Thaisa Galvão

5 de março de 2020 às 21:24

Embaixador do turismo pelas mãos de Bolsonaro, Ronaldinho Gaúcho representa mal o Brasil e é detido usando passaporte falso no Paraguai [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Repercussão nas redes sociais da detenção do ex-jogador Ronaldinho Gaúcho no Paraguai:

O diretor de migração do Paraguai, Alexis Penayo, renunciou após Ronaldinho Gaúcho e seu irmão Assis terem sido detidos com passaportes falsos.

O ministro do Interior do Paraguai, Euclides Azevedo, disse que o ditetor e sua equipe deveriam ter impedido a entrada do ex-jogador no país.

O ex-diretor afirmou que tem provas de que avisou o ministério do Interior sobre a questão com os documentos de Ronaldinho, mas não recebeu nenhuma resposta.

O ministério foi informado que o documento utilizado pelo brasileiro era autêntico ao passar pelas autoridades, e que apenas depois foi alterado, afirmou o ex-diretor.

Veja detalhes do caso no vídeo publicado pelo portal UOL:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*