#JornalismoSemFakeNews

21 de julho de 2021 às 21:10

Lulista Ciro Nogueira foi escolha de Paulo Guedes e Fábio Faria para impedir ida de Rogério Marinho para a Casa Civil

[1] Comentários | Deixe seu comentário.

O ministro Rogério Marinho está dentro de uma frigideira sambando em óleo quente.

No comando do fogão, os ‘Chefs’ da cozinha do Palácio do Planalto, Paulo Guedes e Fábio Faria.

Confira publicação da coluna de Igor Gadelha no portal Metropoles:

A articulação para levar o senador Ciro Nogueira (PP-PI) para a Casa Civil foi liderada, nos bastidores, por dois ministros do governo: Paulo Guedes, da Economia, e Fábio Faria, das Comunicações.

Os dois se uniram para evitar que um inimigo político em comum fosse promovido pelo presidente Jair Bolsonaro para a Casa Civil: o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Bolsonaro decidiu sacar o general Luiz Eduardo Ramos da Casa Civil após caciques do Centrão, entre eles, o próprio Ciro Nogueira, intensificarem as reclamações contra o militar.

Nogueira, particularmente, ficou irritado com a autorização de um empréstimo de R$ 800 milhões do Banco do Brasil para o Piauí, estado governado por Wellington Dias (PT), adversário do presidente do Progressistas.

Com a decisão de tirar Ramos, alguns auxiliares de Bolsonaro tentaram convencer o presidente a transferir Marinho para a Casa Civil. Foi aí que os ministros da Economia e das Comunicações resolveram se unir.

Ambos são adversários de Marinho. Guedes, por divergências na área econômica. Faria disputa com Marinho o apoio de Bolsonaro ao Senado, pelo Rio Grande do Norte, em 2022.

Para evitar que Marinho fosse promovido, Guedes e Faria sugeriram a Bolsonaro o nome de Ciro Nogueira. Para isso, o chefe da equipe econômica topou, até mesmo, perder o controle das políticas de Emprego e Renda.

Para abrigar Ramos na Secretaria-Geral da Presidência, Bolsonaro decidiu recriar o Ministério do Trabalho a fim de alojar Onyx Lorenzoni, atual titular da Secretaria-Geral.

A coluna apurou que o presidente da República chegou a oferecer a Ramos a opção de assumir alguma embaixada do Brasil no exterior. O general, no entanto, não topou.

Para além de evitar uma promoção de Marinho, Faria defendeu a nomeação de Nogueira sob o argumento de que ela deve ajudar a melhorar a relação do governo no Senado, hoje muito ruim.

Uma resposta para “Lulista Ciro Nogueira foi escolha de Paulo Guedes e Fábio Faria para impedir ida de Rogério Marinho para a Casa Civil”

  1. marcos duarte disse:

    É vexatória a performance deste senhor Fábio Faria no âmbito nacional. Em vez de cuidar de uma pasta tão importante num país ainda tão atrasado em termos de comunicações, este senhor limita-se a bajular da forma mais torpe possível o presidente – outro dia, fotografou o presidente almoçando, falta fotografar indo ao banheiro – para ganhar espaço para práticas as mais mesquinhas e escusas possíveis. Envergonha o RN e revela um político jovem atrasado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.