Thaisa Galvão

25 de outubro de 2020 às 17:50

Novo secretário executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia tem familiares no RN e passava férias em Caicó [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações fez uma troca no seu quadro.

Exonerou Julio Francisco Semghini Neto e nomeou para o cargo de secretário executivo, considerado o número 2 do ministro Marcos Pontes, o major-brigadeiro do ar Leônidas de Araújo Medeiros Júnior, subcomandante da Escola Superior da Guerra (ESG).

Ao contrário do exonerado que foi deputado pelo PSDB, Leônidas se formou em Administração de Material Bélico; em curso de Instrutor de Educação Física – CCFEx; e em Gerenciamento do Sistema de Controle do Espaço Aéreo.

Entre cursos operacionais, Medeiros Júnior tem formação em Tática Aérea; Esquadrão de Caça; Piloto Básico em Inspeção em Voo; e Inspetor da Aviação Civil.

O novo segundo todo poderoso do Ministério da Ciência e Tecnologia nasceu no Rio de Janeiro mas a família é de Caicó, onde ele passava férias quando criança, segundo seu primo, o jornalista Aílton Medeiros.

No período de formação como aviador, morou em Natal de 1986 a 1987.

25 de outubro de 2020 às 16:23

Greve de rodoviários é mais uma manobra para aumentar preços das tarifas de ônibus [1] Comentários | Deixe seu comentário.

E a greve dos rodoviários continua em Natal, deixando milhares de pessoas sem ônibus, já que só parte da frota circula.

E a culpa pela greve continua sendo jogada para cima dos rodoviários, quando todo mundo sabe que todo mundo sabe, que há aí uma união de interesses.

Dos rodoviários, por direitos que sempre buscam, e dos empresários, que usam os rodoviários para fazer pressão e conseguir da Prefeitura autorização para reajustar os preços das tarifas de ônibus.

É sempre assim, portanto, nenhuma novidade nessa greve dos empresários travestida de greve dos rodoviários.

25 de outubro de 2020 às 6:14

Baixaria no Planalto: Ministro anuncia dar troco em ministro [0] Comentários | Deixe seu comentário.

Pense num povo para brigar…

A equipe de Bolsonaro…

Leia coluna de Lauro Jardim, no Globo:

25 de outubro de 2020 às 6:00

Continua a baixaria no Planalto [0] Comentários | Deixe seu comentário.

De Bela Megale, no Globo deste domingo:

As redes sociais se transformaram em uma verdadeira briga de rua entre a ala ideológica bolsonarista e congressistas, com o racha entre o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos.

Se a aposta do presidente Bolsonaro era que o clima deveria se amainar neste fim de semana, após Salles chamar Ramos de “Maria Fofoca” a partir de uma nota da coluna, errou feio. As mensagens de defesa a Ramos migraram do WhatsApp do ministro para as redes sociais.

É o caso do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que entrou na briga na manhã deste sábado, com um ataque direto a Salles: “O ministro Ricardo Salles, não satisfeito em destruir o meio ambiente do Brasil, agora resolveu destruir o próprio governo”, escreveu no Twitter.

A patrulha bolsonarista logo entrou em ação. Bia Kicis (PSL-DF) respondeu a Maia. “Não chamo de FakeNews pq, ao contrário do q dizem por aí, opinião não é notícia, mas pode ser tendenciosa, deselegante e inoportuna. Dizer q o ministro @rsallesmma destrói o meio ambiente é narrativa mentirosa e acusar-lhe d querer destruir o governo é intriga incompatível c/seu cargo”.

O presidente da Câmara levou ainda uma cotovelada de Carla Zambelli (PSL-SP). “Olha quem fala. O destruidor dos sonhos dos brasileiros. Vá caçar sapo, Botafogo”, escreveu, referindo-se ao apelido de Maia entre os bolsonaristas.

Maia não ficou sozinho. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), entrou na roda. “Sem entrar no mérito da questão, faço duas ressalvas. 1. Como chefe do Legislativo, registro a importância do @MinLuizRamos na relação institucional com o Congresso. 2.Não é saudável que um ministro ofenda publicamente outro ministro. Isto só apequena o governo e faz mal ao Brasil.”

Ramos tem silenciado sobre o assunto publicamente, mas tem trocado mensagens intensamente com apoiadores e lideranças do Congresso. É ele o elo entre o Palácio do Planalto e os parlamentares. Em meio afirmações de que sofre pressão para deixar o governo, Ramos se apoia nestas lideranças, ao mesmo tempo em que espera que o assunto seja superado.

Ontem, Bolsonaro procurou minimizar a briga e por panos quentes na situação. Acontece que a confusão, depois de armada, já escapa ao controle dos gabinetes do governo.

25 de outubro de 2020 às 5:53

Vereadora Nina Souza tem andado de Uber para lembar aos motoristas que lei que regulamentou o trabalho da categoria é de sua autoria [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A vereadora Nina Souza tem recebido o apoio dos motoristas por aplicativo para se reeleger na Câmara de Natal.

É que foi Nina quem apresentou e conseguiu aprovar a lei que regulamentou o trabalho do Uber, por exemplo, na capital.

Durante a campanha ela tem utilizado o Uber exatamente para conversar com seus motoristas e explicar sobre a lei.

Um tipo de ‘comício’ que ela tem feito com interação direta com o eleitorado.

A filha Maria Helena tem sido interlocutora.

25 de outubro de 2020 às 5:27

Cagado: candidato do MDB busca reeleição [1] Comentários | Deixe seu comentário.

Olhe quem o MDB de Mirante da Serra, no interior de Roraima, vai reeleger para um novo mandato na Câmara.

É sério.

E o pior que o apelido não teve nada a ver dom o nome.

Confira o nome de Cagado, candidato já com o registro homologado pela justiça eleitoral de Roraima.

25 de outubro de 2020 às 5:17

Tácio Cavalcanti pode ser o representante do MDB na Câmara de Natal na Câmara [4] Comentários | Deixe seu comentário.

Técnico atuante na STTU, Tácio Cavalcanti disputa um mandato na Câmara Municipal de Natal.

E tem feito reuniões nos bairros para apresentar suas propostas, como essa no bairro de Nossa Senhora da Apresentação.

Onde contou com a presença da candidata a vice do prefeito Álvaro Dias, Aíla Ramalho, e com a secretária de Assistência Social, Andrea Dias.

Tácio é apontado como o nome do MDB com possibilidade de eleição.

25 de outubro de 2020 às 5:10

Acari caminha para eleger Fernandinho, o primeiro prefeito técnico de toda sua história [3] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado federal Walter Alves foi a Acari levar apoio ao candidato a prefeito Fernando Bezerra.

Fernandinho tem o apoio do atual prefeito Isaías Cabral, que tem como vice Fernandão, o pai de Fernandinho.

Tudo sangue acariense, como é o candidato a vice Ari.

Fernandinho é inteligente, preparado, estudioso, entende de projetos, e caso seja eleito, Acari deverá ter o primeito prefeito técnico de toda sua história.

25 de outubro de 2020 às 3:52

Em Assu, Doutor Gustavo recebe George Soares e João Maia para movimento de mulheres pela sua reeleição [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O deputado estadual George Soares divulgou nas suas redes sociais o movimento de mulheres pela reeleição do prefeito Gustavo Soares.

A ‘motocada das mulheres’, puxada por Gustavo e pela vice Fabielle, contou com a presença do deputado federal João Maia.

25 de outubro de 2020 às 3:41

Big Data aponta para segundo turno em Natal e puxa o senador Jean para a 3ª posição num empate técnico com Kelps, Hermano e Leocádio [0] Comentários | Deixe seu comentário.

O instituto Big Data apareceu.

A pesquisa encomendada pelo próprio instituto e paga pelo próprio instituto, como está registrado no TRE, que estava pronta para ser divulgada desde a quinta-feira (22) foi divulgada neste sábado (24) na TV Tropical, afiliada da Record no Rio Grande do Norte.

Veja os números que apontam para um segundo turno em Natal.

Pesquisa estimulada:

Álvaro Dias (PSDB) – 32%

Keps Lima (SD) – 9%

Senador Jean (PT) – 7%

Hermano Morais (PSB) – 5%

Sérgio Leocádio (PSL) – 5%

Carlos Alberto (PV) – 4%

Coronel Azevedo (PSC) – 2%

Coronel Hélio (PRTB) – 2%

Jaidy Oliveira (DC) – 2%

Afrânio Miranda (Pode) – 1%

Fernando Freitas (PCdoB) – 1%

Fernando Pinto (Novo) – 1%

Nevinha Valentim (PSOL) – 0%

Rosália Fernandes (PSTU) – 0%

Branco/nulo – 16%

Indecisos – 13%

O Big Data traça um cenário completamente diferente dos outros institutos.

Puxa o Senador Jean para cima e coloca na 3ª posição onde normalmente se revezam Sérgio Leocádio, Hermano Morais e Kelps Lima, quando desce um degrau.

Mas num empate técnico pra cima com Kelps, e pra baixo com Hermano Morais e Sérgio Leocádio.

Na eleição passada o Big Data falava assim:

Deu 15%.