Thaisa Galvão

11 de maio de 2020 às 23:44

Celso de Mello autoriza perícia no vídeo para saber se Governo enviou íntegra da reunião de Bolsonaro com ministros para o STF [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro do STF Celso de Mello, autorizou a Polícia Federal (PF) a fazer uma perícia no vídeo da reunião do presidente bolsonaro com ministros, no dia 22 de abril.

A PF solicitou a perícia para checar se a gravação é autêntica e se a reunião foi gravada na íntegra.

Essa é a tal reunião em que o então ministro Sergio Moro disse que houve participação do presidente Bolsonaro tentando interferir de forma indevida nas atividades da PF.

Relator do inquérito que investiga se houve interferência do Planalto na PF, Celso de Mello disse que deverá ser verificada “a ausência, ou não, de eventual edição, modificação, seleção de fragmentos ou, até mesmo, supressão de passagens relevantes dos registros audiovisuais contidos no objeto a ser periciado”.

Na mesma decisão, o ministro determinou que a PF faça um transcrição de todo o conteúdo do vídeo, e que o texto seja remetido, em sigilo, ao seu gabinete. Após ler a transcrição, Celso de Mello decidirá se irá divulgar o conteúdo, de forma completa ou parcial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.