Holiday

Thaisa Galvão

22 de setembro de 2017 às 13:38

Justiça libera Kelps para divulgar vídeos vetados pela defesa de Carlos Eduardo na campanha [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Tribunal Superior Eleitoral deu sentença favorável ao deputado Kelps Lima (SD), no processo movido pelo prefeito Carlos Eduardo (PDT) para impedir a divulgação de vídeos veiculados antes da campanha eleitoral de 2016 no Facebook pessoal de Kelps.
Bem humorados, os vídeos faziam sátiras à falta de afinidade do prefeito com a modernidade, e 

mostravam a opinião do parlamentar sobre o que considerava práticas antigas em uma ‘gestão ultrapassada’.
O TSE entendeu que não houve propaganda eleitoral antecipada nem ofensa pessoal à honra do prefeito nos vídeos.
“Havia apenas a livre expressão de opinião sobre a distância entre o tipo de gestão que Carlos Eduardo realiza e a necessária modernidade que Natal tanto precisa no momento histórico pelo qual passa o mundo.”, justificou Kelps, que vai republicar todos os vídeos em seu Facebook.

22 de setembro de 2017 às 11:54

Advogado deixa defesa de Temer [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O advogado Antônio Mariz de Oliveira deixa a defesa do presidente Michel Temer.

Ele alegou questões éticas, justificando que já atuou em defesa do doleiro Lúcio Funaro, que delatou Temer.

O advogado tornou pública a decisão um dia depois que o STF encaminhou para a Câmara a nova denúncia contra o presidente.

O criminalista atuou para barrar a primeira denúncia na Câmara.

22 de setembro de 2017 às 11:48

Macau: Decreto do prefeito Tulio Lemos corta gastos, exonera comissionados e reduz salários [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O prefeito de Macau, Tulio Lemos, foi obrigado a exonerar mais de 70 cargos comissionados, na tentativa de equilibrar as contas do Município.

O prefeito justificou a medida com as sucessivas quedas na arrecadação.

O corte anunciado ontem representa uma redução de 46,49% na folha.

“Me deixa triste tomar essas medidas, inclusive atingindo companheiros que ajudaram a construir o nosso projeto político e que estavam contribuindo para a gestão. A severa crise econômica não é uma peça de mídia, basta lembrar que a administração anterior enviou à Câmara Municipal e aprovou um orçamento com projeção de receitas para 2017 de R$ 122 milhões, numa bem realidade diferente da que enfrentamos com uma arrecadação anual que deverá ser pouco superior aos R$ 80 milhões”, se explicou Tulio.

A medida foi necessária porque, ao assumir, Tulio contratou um grande contingente de cargos comissionados.

O prefeito Tulio Lemos também decretou ontem corte de gastos com água, telefone, energia elétrica, combustível, e material de limpeza e de expediente, além da suspensão de gratificações e horas extras.

A meta é economizar 30% nos gastos mensais.

Redução de salários

Decreto do prefeito Tulio Lemos também reduziu em até 50% salários de servidores.

22 de setembro de 2017 às 9:54

Xô Meirelles em Nova York [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que acompanhou o presidente Michel Temer na viagem a Nova York, foi hostilizado por brasileiros nas ruas da cidade.

Eles foram a NY para a Assembleia Geral da ONU.

Na saída do hotel The Pierre, na Quinta Avenida, na quarta-feira, Meirelles foi xingados por manifestantes brasileiros, que também destinaram ofensas ao presidente Michel Temer.

Veja em vídeo:

 

 

Acompanhado de assessores, e fazendo de conta que não era com ele, Meirelles caminhou até a Sexta Avenida e pegou um taxi sob protestos e xingamentos.

Os manifestantes levavam cartazes com frases como “Xô,Vampirão”.

 

22 de setembro de 2017 às 5:55

Justiça dá 15 dias par Câmara afastar Luiz Almir mas entendimento do STF diz que vereador pode recorrer no cargo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A presidência da Câmara Municipal de Natal recebeu, no final da tarde desta quinta-feira, notificação judicial dando prazo de 15 dias para afastar o vereador Luiz Almir (PR), sob justificativa de que ele foi condenado na mesma ação que já prendeu o ex-governador Fernando Freire.
O presidente Ney Júnior (PSD) encaminhou o caso para análise da Procuradoria Jurídica da Casa. 
A defesa do vereador Luiz Almir, assinada pelo advogado Rafael Campelo, do Escritório Erick Pereira, vai recorrer da decisão, com base no que já se pronunciou o Supremo Tribunal Federal, ao afirmar que ‘é constitucional o artigo que garante o exercício do mandato até o trânsito em julgado’.

Mesmo pensamento do Tribunal de Justiça.
Como deverá recorree no cargo, Luiz Almir apresenta a defesa em 15 dias e aguardará a decisão da justiça.