Thaisa Galvão

5 de junho de 2019 às 18:34

Hacker invadiu celular de Sérgio Moro e enviou mensagens do Telegram do ministro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Do Antagonista:

O Antagonista apurou que o celular do ministro da Justiça, Sergio Moro, foi alvo ontem de invasão.

O hacker conseguiu, inclusive, entrar no Telegram e enviar mensagens.

Moro cancelou a linha e pediu a abertura de investigação.

Ataques cibernéticos a integrantes ou ex-integrantes da Lava Jato se tornaram frequentes.

No fim de abril, vários procuradores do MPF no Paraná foram vítimas.

O ex-PGR Rodrigo Janot também denunciou a invasão de suas contas de Twitter, WhatsApp e Telegram, via celular.

5 de junho de 2019 às 16:38

Prefeitura de São Gonçalo cria ferramenta online para interessados em empreender no município [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante disponibilizou um formulário online, no site do município, para que empresas interessadas em investir apresentem protocolo de intenções.

Além de preencher os dados solicitados, os interessados devem imprimir o formulário, assinar e entregar na Secretaria.

“É uma ferramenta ágil e prática, que vai permitir que tenhamos mais clareza sobre os planos das empresas que pretendem investir na cidade. A partir dele, iniciaremos uma conversa sobre os incentivos que podemos fornecer a esses empreendimentos”, explicou o titular da Secretaria, Vagner Araújo.

5 de junho de 2019 às 16:02

À unanimidade, TRE julga improcedente ação do PSDB e mantém mandato da senadora Zenaide Maia [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral julgou, por 7 votos a zero, pela improcedência da ação do PSDB, que queria tirar o mandato da senadora Zenaide Maia.

O relator José Dantas de Paiva votou pela improcedência e foi seguido à unanimidade.

Pelo relatório apresentado, não há irregularidades aptas a cassar o diploma da senadora.

Ainda cabe recurso ao TSE, mas, segundo juristas, um tipo de recurso que não analisa mais fatos nem provas, apenas questões jurídicas da correta aplicação da lei.

5 de junho de 2019 às 12:10

Princípio de tumulto é controlado em pavilhão de Alcaçuz [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Da Segurança estadual:

NOTA

Sobre a atual situação do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e a Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap) esclarecem que:

Na manhã desta quarta-feira (05), foi registrado um princípio de tumulto no Presídio Estadual Rogério Coutinho Madruga (Alcaçuz), em Nísia Floresta.

A ocasião, no entanto, foi controlada rapidamente pelos Agentes Penitenciários da unidade.

5 de junho de 2019 às 10:06

Ex-titular da Educação de Natal, Justina Iva assume secretaria em Parnamirim [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Ex-titular da Educação de Natal durante as gestões de Carlos Eduardo Alves, Justina Iva se transfere para Parnamirim.

Vai ocupar o cargo de secretária municipal de Educação.

O ato assinado pelo prefeito Rosano Taveira foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial.

5 de junho de 2019 às 10:00

Parlamentares da oposição levaram falta na solenidade de assinatura do decreto que salva a indústria salineira do RN [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A assinatura do decreto presidencial que transforma o sal em interesse social, foi um ato importante para o Rio Grande do Norte.

Foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, mas, fora do palanque significa a salvação da indústria salineira do estado.

Porém…

Chamaram atenção algumas ausências, principalmente dos parlamentares da oposição.

Não estavam presentes nem os senadores Jean-Paul Prates e Zenaide Maia nem a deputada Natália Bonavides.

O deputado Benes Leocádio, que passou por problemas de saúde permanece se recuperando, e com isso justificou, e o deputado Walter Alves justificou com a perda da avó materna.

A oposição…não foi.

5 de junho de 2019 às 9:52

Decreto assinado pelo presidente Bolsonaro salva a indústria salineira do Rio Grande do Norte [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O presidente Jair Bolsonaro assinou ontem o decreto que reconhece o sal como um bem de interesse social.

Uma luta do Rio Grande do Norte, que começou lá pelo ano de 2008, 2009, quando as indústrias salineiras do estado começaram a receber multas milionárias.

À época os senadores José Agripino Maia e Garibaldi Filho tocaram os debares com o governo federal, mas…sem resultados.

Nem os governos Lula e Dilma nem o governo Temer deram uma solução para o setor que nos últimos tempos corria o risco de morrer à míngua já que chegou a ser ameaçado de ter que retirar as salinas de onde estão instaladas.

Como se fosse simples trocar uma salina de lugar.

Iniciado o governo Bolsonaro o deputado Beto Rosado tomou a frente das discussões junto ao Palácio do Planalto e a luta contou com o apoio dos deputados governistas João Maia, Fábio Faria e General Girão…

O fato é que ontem o presidente assinou o tão esperado decreto que significa uma vitória para o Rio Grande do Norte.

Falando em nome da bancada, e como deputado à frente da luta neste momento, Beto Rosado relatou a história e citou Agripino e Garibaldi.

“A ameaça iniciou em 2013 e vem gerando imensa insegurança jurídica à atividade salineira, inibindo investimentos e gerando desconfiança quanto a sua continuidade por parte de fornecedores e clientes. Se não fosse este decreto, a atividade chegaria em curto espaço de tempo a um verdadeiro colapso, atingindo os mais de 50 mil empregos diretos e indiretos gerados pela indústria”, alertou Beto.

Participaram da assinatura do documento o ministro-chefe da Casa Civil Onyx Lorenzoni, os deputados Beto, João Mais, Fábio Fabia, Rafael Motta, General Girão e o senador Styvenson Valentim.

Também presentes os prefeitos de Mossoró Rosalba Ciarlini, de Areia Branca Iraneide Rebouças, e de Macau, Túlio Lemos, além dos representantes do setor salineiro Rafael Mandarino, José Mandarino, Aírton Torres, Marcelo Monteiro, Herbert Junior, Frediano Rosado, Francisco Ferreira Souto Filho, Edite Souto, Francisco Aldemir de Souza, Severino Praxedes Sobrinho, Lucivan Praxedes Gomes, Marcos Roberto Alves, Renato Fernandes e David Maranata.

Dos bastidores da solenidade de assinatura do decreto:

5 de junho de 2019 às 8:12

Câmara aprova substitutivo de Nina Souza que regulamenta transporte por aplicativo [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A Câmara de Natal aprovou ontem, em primeira votação e em regime de urgência, o substitutivo da vereadora Nina Souza (PDT), que regulamenta o serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros, prestado via aplicativos.

O texto volta hoje ao plenário nesta para segunda votação com as emendas apresentadas pelos parlamentares.

“É de conhecimento geral que o serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros através de aplicativo já vem sendo explorado em grande parte dos municípios do país, inclusive na nossa capital, motivo pelo qual vejo como primordial essa regulamentação, que trará uma maior seguridade, tanto para os prestadores desse serviço como para a população que dele se beneficia”, justificou Nina. 

5 de junho de 2019 às 8:06

Rafael Motta preside debate sobre distribuição e preço de energia fotovoltaica [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Membro da Comissão de Minas e Energia da Câmara, o deputado Rafael Motta (PSB) presidiu audiência pública para debater sobre a geração de energia fotovoltaica.

Rafael propôs a audiência porque o setor passa por uma revisão normativa que muda o sistema de tarifação e, consequentemente, a distribuição da energia, feita a partir de placas solares ligadas à rede de distribuição de energia elétrica.

Hoje quem produz energia fotovoltaica de até 5 megawatts, paga a energia consumida da rede elétrica e uma taxa de disponibilidade. Esse sistema de tarifação está sendo revisto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o que pode ampliar os custos para usuários desses sistemas.

“Energia não é só um direito, mas também é um insumo importante para o crescimento de uma nação. Temos que correr contra o tempo para que o Brasil alcance nações como China, Uganda, Nepal, Chile e Venezuela”, afirmou o deputado Rafael Motta.

Participaram da audiência o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Reive Barros; o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), Rodrigo Limp; o diretor-Presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia do Rio Grande do Norte (CERNE), Darlan Santos; a representante da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Stephanie Betz, os representantes da ALSolar, Eliana Cavalcanti e Daniel Lima; e o representante da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE), Marco Delgado.