Thaisa Galvão

16 de junho de 2019 às 21:46

Deputado Fábio Faria se solidariza com deputada do PSD que era casada com Pastor assassinado no Rio [1] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado potiguar Fábio Faria se mostrou escandalizado com a morte do Pastor Anderson, em Niterói, no Rio de Janeiro.

Fábio prestou solidariedade à viúva, deputada federal pelo PSD do Rio, Flor de Lis.

O crime aconteceu na madrugada.

A deputada, que é cantora gospel, estava com o marido.

O pastor Anderson do Carmo foi assassinado a tiros na garagem de casa, em Pendotiba, Niterói.

O casal havia acabado de chegar em casa, por volta das 4 horas.

Mesmo com a deputada alertando para a suspeita de estarem sendo seguidos por duas motos, o Pastor entrou em casa e resolveu voltar à garagem para pegar algo que havia esquecido.

Levou 15 tiros.

A polícia acredita em execução, embora não descarte ainda a possibilidade de latrocínio.

O Pastor era amigo do deputado Eduardo Bolsonaro, que se pronunciou nas redes sociais.

16 de junho de 2019 às 19:57

Maioria dos PMs do RN ganha acima da média do Nordeste mas categoria vai paralisar atividades em movimento que cobra 60% de reajuste [3] Comentários | Deixe seu comentário.

A polícia militar do Rio Grande do Norte paralisa as atividades nesta segunda-feira.

Os profissionais de segurança querem um reajuste nos salários de 60%.

Ninguém fala no percentual por entender que nem durante uma gestão inteira, de 4 anos, se aplica um reajuste deste tamanho.

Não que qualquer que seja a categoria não mereça nem tenha direito, mas nenhum governo no Brasil consegue tal proeza.

Secretário de Segurança do Estado, o Coronel Araújo não tem participado das negociações com os profissionais, e talvez o erro do Governo esteja aí.

Queridinho e respeitado da categoria como sempre foi, poderia ter explicado aos militares que 60% fica difícil para um Estado que terminou a gestão passada devendo a fornecedores e sem pagar 4 folhas aos funcionários públicos.

Que só conseguiu, até agora, receber o 13º de 2017…

Ainda tem a receber, dívida deixada pela gestão passada, o 13º de 2018 e os salários de novembro e dezembro também de 2018.

Também teria ressaltado que, levando em consideração um levantamento feito pela Associação de Profissionais de Segurança, os policiais militares do Rio Grande do Norte, tirando

Tirando Soldado e Cabo, de Sargentos para cima, o Rio Grande do Norte tem o segundo salário do Nordeste, mesmo tendo o 5° PIB d região.

A linha verde é a média de salários da PM no Nordeste

O problema da PM do RN, comparando com os demais estados do Nordeste, se agrava quando se trata de carreira.

E foi exatamente ‘carreira’ que o Governo discutiu com os policiais, apresentando as seguintes propostas:

– Plano de redução de distorções das carreiras da Polícia Militar e da Polícia Civil, incrementando os salários dos policiais militares.

– Criação de um calendário para promoções de carreira.

– Contratação de 1.000 novos policiais militares, assim que resolvidos os trâmites do último concurso.

-Salários dos policiais pagos no meio do mês trabalhado como vem acontecendo.

-Investimento de R$ 3 milhões por mês em diárias operacionais, garantindo mais renda para os agentes e segurança para a população.

16 de junho de 2019 às 14:12

O conselho de Tancredo Neves [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Tancredo Neves: o sábio que o Brasil não teve como presidente.

Nem o neto Aécio ouviu o conselho do avô.

Leia nota de Lauro Jardim, no Globo de hoje:

16 de junho de 2019 às 14:08

Polícia Civil queima mais de 80 quilos de drogas em Mossoró [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De um balanço da Polícia Civil do Rio Grande do Norte.

16 de junho de 2019 às 11:57

Time do extinto Diário de Natal passará a integrar a Tribuna do Norte em sua nova fase [1] Comentários | Deixe seu comentário.

A nova fase do jornal Tribuna do Norte começa no dia primeiro de agosto.

Agora com o empresário Flávio Azevedo como sócio majoritário, Henrique Alves e Ricardo Gobat Alves como sócios, a Tribuna terá novos colunistas.

Cassiano Arruda aos domingos, Vicente Serejo de terça a sábado, Alex Medeiros de terça a domingo.

Exatamente o time do antigo Diário de Natal, à época maior concorrente da Tribuna e adversário político de Aluízio Alves, dono da TN.

Ex-editor do Diário de Natal, o jornalista Aluísio Lacerda também integrará o grupo comandado por Flávio Azevedo.

Irá comandar a Band News FM, como passará a se chamar a rádio Globo, ex-rádio Cabugi.

Emissora que terá Alex Medeiros – hoje na 94FM – comandando o horário do meio dia.

16 de junho de 2019 às 8:22

Presidente do BNDES Joaquim Levy pede demissão depois de ser humilhado por Bolsonaro [2] Comentários | Deixe seu comentário.

Pronto!

Joaquim Levy usou de sua dignidade e deixou o governo.

Foi humilhado publicamente pelo presidente Bolsonaro que continua jurando por Deus vivinho que o Brasil é um brinquedo.

16 de junho de 2019 às 8:13

Bolsonaro humilha o presidente do BNDES Joaquim Levy e advogado nomeado por ele renuncia [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Vem aí mais uma queda no governo Bolsonaro.

O ameaçado da vez, e humilhado publicamente, é o presidente do BNDES, Joaquim Levy.

Bolsonaro ameaçou publicamente demitir Levy.

E por causa da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto, que foi diretor da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) do governo Lula, para a Diretoria de Mercados de Capital do BNDES.

O advogado rifado renunciou, mas deixou Levy na forca, já que, pelo que disse o presidente, ele não vem seguindo o que foi acertado.

O presidente disse que passaria por cima do ministro Paulo Guedes, a quem Levy é subordinado, para demitir o ex-ministro da Fazenda do governo de Dilma Rousseff.

Chamou Levy de “gente suspeita” e disse que ele está com a “cabebeça a prêmio há tempos”.

“Governo tem que ser assim: quando coloca gente suspeita em cargos importantes e essa pessoa, como Levy, já vem há algum tempo não sendo leal àquilo que foi combinado e àquilo que ele conhece a meu respeito. Ele está com a cabeça a prêmio há muito tempo”, explodiu o presidente.

Bem que Joaquim Levy poderia se demitir pelo Twitter, publicamente, como gosta Bolsonaro.

Sem fazer isso, deixa no ar que está preso a alguma coisa…

E a pergunta que não quer calar: qual o acerto que Joaquim Levy não estaria cumprindo?

Estaria o presidente do BNDES botando o pé em cima da caixa preta do banco que Bolsonaro tinha prometido abrir para revelar escândalos do PT guardados a sete chaves?