detrimento da adequada reflexão e ponderação que devem nortear tamanha modificação na organização política nacional; (ii) a aparente tentativa casuística de alterar as regras para criação de partidos na corrente legislatura, em prejuízo de minorias políticas e, por conseguinte, da própria democracia; e (iii) a contradição entre a proposição em questão e o teor da Constituição Federal de 1988 e da decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal na ADI 4430”.

No texto da decisão, Mendes explica que o entendimento do STF é de que o Congresso não pode definir, por projeto de lei, assuntos de forma contrária ao que já foi decidido pelo tribunal.

O Supremo, em decisões recentes, afirmou que o parlamentar que participa da criação de partido leva para a nova legenda o tempo de televisão e os recursos do fundo partidário.

 

“A proibição do troca-troca partidário não inibiu a criação de novos partidos”, diz o ministro.

No pedido feito, Rollemberg afirma que o regime de urgência estabelecido na Câmara foi “ilegal”e argumenta que a proposta fere direitos fundamentais.

“[É um] projeto de lei casuisticamente forjado, pela maioria, para especificamente restringir direitos fundamentais titularizados por determinados grupos políticos minoritários e perfeitamente individualizáveis, em nítida situação de abuso de poder legislativo”, diz o senador.

SENADO

No dia de hoje, o PT e o Palácio do Planalto agiram para aprovar a urgência na análise do projeto, mas as articulações não foram suficientes para garantir o apoio de toda a base aliada à manobra.

O plenário do Senado chegou a votar, de forma simbólica (sem registro dos votos no painel), o pedido de urgência.

Senadores contrários ao projeto pediram a contagem de votos –e obstruíram a sessão sem registrar seus votos no plenário.

Apenas 23 senadores governistas votaram pela aprovação da proposta, mas o mínimo necessário era de 41 presentes à sessão.

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), esperou mais de 15 minutos para que outros senadores chegassem ao plenário. Sem quórum, a sessão teve que ser cancelada.

A derrota foi consequência da decisão de parte da base de apoio de Dilma votar contra a proposta.

“Ninguém é inocente aqui. Tinham 76 senadores na Casa. Você acha que alguém deixou isso cair sem querer? Mandaram um recado ao Planalto”, disse o senador Gim Argello (PTB-DF).

Aliados de Dilma articulavam para reapresentar o pedido de urgência amanhã, mas desistiram depois da decisão de Gilmar Mendes.

A aprovação da proposta atinge diretamente a candidatura de Marina Silva. A ex-senadora, que acompanhou a votação no plenário do Senado, articula a criação da Rede de Sustentabilidade. A proposta também provoca impactos para Eduardo Campos (PSB), que costura apoio do recém-criado MD (Mobilização Democrática), à sua candidatura à Presidência.

 

ATAQUES

Senadores contrários à aprovação compararam a manobra governista ao “pacote de abril” lançado durante a ditadura militar.

“Essa senhora Dilma Rousseff tem formação de intolerância pior do que os generais. O PT não fecha o Congresso porque não tem força”, atacou o senador Jarbas Vasconcellos (PMDB-PE).

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) se referiu à presidente como “política vulgar” e “marechala”. “Talvez, daqui a pouco, ela tenha de aparecer com um casaco diferente, que pode até continuar sendo vermelho, sua cor preferida, mas com estrelas.”

Mesmo sem atribuir a Dilma a manobra para acelerar a votação, Campos disse que o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência) poderá “pagar um preço” por ter defendido publicamente a aprovação da proposta.

25 de abril de 2013 às 7:02

Tim vai investir 40 milhões no Rio Grande do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Aleluia…

Tomara que seja verdade, pelo bem de quem, assim como eu, ainda teima em manter uma linha da operadora Tim.

Nesta quarta-feira, o presidente da Tim, Rodrigo Abreu, disse ao presidente da Câmara, Henrique Alves, que a operadora vai investir R$ 40 milhões no Rio Grande do Norte.

O dinheiro será aplicado, principalmente, na rede de fibra ótica.

A intenção é melhor o sinal e a qualidade dos serviços.

Aleluia de novo…

O total de investimentos da operadora em todo o pais é de R$ 3,7 bilhões.

Além do presidente, foram ao gabinete de Henrique os diretores de Relações Institucionais e Regulatórias da Tim, Mário Girasole, e de Relacionamento com o Cliente, Alexandre Trindade.

Trindade é norte-rio-grandense de Parelhas.

Henrique e os representantes da Tim