Thaisa Galvão

4 de maio de 2020 às 21:16

Médico primo do ex-governador e ex-presidiário Fernando Freire foi identificado como autor do discurso chamando governadora Fátima de ‘traficante de drogas’ [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Um grupo de advogados que vem atuando no combate a ataques e enxovalhamento de pessoas, sem provas, em todo o país, identificou que foi o médico aposentado do Hospital de Base de Brasília, Nelson Geraldo Freire Neto, primo do ex-governador Fernando Freire, condenado e preso por corrupção no Rio Grande do Norte, que em discurso na frente do Congresso Nacional, em Brasília, na quinta-feira passada, dizendo que representava a “cultura médica” brasileira, chamou de “cafagestes” os 27 governadores brasileiros, afirmando que eles criaram pânico na população e que estão fazendo compras sem licitação, se referindo a equipamentos para tratamento de coronavírus.

O médico é primo também do ex-deputado Nelson Freire.

O potiguar atacou, principamente, a governadora Fátima Bezerra, a quem chamou de “traficante de drogas”.

Ele afirmou que Fátima traficou drogas pelo porto de Natal, e ajudou o petista José Dirceu a fugir, a partir de um barco ancorado na praia de Cotovelo.

Todo mundo sabe que todo mundo sabe, e até o presidente Jair Bolsonaro sabe, que essa história não tem pé nem cabeça, e por isso mesmo a justiça será acionada.

No afã de defender o aliado bolsonaro, o potiguar se esqueceu que o porto de Natal é administrado pelo governo federal, mais precisamente por um Almirante da Marinha.

Uma resposta para “Médico primo do ex-governador e ex-presidiário Fernando Freire foi identificado como autor do discurso chamando governadora Fátima de ‘traficante de drogas’”

  1. Marlúcia Paiva disse:

    Um fascista e mentiroso desse time, merece um processo, por calúnia, difamação ,com multa pesada, para não denegrir com mentiras a imagem de pessoas de bem. Vejam no que deu a safadeza daquela advogada, que é professora da UNI-RN, que não devia ter uma marginal em seus quadros, forjou, em uma atitude criminosa, uma situação com nossa Governadora, que nunca existiu. Processo com pagamento de multa, alta, porque dinheiro é só o que esse povo indígno conhece. Tenho nojo deles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*