#JornalismoSemFakeNews

10 de abril de 2014 às 22:37

Em missão da Câmara, governadorável Henrique Alves passa a Semana Santa na China

[0] Comentários | Deixe seu comentário.

O governadorável Henrique Alves (PMDB) passa a Semana Santa na China.

A convite do governo chinês, o presidente da Câmara e mais seis parlamentares embarcam nesta madrugada.

Outro potiguar integra a comitiva que segue viagem com pit stop em Dubai: o deputado democrata Felipe Maia (DEM).

Também de passaporte na mão os deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Marco Maia (PT-RS), Arlindo Chinaglia (PT-SP), Antonio Imbassahy (PSDB) e Osmar Júnior, presidente do Grupo Parlamentar Brasil China.

A primeira parada, em Dubai, virou polêmica depois que a imprensa revelou que, em vez de se hospedar no mesmo hotel onde ficarão os outros deputados, Henrique tinha optado pelo Burj Al Arab, com diária da suíte luxuosa ao preço de 1.700 dólares, cerca de 3.600 reais. 

Não se sabe se depois da repercussão negativa, o candidato a governador decidiu acompanhar os colegas no Hotel Kempinski.

São dois em Dubai com este mesmo nome: o Kempinski Hotel & Residence Palm Jumeirah, com diárias na faixa de 3 mil reais, só um pouco menos do Burj Al Arab, e o Kempinski Hotel Mall of the Emirates, com diárias na faixa de 780 reais.

A ida da comitiva Brasileira à China, de acordo com o embaixador da China no Brasil, Li Jinzhang, simboliza o 40º aniversário da normalização das relações diplomáticas entre Brasil e China. Em Dubai, a comitiva será recebida pelo embaixador do Brasil no país, João de Mendonça Lima Neto.

Serão 7 dias na China onde está agendado encontro com o presidente Xi Jinping; com o presidente da Assembleia Nacional Popular, Zhang Dejiang; com o secretário do Partido Comunista da China em Pequim, Guo Jinlong; com o presidente da Assembleia Popular da Província de Shaanxi, Zhao Leji; e com o presidente da Assembleia Municipal de Xangai, Liu Yungeng.

Os deputados também serão recebidos pelo embaixador do Brasil na China, Valdemar Carneiro Leão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.