Thaisa Galvão

19 de maio de 2019 às 15:05

Deputado Tomba Farias acompanha missa que atraiu romeiros em mais de 250 ônibus ao município de Santa Cruz [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado estadual Tomba Farias, que quando prefeito de Santa Cruz idealizou e construiu o santuário de Santa Rita de Cássia, comemorou neste domingo mais um dia de graças na cidade que recebeu romeiros em mais de 250 ônibus…

Eles foram rezar a tradicional Missa do Romeiro, aos pés da maior estátua religiosa do mundo com a imagem de Santa Rita de Cassia,  padroeira de Santa Cruz.

Desde o dia 13 passado Santa Cruz comemora a festa de Santa Rita de Cássia, que prossegue até o  dia 22.

19 de maio de 2019 às 14:52

Jornal de Currais Novos entre os inscritos para concorrer ao Prêmio Innovare [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O jornal A Notícia, de Currais Novos, editado pelo comunicador R. Alves, foi confirmado como inscrito no Prêmio Innovare, na categoria Comunicação.

Com tema livre para todas as categorias, a premiação destaca práticas que promovem e defendem os Direitos Humanos.

O jornal seridoense está entre os 10 inscritos na área de Comunicação Social.

No dia 6 de junho a equipe organizadora do evento fará uma entrevista com R. Alves

Participam da comissão julgadora do Innovare, ministros do STF e STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e profissionais interessados em contribuir para o desenvolvimento do Poder Judiciário.

19 de maio de 2019 às 13:58

Caern e Sejuc instalam bomba para garantir abastecimento de água em presídios [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Em parceria com a Caern, a Secretaria de Justiça (Sejuc) instalou neste sábado uma bomba d’água na Penitenciária de Alcaçuz e no Presídio Rogério Coutinho Madruga, para melhorar o fornecimento de água.

A Sejuc comprou a bomba e a Caern cuidou da instalação.

19 de maio de 2019 às 13:34

Deputado Ezequiel Ferreira prestigia Festa do Agricultor e presta contas das ações de seu mandato para o município de Lagoa Nova [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado-presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza, foi ao município de Lagoa Nova na noite deste sábado, participar da 64ª Festa do Agricultor.

“Visitamos os estandes da feira do gado, entregamos a premiação do torneio leiteiro e estivemos com os agricultores, pecuaristas, artesãos, comerciantes e populares da região”, disse Ezequiel, que foi recebido pelo prefeito Luciano Santos, o vice Iranildo, o ex-prefeito, Genilson, e vereadores do município.

O presidente da Assembleia estava acompanhado do secretário de Agricultura do Estado, Guilherme Saldanha, do presidente da Emparn, Rodrigo Maranhão e do presidente da Federação da Agricultura, José Vieira.

Ezequiel lembrou que vem cobrando ao DER a recuperação da estrada que liga Lagoa Nova a Currais Novos, e vem firmando parcerias para melhorar a segurança.

“No ano passado nosso mandato conseguiu uma viatura policial para a cidade e um carro frigorífico da Emater para atende ao agricultor familiar”, disse Ezequiel que prestou contas das várias ações do seu mandato para Lagoa Nova.

19 de maio de 2019 às 13:15

Bancada do RN e reitores vão apelar para evitar cortes da Educação que afetam a saúde [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Uol

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

O bloqueio do orçamento do MEC (Ministério da Educação) atingiu em cheio o coração financeiro de obras em três hospitais universitários, em Natal, em Palmas e em Dourados (MS).

Ao todo, quase R$ 40 milhões foram bloqueados de três instituições, afetando obras que –quando concluídas– devem criar 755 novos leitos na rede pública e servir para atender um público de 2,7 milhões de pessoas.

Além de atender à população, a ideia dos hospitais universitários é ajudar na formação de alunos da área de saúde e fomentar pesquisas em diversos campos de atuação. Por isso, eles são ligados a uma instituição federal de ensino e têm verbas do MEC.

Segundo o painel de cortes da Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), a verba de 2019 para construções de hospitais ligados às universidades federais do Rio Grande do Norte (UFRN) e de Tocantins (UFT) foram 100% cortadas.

Outra instituição que teve obras impactadas é a unidade de ampliação do Hospital Universitário da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), em Mato Grosso do Sul.

Segundo a instituição, 62% dos valores para a nova Unidade da Mulher e da Criança foram contingenciados. As três universidades informaram que vão tentar a liberação do recursos para continuar as obras sem grandes atrasos.

Dos R$ 6,99 bilhões previstos para as universidades federais, R$ 2,08 foram cortados (29,7% do orçamento total).

Em nota, o MEC informou que se trata de um “bloqueio da dotação orçamentária”, que ocorreu por motivo “operacional, técnico e isonômico para todas as universidades e institutos, em decorrência da restrição orçamentária imposta a toda Administração Pública Federal”.

Ainda segundo o MEC, o bloqueio não inclui despesas como pagamento de salários, benefícios, assistência estudantil, emendas parlamentares impositivas e receitas próprias.

*

A reportagem detalha os três casos citados mas o Blog vai se limitar às referências feitas ao Rio Grande do Norte.

Segue o texto:

Hospital referência em pesquisa para o Rio Grande do Norte

O Hospital da Mulher de Natal tem o maior dos orçamentos entre as unidades afetadas e prevê investimento de R$ 200 milhões.

Em operação, deve abrir 1.200 vagas de empregos diretos e fornecer 450 leitos.

Segundo Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), além da verba do MEC, há outras fontes de recursos para a obra, do Ministério da Saúde e da própria Ebserh.

A Ebserh administra hoje 39 hospitais universitários federais. A unidade de Natal deve servir para atender moradores da zona norte da capital potiguar. Segundo a Ebeserh, quando pronto, o hospital deve ser utilizado pelos cerca de 400 mil habitantes da da região e ser referência em pesquisas.

A UFRN informou à reportagem que o bloqueio foi feito em verba vinculada às emendas parlamentares e “ocorreu antes da medida realizada neste mês de maio”.

“Na próxima semana, a bancada federal do Rio Grande do Norte e os reitores do estado estarão reunidos com o ministro da Educação, momento no qual tentaremos reverter a situação dos valores referentes ao Hospital da Mulher, bem como a situação do bloqueio orçamentário”, informou.

Bloqueios implementados

19 de maio de 2019 às 10:34

Estudantes e educadores farão novo protesto contra cortes no orçamento [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tem novo protesto anunciado contra os cortes do governo federal para a Educação.

Será no dia 30 de maio.

O anúncio foi feito pela União Nacional dos Estudantes (UNE) logo depois do protesto do dia 15.

19 de maio de 2019 às 9:59

As investigações do Ministério Público e o medo do presidente [0] Comentários | Deixe seu comentário.

No Globo deste domingo:

entre dez pessoas acusadas de malfeitos. Não precisava, o presidente não é acusado deste crime. Mas a declaração serviu para revelar um homem acuado, com medo.

Bolsonaro está com medo de ser pego com a mão na botija? Não. Até porque não dá para afirmar isso por ora. É muito cedo.

Mas ele está tremendo de pavor de ver um filho seu, ou quem sabe dois deles, acertando contas com a Justiça. A saída possível para o Zero Um fica cada dia mais difícil.

O Ministério Público já chama de “organização criminosa” o grupo que o filho do presidente montou na Assembleia Legislativa do Rio. Ele, sua mãe, o seu irmão mais novo (o que não está na política), a ex-mulher do seu pai, primos, amigos e funcionários do seu gabinete terão suas contas bancárias e suas declarações de renda escarafunchadas pelo MP e pela Polícia Federal.

No total, 55 funcionários, 12 pessoas da família Bolsonaro ou diretamente ligadas a ele e nove empresas tiveram seus sigilos fiscais e bancários quebrados por ordem da Justiça.

Serão analisadas contas e declarações de renda de um período de 11 anos. Foi nesse intervalo que a mulher do presidente, Michelle Bolsonaro, recebeu cheques do assessor/motorista Fabrício Queiroz. Dinheiro que, segundo o marido dela, foi pagamento de um empréstimo que o então capitão deputado fez ao assessor/motorista do filho.

Esquisito? Sim, mas tudo bem. As contas abertas podem comprovar ou desmentir esta alegação.

De qualquer forma, também não é isso que assusta JairBolsonaro. Pela Constituição, ele não pode ser julgado, portanto nunca será condenado, por crimes que não tenham sido cometidos em ligação direta com o exercício de seu mandato.

A ele nada ocorrerá mesmo que o filho, ou os dois filhos, a mulher e a ex-mulher sejam condenados por mau uso do dinheiro público.

O problema é outro. O que arrepia o presidente é a hipótese de o núcleo formado por ele e pelos filhos Flávio, Carlos e Eduardo ser quebrado. Se isso acontecer, sua integridade moral e psicológica pode ruir. E com ela o seu projeto de poder.

Escrevi aqui no final de março sobre um estudo em que o economista Dado Salem, mestre em Psicologia do Desenvolvimento e especialista em gerir conflitos familiares, mostra como são estruturadas as “famílias simbióticas indiferenciadas”. Elas agem como um bloco monolítico e que não se quebra por razões internas. São fechadas em si e agem como um ser único. Assim funcionam Jair Bolsonaro e seus três filhos políticos. A única chance de um núcleo desses se dissolver é se um dos seus vértices resolver fazer um voo solo, ensina Salem. Nesse caso, o sistema de funcionamento da família seria aliviado de sua permanente ansiedade, abrindo espaço para a entrada de outros no núcleo indivisível.

O que seria a sua destruição como bloco. Como esta hipótese não é contemplada no caso dos Bolsonaro, a alternativa do núcleo só se romperá quando e se o Zero Um for condenado.

Se Flávio for afastado da família compulsoriamente, em razão do resultado das investigações, a vida da família será bruscamente modificada. Com um dos pés quebrados, o governo Bolsonaro também sofrerá consequências, avalia Salem. A saída de um dos vértices abrirá espaço para a possibilidade de relacionamentos construtivos que hoje estão fora da bolha acabarem sendo absorvidos pelo núcleo dividido.

Desse ponto de vista, o resultado da investigação tem o potencial de até mudar o governo para melhor. É disso que Bolsonaro tem medo.

19 de maio de 2019 às 9:12

Quem banca campanha contra a senadora Zenaide? [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A pergunta que circula e não quer calar:

Quem estaria financiando uma campanha para tomar o mandato da senadora Zenaide Maia?

Quem souber, favor divulgar nas redes sociais.

Várias pistas já foram jogadas nas redes e colocam na pressão aliados do governo do qual Zenaide faz parte.

Tá punk a coisa…

19 de maio de 2019 às 9:05

Dilma e Bolsonaro: tal e qual [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Lauro Jardim, no Globo de hoje: tal e qual.

19 de maio de 2019 às 8:45

Bolsonaro posta vídeo de ex-repórter da TV Cabugi para mostrar que ex-presidente Lula também cortou verba da Educação [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A jornalista Carla Rodeiro, que durante anos foi repórter e apresentadora da TV Cabugi, em Natal, virou destaque no instagram do presidente Jair Bolsonaro.

Carla hoje atua na TV Gazeta, em São Paulo, mas a reportagem postada por Bolsonaro é antiga, de quando Lula ainda era presidente.

O vídeo mostra um Lula explicando sobre cortes na Educação.

Bolsonaro quis mostrar que ele não foi o único presidente a fazer cortes no setor.

A diferença entre os dois é a educação pessoal de cada um:

O Lula tentava agregar e agradar quem não era seu eleitor, quem não gostava do PT.

Bolsonaro ataca, afastando até quem votou nele e nele acreditava.

A diferença entre os dois é a educação, mas a educação que independe de recursos e que não sofre com o corte de gastos.

19 de maio de 2019 às 8:34

Presidente volta a ofender educadores e estudantes brasileiros [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Globo, mais uma edição da sanha desenfreada do presidente Jair Bolsonaro de atacar os brasileiros:

BRASÍLIA – O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar os manifestantes que foram às ruas de mais de 200 cidades do país na ultima quarta-feira contra os cortes que seu governo está fazendo no orçamento para a educação. Falando enquanto cumprimentava um grupo de estudantes na porta do Palácio da Alvorada na noite deste sábado, ele atribuiu os protestos com a participação de centenas de milhares de pessoas a um “movimento do pessoalzinho aí que eu cortei verba”, “uma minoria que manda na escola” e que “nem sabe o que vai fazer na rua”.

O presidente também voltou a chamar os manifestantes de “idiotas úteis”, dizendo que o “pessoal” dele esteve na rua e constatou que “a molecada” nem sabia o que estava fazendo em meios aos protestos.

“É massa de manobra dos espertalhões de sempre, do pessoal que quer voltar ao poder”, afirmou.

Os reitores de universidades públicas também entraram na mira de Bolsonaro, que repetiu uma critica reiterada nos últimos dias pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, de que autonomia universitária não se confunde com “soberania”.

“Hoje em dia, parece que eles (reitores) tem, na verdade, autonomia total, soberania. Tem que prestar as contas do que está acontecendo”, disse.

*

Abaixo o vídeo postado pelo presidente:

19 de maio de 2019 às 8:17

Governadora Fátima Bezerra é a aniversariante do domingo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A governadora Fátima Bezerra é a aniversariante deste domingo.

A comemoração foi na sexta-feira com uma festa igual às que sempre fez como deputada e senadora.

Sob o signo de Gêmeos, Fátima chega aos 64 anos.

A governadora começou o dia indo à missa na igreja de Ponta Negra, perto de sua casa.