Thaisa Galvão

29 de outubro de 2020 às 17:05

Ministro Salles encontra culpado virtual para dua própria culpa [0] Comentários | Deixe seu comentário.

A brabeza do ministro destruidor do meio ambiente, Ricardo Salles, só durou uma noite.

Depois de chamar o ministro Luiz Eduardo Ramos de “Maria Fofoca”, mesmo pedindo uma desculpinha esfarrapada depois, o engraçadinho quis fazer a mesma coisa com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que o chamou de destruidor do país…porque ele é mesmo.

Salles chamou Maia de ‘Nhonho’, apelido do personagem ‘Febronio Barriga Gordorritúada’, da série de TV mexicana “Chaves”.

Aí depois de um puxão de orelha, afinal de contas, brigar com o Congresso só atrapalha o Governo, mas Salles deve ter perdido essa aula, aí ele vem com essa história igual a de todos os fracos, dizendo que o seu perfil no twitter foi invadido.

Claro que nem ele mesmo acreditou.

Dizer que hacker invadiu perfil em rede social é a versão moderna para ‘a culpa é do estagiário’, mesmo a culpa sendo do patrão.

Ô coisa…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.